Meteorologia

  • 05 MARçO 2021
Tempo
14º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Governo vai ponderar entre hoje e quinta-feira encerramento de escolas

O Presidente da República afirmou que o Governo vai ponderar, entre hoje e quinta-feira, o eventual encerramento das escolas, podendo tomar uma decisão antes da sessão alargada com epidemiologistas marcada para terça-feira.

Governo vai ponderar entre hoje e quinta-feira encerramento de escolas
Notícias ao Minuto

17:22 - 20/01/21 por Notícias Ao Minuto com Lusa

País Covid-19

Marcelo Rebelo de Sousa falava perante cerca de 50 alunos no auditório da Escola Secundária Pedro Nunes, em Lisboa, numa ação de campanha como candidato às eleições presidenciais do próximo domingo.

Segundo o chefe de Estado, o Governo irá ponderar "se se deve esperar até à sessão com os epidemiologistas marcada para terça-feira" para tomar uma decisão sobre a manutenção ou não da abertura de escolas.

"É uma questão que se vai colocar entre hoje e amanhã [quinta-feira]", acrescentou.

Marcelo Rebelo de Sousa apontou como "dados adicionais relevantes" a ter em conta nessa decisão o crescimento de casos em Portugal da "variante britânica" do novo coronavírus e a "disseminação social nas escolas".

"Essa ponderação muito serena tem de se fazer", afirmou.

"Uma coisa é ponderar a resposta à Covid, outra é suspender a democracia"

Marcelo Rebelo de Sousa reiterou, esta quarta-feira, na mesma visita ao seu antigo liceu, o Pedro Nunes, no centro de Lisboa, que o voto dos portugueses, no domingo, dia 24 de janeiro, "é muito importante" e que deve ser realizado em sintonia e com "respeito pelas regras sanitárias".

"Os portugueses devem votar no domingo. É muito importante votarem respeitando as regras sanitárias, muitas democracias o fizeram em situações muito mais graves dos que estamos a viver", salientou.

Para o Presidente da República e recandidato ao cargo, "uma coisa é ponderar a resposta à pandemia, outra coisa é suspender a democracia e a democracia não se deve suspender".

Marcelo Rebelo de Sousa respondia assim às questões dos jornalistas sobre um eventual adiamento das eleições, perante o aumento desmensurado de casos de Covid-19 em Portugal.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório