Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 20º

Edição

AO MINUTO: Marcelo concorda com fecho de escolas; Governo tomará decisões

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Marcelo concorda com fecho de escolas; Governo tomará decisões

A pandemia continua a não dar tréguas. Depois de sucessivos dias a registar novos máximos, tanto no número de novos casos como no de óbitos diários devido à Covid-19, nas últimas 24 horas, Portugal voltou a atingir um novo recorde, tendo sido reportados mais 14.647 infetados e 219 mortes em Portugal.

Assim, no dia em que o país regista o pior dia de sempre, desde o início da pandemia, importa também recordar que entraram em vigor às 00h00 restrições mais apertadas com o objetivo de travar o novo coronavírus. Da proibição de circulação entre concelhos ao fim de semana à proibição de permanência em espaços públicos, reveja aqui todas as novas medidas.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 -Termina aqui o registo desta quarta-feira. De manhã publicaremos um novo artigo no qual vai poder continuar a acompanhar os principais desenvolvimentos da pandemia em Portugal e no resto do mundo. E, não se esqueça: se sentir sintomas relacionados com o coronavírus ligue para a Linha SNS24 - 808 24 24 24.

23h58 - Área para doentes Covid do Santa Maria atinge capacidade máxima. A unidade destinada a doentes Covid-19 do Hospital de Santa Maria, em Lisboa, atingiu, esta noite de quarta-feira, a capacidade máxima, adianta TVI24.

Perante a situação, o hospital está a transferir doentes da área de pneumologia para outras unidades de saúde da capital, como por exemplo, para o Hospital Polido Valente.

23h54 - Marcelo considera que encerramento das escolas "é uma boa solução". O Presidente da República e recandidato ao cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou na quarta-feira à noite que o encerramento das escolas "é uma boa solução, se for essa que for adotada no Conselho de Ministros".

23h43 - Governo vai tomar decisões amanhã. O primeiro-ministro afirma que o Governo vai analisar na quinta-feira as informações sobre a "alarmante progressão" da epidemia em Portugal, designadamente o crescimento da variante britânica do novo coronavírus, e "decidirá em conformidade" para "salvar vidas". Uma destas decisões poderá ser o encerramento das escolas.

23h41 - Biden assina ordem para evitar saída da OMS. O presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, assinou hoje uma ordem executiva para evitar a saída do país da Organização Mundial da Saúde (OMS), que estava prevista para julho, após um processo iniciado por Donald Trump.

23h30 - "Onda de solidariedade": Santa Maria recebe mais de 70 doadores de sangue. Após ter sido noticiado que as reservas de sangue se encontravam em níveis "preocupantes". O Centro Hospitalar Lisboa Norte informou que o Hospital de Santa Maria recebeu uma "onda de solidariedade nas dádivas de sangue", nas últimas 24 horas.

"Santa Maria recebeu hoje 72 dadores e dezenas de chamadas para marcações, que ficaram cheias até final do mês! Obrigado a todos", agradeceu o hospital numa mensagem partilhadas nas redes sociais.

Se quiser fazer uma doação, "os grupos sanguíneos mais necessários são o A positivo, A negativo, O negativo e B negativo. Contacto: 967 048 956. Faça a marcação da sua dádiva de sangue!".

23h26 - "Não é só as escolas, tem de fechar tudo". A infeciologista pediátrica Maria João Brito alertou hoje que não basta encerrar as escolas, é preciso fechar tudo, porque o país está a viver uma "situação de catástrofe" e apelou à vacinação de todos os idosos, "os que morrem".

23h21 - Ministra admite fecho das escolas. A ministra da Saúde revelou, na noite desta quarta-feira, no programa 'Grande Entrevista', da RTP3, que as escolas podem vir a encerrar muito em breve.

Depois de ter estado reunida com os epidemiologistas, assim como com o ministro da Educação, do Ensino Superior, da Presidência e, em videoconferência, com o primeiro-ministro, Marta Temido admitiu que este encontrou trouxe "algumas alterações àquilo que eram a estimativas anteriores, que muito provavelmente, obrigará a novas reflexões sobre medidas a tomar".

23h17 - Associação de Juízes alerta para situação crítica nos tribunais. A Associação Sindical dos Juízes Portugueses considerou hoje que, face à situação pandémica e ao eventual agravamento das medidas de nos próximos dias, deve ser ponderado o regresso dos tribunais ao modelo que vigorou na primavera de 2020.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da associação de juízes (ASJP), Manuel Soares, alertou que, ao contrário do que tem sido dito e está na lei, os tribunais "não estão a funcionar em pleno" porque há um número muito maior de julgamentos adiados, bem como outras diligências, havendo também muitos funcionários judiciais, juízes e magistrados do Ministério Público com Covid-19 ou de quarentena.

23h09 - Mais 1.340 mortos e 64.385 infetados no Brasil. O Brasil somou, nas últimas 24 horas, 1.340 mortos e 64.385 infetados pelo novo coronavírus, totalizando 212.831 óbitos e 8.638.249 casos confirmados desde o início da pandemia, informou hoje o executivo.

23h01 - Variante inglesa? INSA apela ao "cumprimento rigoroso" do confinamento. O Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA) apelou hoje ao "cumprimento escrupuloso" das medidas de confinamento dado que se observa um aumento da prevalência da variante inglesa em Portugal, estimada em cerca de 13%.

"Tendo em conta os dados da semana 02/2021 (11-17 janeiro), na qual foram confirmados laboratorialmente cerca de 10 mil casos diários, a prevalência estimada da nova variante foi de cerca de 13%", refere o INSA em comunicado.

22h34 - Comboios de Sintra: "Que confinamento é este?" Vários passageiros dos comboios da Linha de Sintra denunciaram nas redes sociais a falta de condições para cumprir a distância física durante as viagens da manhã desta quarta-feira, numa altura em que Portugal atingiu novos máximos, tanto a nível de novos casos como de mortes.

22h28 - Universidade de Aveiro registou 43 casos nos últimos três dias. A Universidade de Aveiro (UA) registou 43 novos casos de Covid-19 nos últimos três dias, elevando para 77 o número de casos ativos na instituição, informou hoje fonte académica.

22h12 - Costa reunido com quatro ministros. Brandão Rodrigues é um dos presente. António Costa está reunido, na noite desta quarta-feira, por videoconferência, com os ministros da Educação, do Ensino Superior, da Presidência e da Saúde, avança a RTP3. A reunião serve para analisar as informações transmitidas pelos epidemiologistas que estiveram reunidos com Marta Temido e Mariana Vieira da Silva esta tarde, de urgência.

22h03 - Manaus espera conter crise com oxigénio venezuelano. A cidade brasileira de Manaus espera que o colapso sanitário na região seja contido com a chegada de 136 mil metros cúbicos de oxigénio da Venezuela, cuja escassez já matou 51 pessoas na região, segundo o Ministério Público.

21h58 - 82 frascos de vacina “em bom estado” após acidente. O Infarmed anunciou, na noite desta quarta-feira, que pelo menos 82 dos 152 frascos de vacinas da BioNtech/Pfizer que estavam a ser transportados por uma carrinha que sofreu um acidente, esta manhã, na A2, estão "em bom estado".

Em comunicado, a autoridade adiantou ainda que 62 frascos continuam "sob observação" e dois foram já dados como "inutilizados".

21h41 - Bombeiros de Lisboa asseguram operacionalidade das corporações. A Federação dos Bombeiros do Distrito de Lisboa (FBDL), que reúne 56 corporações, assegurou hoje a operacionalidade de todas as estruturas, apesar de um acréscimo de operacionais infetados e de um aumento do transporte de doentes Covid-19.

21h39 - Equipa de vacinação nos lares de Oeiras reforçada. A equipa responsável pelo processo de vacinação dos utentes e funcionários dos lares do concelho de Oeiras, que decorre entre quinta e sexta-feira, vai ser reforçada com 16 enfermeiros, anunciou hoje a Câmara Municipal.

21h16 - CNA alerta para cenário "difícil" e pede medidas para a agricultura. A Confederação Nacional da Agricultura (CNA) alertou hoje para o cenário "difícil" no setor, agravado pelo novo confinamento, e pediu medidas para colmatar os efeitos que as restrições estão a ter na atividade agrícola, segundo um comunicado.

21h08 - Pandemia pode ser "maior tragédia" da história do país. O assessor do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Norte Óscar Felgueiras admitiu hoje que a pandemia de Covid-19 poderá ser "a maior tragédia" da história de Portugal e defendeu que é preciso "fechar tudo" para a combater a Covid-19

"O que temos à nossa frente é, provavelmente, a maior tragédia dos últimos séculos, se é que possível encontrar na história do país algo semelhante ao que está e vai acontecer em termos da dimensão do número de óbitos", referiu, falando numa videoconferência promovida pela Universidade do Minho..

20h57 - Académicos minimizam papel da economia na decisão sobre fecho das escolas. Os economistas João Borges de Assunção e Francisca Guedes de Oliveira reconhecem o impacto económico de um possível fecho das escolas devido à pandemia de Covid-19, mas minimizam o seu papel no atual momento.

20h46 - Temido garante que Governo quer "utilizar já" toda a capacidade. A ministra da Saúde, Marta Temido, assegurou hoje que o Governo quer mobilizar no imediato todos os meios possíveis para enfrentar a pandemia de Covid-19, mas reconheceu o "contexto de recursos limitados" no país.

"Temos cerca de 800 camas no total das convenções que temos no país para covid e não covid, camas que foram contratadas no âmbito desta segunda onda de novembro e mais recentemente. Toda a capacidade que existe pretendemos utilizá-la já. Amanhã [quinta-feira] pode ser tarde demais e este é o momento de darmos todos o nosso melhor", afirmou, em declarações aos jornalistas, após ter visitado a uma nova unidade de retaguarda no campus da Universidade de Lisboa

20h33 - AHRESP pede revogação da proibição de venda de bebidas no 'take away'. A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) defendeu hoje a revogação da proibição da venda, no 'take away' de qualquer tipo de bebidas, alertando que o que se pretende impedir é o consumo junto aos estabelecimentos.

20h26 - Lisboa tem menos camas do setor social. O presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) explicou hoje que não há na região tantas camas provenientes de entidades privadas do setor social como no Norte para ajudar a combater a pandemia.

20h14 - Presidente da Câmara de Leiria quer escolas fechadas. O presidente da Câmara de Leiria, Gonçalo Lopes, defendeu hoje o encerramento das escolas do concelho, onde 10,4% dos alunos estão em casa, na sequência da pandemia de Covid-19.

20h10 - São Tomé e Príncipe com mais 28 casos positivos. São Tomé e Príncipe registou nas últimas 48 horas mais 28 casos do novo coronavírus, aumentando o número de infeções para 1.170, indica o Boletim Diário Covid-19 de hoje.

20h07 - Póvoa de Varzim e Vila do Conde encerram vias marginais e passadiços. As Câmaras da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, cidades vizinhas do distrito do Porto, decidiram hoje encerrar à circulação pedonal as vias marginais e os passadiços nos concelhos, como medida de combate à propagação da Covid-19.

19h54 - Angola com mais dois mortos e 82 casos. Angola registou 82 novos casos de Covid-19, entre os quais oito infeções diagnosticadas em passageiros que regressam ao país, através da testagem após desembarque, e mais dois óbitos, anunciou hoje o secretário de Estado para a Saúde Pública.

19h48 - Presidente da Câmara da Guarda pede fecho das escolas do concelho. O presidente da Câmara Municipal da Guarda, Carlos Chaves Monteiro, pediu hoje ao Governo que encerre "já" as escolas do concelho, atendendo ao "pico elevado de contágios" por Covid-19.

19h32 - Hospital de Beja tem mais 12 camas mas transferiu cinco doentes. O Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, aumentou em 12 camas a capacidade de internamento Covid-19, mas já transferiu cinco doentes para Portimão, disse hoje à Lusa uma fonte daquela unidade local de Saúde.

19h21 - França regista mais de 26 mil novos casos do vírus. A França registou 26.784 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de casos para 2.965.117, desde o início da pandemia, segundo as autoridades francesas. Houve ainda 369 mortes hospitalares associadas à Covid-19 nas últimas 24 horas, e, nos últimos três dias, 310 mortos em lares de idosos.semana.

19h17 - Mia Couto testa positivo ao novo coronavírus. O escritor moçambicano Mia Couto apelou hoje ao cumprimento das recomendações das autoridades de saúde face à Covid-19, alertando para implicações "profundíssimas", após testar positivo para o novo coronavírus.

19h11 - Portugal já terá 20 mil casos da variante inglesa. Portugal já terá cerca de 20.000 pessoas infetadas com a variante inglesa do coronavírus SARS-Cov-2, disse hoje à Lusa um dos autores de um estudo realizado pelo laboratório Unilabs para o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA).

19h09 - Madeira mantém aulas presenciais porque contaminação é "residual". O Governo da Madeira vai manter as aulas presenciais em vários níveis de ensino, porque o número de infetados pelo novo coronavírus não justifica a sua suspensão, indicou hoje o chefe do executivo.

19h05 - CDS quer um teste rápido para cada elemento das mesas de voto. O CDS-PP desafiou hoje o Governo a garantir a realização de um teste rápido a cada elemento das mesas de voto de modo a assegurar que as eleições presidenciais decorrem "como máximo de segurança".

18h56 - Itália regista 13.571 novos casos e 524 mortes. A Itália registou 13.571 novos casos nas últimas 24 horas e 524 mortes, de acordo com os dados do Ministério da Saúde divulgados hoje.

O número de óbitos caiu em relação aos apresentados ontem, de 603, e o total subiu para 83.681 mortes desde o início da pandemia em 21 de fevereiro de 2020. No total, houve 2.414.166 casos de infeção de covid-19 desde o começo da crise sanitária.

18h50 - PSD pede a Governo para encerrar escolas já amanhã. O presidente do PSD, Rui Rio, apelou hoje ao Governo que encerre as escolas, perante o exponencial aumento de novos casos de Covid-19, em Portugal.

"Face às notícias que nos informam que o Senhor Primeiro Ministro vai repensar, ainda hoje, a questão das aulas presenciais, faço-lhe um apelo público para que determine o encerramento das escolas a partir de amanhã", pediu o dirigente, num comunicado enviado esta tarde às redações, na esperança que António Costa "pondere com o seu sentido da responsabilidade" este apelo.

18h48 - Diretores de agrupamentos de Coimbra defendem fecho das escolas. Os diretores dos agrupamentos e escolas não agrupadas da cidade de Coimbra defenderam hoje "a alteração urgente e temporária do regime presencial", face ao aumento exponencial de casos de Covid-19.

18h43 - Figueira de Castelo Rodrigo compra mais 1.000 testes rápidos. A Câmara Municipal da Figueira de Castelo Rodrigo anunciou hoje que comprou mais 1.000 testes rápidos na sequência da pandemia provocada pela Covid-19.

18h30 - Unidade de cuidados continuados da Confraria da Nazaré com 17 infetados. Dez doentes internados na Unidade de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) do Hospital da Confraria de Nossa Senhora da Nazaré estão infetados com Covid-19, na sequência de um surto que infetou ainda sete trabalhadores, informou o delegado de saúde.

18h25 - Costa assume números "dramáticos" mas rejeita decidir "conforme as pressões". O primeiro-ministro, António Costa, admitiu hoje, em Bruxelas, que os números de infeções de Covid-19 em Portugal "são particularmente dramáticos e demonstrativos da gravidade da situação que existe no país", mas insistiu que não se deve "tomar decisões conforme as pressões", quando questionado sobre o eventual encerramento das escolas.

18h22 - Autarcas de Lisboa querem conhecer calendário para testagem nas escolas. O grupo da Educação dos 18 municípios na Área Metropolitana de Lisboa anunciou que vai enviar pedir esclarecimentos urgentes à tutela sobre questões que consideram essenciais, entre elas o calendário para a testagem à covid-19 da comunidade escolar.

18h21 - Governo vai ponderar entre hoje e quinta-feira encerramento de escolas. O Presidente da República afirmou que o Governo vai ponderar, entre hoje e quinta-feira, o eventual encerramento das escolas, podendo tomar uma decisão antes da sessão alargada com epidemiologistas marcada para terça-feira.

18h13 - Macau impõe períodos de autogestão de saúde após quarentena obrigatória. Macau decidiu impor, a partir de quinta-feira, períodos de autogestão de saúde de 14 e de sete dias, depois de cumpridas quarentenas obrigatórias de 14 ou 21 dias, respetivamente, foi hoje anunciado.

18h10 - Governo dos Açores reúne-se hoje para adotar novas medidas. O secretário regional da Saúde dos Açores disse hoje que a situação epidemiológica de Rabo de Peixe, em São Miguel, exige maior atenção do que a de Ponta Garça e que serão tomadas novas medidas para controlar a pandemia de Covid-19.

18h03 - Final do Festival da Canção 2021 acontece em 6 de março sem público. A final do Festival da Canção 2021, marcada para 6 de março, irá acontecer em estúdio e sem público, ao contrário de anos anteriores, devido à pandemia da Covid-19.

18h00 - Voluntários são companhia virtual de pessoas com deficiência em IPSS. O Centro de Reabilitação e Integração de Fátima (CRIF), que apoia crianças e adultos com deficiência e doença mentais, lançou o projeto 'Zoomas-me uma história?', no qual voluntários fazem companhia virtual, para combater o isolamento social devido à pandemia.

17h51 - Proteção Civil de Viana do Alentejo propôs aulas não presenciais. A Proteção Civil de Viana do Alentejo propôs a passagem ao regime de aulas não presencial para todas as turmas do 3.º ciclo e do secundário do concelho, devido à covid-19, revelou hoje o presidente da autarquia.

17h47 - Rio termina hoje isolamento. O presidente do PSD, Rui Rio, revelou que termina hoje o período de isolamento profilático que lhe foi determinado pelas autoridades sanitárias e que cumprirá "até ao último minuto", apelando a todos para que respeitem as regras.

17h42 - Falta de enfermeiros impede aumento do internamento para outras doenças. A escassez de enfermeiros, alguns infetados pela Covid-19, está a obrigar o Centro Hospitalar do Oeste (CHO) a adiar a abertura de uma nova ala de internamento para outras doenças no hospital de Peniche, admitiu hoje a administradora.

17h39 - Alcácer contra exclusão de funcionários municipais dos testes nas escolas. O presidente da Câmara de Alcácer do Sal (Setúbal), Vítor Proença, criticou hoje a exclusão dos funcionários municipais que trabalham nas escolas da campanha de testes rápidos à Covid-19 que arrancou nos estabelecimentos de ensino.

17h35 - Hospital Castelo Branco aciona nível de catástrofe na medicina intensiva. O Hospital Amato Lusitano (HAL) de Castelo Branco acionou hoje o nível de catástrofe na medicina intensiva, depois de, no espaço de duas horas, ter ficado apenas com uma vaga nos cuidados intensivos.

17h31 - Reunião com epidemiologistas vai "avaliar medidas adicionais necessárias". A ministra da Saúde, Marta Temido, falou aos jornalistas, esta quarta-feira, depois de visitar a Estrutura Hospitalar de Contingência de Lisboa.

Ao ser questionada sobre a reunião marcada de urgência com os epidemiologistas, a governante não quis adiantar se o fecho das escolas vai estar em cima da mesa, mas admitiu que o encontro vai servir para "avaliar medidas adicionais necessárias".

17h23 - África receberá 50 milhões de vacinas entre abril e junho. A África do Sul assegurou pelo menos 50 milhões de vacinas para três meses de vacinação, entre abril e junho, no continente africano, anunciou hoje a ministra das Relações Internacionais e Cooperação sul-africana.

17h20 - Moçambique regista novo recorde diário de casos. Mais 18 pessoas morreram em Moçambique vítimas da Covid-19, elevando o total de óbitos para 271, e registaram-se mais 1.126 casos, um novo recorde, anunciou hoje o Ministério da Saúde.

17h18 - Covid não dá tréguas em Espanha. A Espanha registou hoje 41.576 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para 2.412.318 o total de infetados até agora no país, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol. As autoridades sanitárias também contabilizaram mais 464 mortes desde terça-feira atribuídas à Covid-19, passando o total de óbitos para 54.637.

17h10 - Casos da variante inglesa a "aumentar significativamente" em Portugal. A proporção de casos da variante inglesa do SARS-CoV-2 está a "aumentar significativamente" em Portugal, revela um relatório do INSA, que calcula em 70% a taxa de crescimento entre o início de dezembro de 2020 e o início deste mês.

16h46 - Números no Reino Unido continuam a subir. O ministério da saúde britânico informou, esta tarde, que, nas últimas 24 horas, foram registados mais 38.905 mil infetados e 1.820 vítimas mortais devido à Covid-19, no Reino Unido. Este é, assim, o dia em que foram reportados mais óbitos diários, desde o início da pandemia, em todo o território britânico.

16h24 - Governo reúne-se com epidemiologistas ainda hoje. O Executivo vai reunir-se, ainda durante esta quarta-feira, com especialistas devido ao agravamento da situação epidemiológica no país. As ministras da Saúde e da Presidência vão liderar os trabalhos, comunicando depois as conclusões do encontro ao primeiro-ministro, António Costa.

16h23 - Vacinação de profissionais de saúde continua. Arrancou no Hospital de Caxias e no Centro de Saúde Senhora da Hora (USF Custóias), esta quarta-feira, o primeiro dia de vacinação dos profissionais dos serviços clínicos que se encontram na primeira linha na luta contra a Covid-19 nos estabelecimentos prisionais. Veja as primeiras imagens partilhadas pelo Ministério da Justiça:

16h16 - Apoio na luz na 1.ª quinzena de janeiro custa oito milhões de euros. A redução de 10% na fatura da luz, para compensar o aumento motivado pelo frio na primeira quinzena de janeiro, representa uma poupança entre 0,40 e 2,36 euros e irá custar cerca de oito milhões de euros.

16h14 - Sindicatos de professores defendem encerramento imediato das escolas. O Sindicato Nacional dos Profissionais da Educação (SINAPE/FEPECI) e o Sindicato Nacional dos Professores Licenciados pelos Politécnicos e Universidades (SPLIU) defenderam hoje o encerramento imediato das escolas face ao agravamento da pandemia de Covid-19.

16h04 - Regularização do IRS de pensões pagas com atraso com novo prazo. O prazo de 30 dias para os contribuintes que receberam pensões com atraso alterarem a declaração do IRS deve ser contado a partir do dia em que recebem a declaração da Segurança Social sobre os valores anuais das pensões. Saiba tudo aqui.

15h51 - Bombeiros de Santarém alertam que há limites para aumento de ocorrências. A Federação dos Bombeiros do Distrito de Santarém (FBDS) disse hoje que a capacidade de resposta operacional "está a 100%", sem registo de surtos de Covid-19 dentro das corporações, mas alertou que há limites para o aumento de ocorrências.

15h47 - Escolas perto de fecharem portas? O Presidente/candidato Marcelo Rebelo de sousa visitou, hoje, o seu antigo liceu, Pedro Nunes, em Lisboa. Contudo, avança o Expresso, a meio da visita terá recebido um telefonema do primeiro-ministro António Costa, para articular o anúncio de novas restrições, entre as quais pode estar o fecho das escolas.

15h42 - Surto no DIAP de Coimbra com 10 positivos e 24 funcionários em isolamento. O Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Coimbra registou dez casos positivos de Covid-19, entre magistrados e oficiais de justiça, e 24 pessoas daquela estrutura estão em isolamento profilático, afirmou fonte da Procuradoria-Geral da República (PGR).

15h33 - Proteção Civil de Lisboa quer fecho imediato de escolas. A Comissão Distrital de Proteção Civil de Lisboa decidiu hoje pedir ao Governo o encerramento imediato das escolas e um alargamento das restrições para forçar a população ao confinamento, face à evolução da pandemia de covid-19.

15h25 - Vacinas acidentadas avaliadas por equipa farmacêutica. As vacinas contra a Covid-19 que estavam a ser transportadas numa carrinha que sofreu esta manhã um despiste na A2 estão a ser avaliadas por uma equipa farmacêutica para verificar se as suas propriedades se mantêm.

15h18 - Mourão admite "erros compartilhados" no avanço da pandemia no Brasil. O vice-presidente do Brasil, general Hamilton Mourão, admitiu hoje que houve "erros compartilhados" no combate à pandemia de Covid-19, mas não vê motivos para um julgamento com o objetivo de destituir o Presidente do país, Jair Bolsonaro.

15h10 - França sem novas restrições esta semana. O porta-voz do governo de França Gabriel Attal disse hoje que não haverá "qualquer mudança nas restrições nacionais esta semana" e que o dispositivo em vigor há sete dias se vai manter.

15h08 - Países Baixos querem impor recolher obrigatório até 10 de fevereiro. O primeiro-ministro holandês demissionário, Mark Rutte, anunciou hoje a intenção de impor um recolher obrigatório noturno em todo o país até 10 de fevereiro para travar a propagação do novo coronavírus.

15h06 - Certificado de vacinação deve levantar exigências nas fronteiras da UE. O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, defendeu hoje que o certificado de vacinação em discussão na União Europeia deve funcionar como prova de segurança e levantar determinadas exigências nas fronteiras internas da União Europeia.

15h00 - Stayaway gerou mais de 12 mil códigos. Em quatro meses de funcionamento da aplicação Stayaway Covid foram gerados mais de 12 mil códigos de casos positivos ao SARS-CoV-2 num universo de mais 500 mil novas infeções registadas no país.

Reveja aqui os principais desenvolvimentos, ocorridos esta manhã e início de tarde, sobre a pandemia, em Portugal e no mundo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório