Meteorologia

  • 26 JANEIRO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 19º

Edição

AO MINUTO: Há mais de três mil internados em Portugal, 481 em UCI

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Há mais de três mil internados em Portugal, 481 em UCI

A Assembleia da República aprovou esta sexta-feira a renovação do Estado de Emergência por mais 15 dias. Pode recordar aqui o que permite (e proíbe) o decreto para o novo Estado de Emergência.

Na quinta-feira, após a reunião no Infarmed, o Presidente da República afirmou que os "números apontam" para a necessidade desta renovação, tendo enviado nesse mesmo dia à Assembleia da República o decreto presidencial que determina a prorrogação.

Esta tarde terá lugar o Conselho de Ministros que irá determinar as medidas adstritas à renovação da Emergência, embora o primeiro-ministro só as dê a conhecer ao país amanhã. Ao país falará também Marcelo Rebelo de Sousa já ao início da noite desta sexta-feira, pelas 20h00.

Portugal registou 6.489 novos casos de Covid-19 e mais 61 óbitos nas últimas 24 horas. A evolução da pandemia no país é preocupante e há risco de "não se conseguir receber todos os doentes em UCI", alertou João Gouveia, da Coordenação da Resposta em Medicina Intensiva, durante a reunião no Infarmed.

Contudo, os bons resultados de vacinas são notícias que animam os países. O primeiro-ministro disse ontem que "durante o mês de dezembro" poderá haver as "primeiras autorizações" condicionais para as vacinas.

Consulte os mapas da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

15h00 - Boa tarde! Este registo chegou ao fim. Para continuar a seguir as incidências do novo coronavírus, clique aqui.

14h48 - Acompanhe a conferência de imprensa sobre a evolução da Covid-19 em Portugal.

14h40 - Mais de três mil internados cá. O número de doentes hospitalizados continua a subir, sendo neste momento 3.079 os pacientes com Covid-19 hospitalizados (mais 62 no último dia). Dos mais de três mil internados, 481 encontram-se em Unidades de Cuidados Intensivos (mais 23 em 24 horas).

14h31 - Portugal registou 6.489 novos casos de Covid-19 e mais 61 óbitos nas últimas 24 horas, divulgou hoje a Direção-Geral da Saúde. No total, o país contabiliza 249.498 casos confirmados e 3.762 vítimas mortais.

Nas últimas 24 horas, 5.076 pessoas foram dadas como recuperadas, elevando o total de recuperados para 163 mil.

14h25 - Suécia regista recorde diário de casos. O país registou 7.240 novos casos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas. Foram também registadas 66 mortes no último dia.

14h13 - Mentira de funcionário de pizzaria força confinamento na Austrália do Sul. O estado da Austrália do Sul decretou um confinamento geral, na quarta-feira, tudo por causa de uma mentira contada por um funcionário de uma pizzaria. Segundo a polícia, o homem estava infetado com Covid-19 e no momento de perceber quais teriam sido os seus contactos diretos alegou ter ido ao estabelecimento apenas comprar uma pizza.

Mais tarde foram detetadas 36 infeções ligadas ao local. De acordo com a BBC, tudo poderia ter sido evitado se o homem tivesse dito a verdade, que trabalhava em turnos no restaurante.

14h11 - Medidas restritivas na Madeira entre 15 de dezembro e 15 de janeiro. O presidente do Governo da Madeira anunciou hoje que as novas medidas para conter a disseminação da Covid-19 abrangerão o período das festas de Natal e Ano Novo que, no arquipélago, é entre 15 de dezembro e 15 de janeiro.

14h04 - A Direção-Geral da Saúde deixou um agradecimento "a todos os cidadãos, pelo esforço" no combate à pandemia. "Só com o empenho de todos é possível travar a transmissão deste vírus", escreveu a autoridade de saúde no Twitter.

Notícias ao Minuto © Twitter | DGS

13h50 - António Costa recorreu ao Twitter para saudar a aprovação do novo período do Estado de Emergência, por ampla maioria na Assembleia da República, referindo que "fornece os instrumentos necessários para, no quadro de um Estado de Direito, fazer face a circunstâncias excepcionais como as que estamos a viver".

O primeiro-ministro escreveu ainda que esta aprovação "espelha bem o empenhamento coletivo no combate à Covid-19".

13h47 - Banca quer participar em "soluções específicas" para setores afetados. Os presidentes executivos (CEO) do BCP e do BPI afirmaram hoje a "disponibilidade" da banca para colaborar com o Governo no "desenho de soluções" adicionais e específicas para os setores mais afetados pela pandemia, como a restauração.

13h41 - Surto de Covid-19 em bairro social de Pombal com 47 infetados."O bairro social tem 55 habitações, onde moram cerca de 220 pessoas. Há 47 infetados", afirmou Diogo Mateus, referindo "não estar ninguém internado" e salientando que "muitas pessoas estão assintomáticas".

13h34 - Reinfeção de Covid-19 é improvável durante pelo menos seis meses. É improvável que pessoas que tiveram Covid-19 voltem a contrair a doença durante pelo menos seis meses após a primeira infeção, divulgou hoje um estudo britânico dos profissionais de saúde na linha da frente no combate à pandemia, reporta a Reuters.

13h07 -Uso da Internet para educação duplicou na pandemia e aumentaram as compras online.Segundo dados hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE),apesar de os utilizadores continuarem, em 2020, a recorrer à Internet sobretudo para comunicar e aceder a informação, foi nasatividadesrelacionadas com a aprendizagem que se registou o maior aumento.

Mais que duplicaram as proporções de utilizadores que comunicaram com professores ou colegas através dos portais educativos, passando de 14,5% em 2019 para 30,8% em 2020, e que frequentaram cursos online, 18,0% em comparação com os 7,7% do ano passado.

12h59 -Empresa reage contra orientações da OMS que desaconselham oremdesivir.A empresa de medicamentos Gilead Sciences lamenta as diretrizes da Organização Mundial de Saúdecontra o uso do Veklury (remdesivir) no tratamento de doentes com Covid-19, alegando que o fármaco é reconhecido em "inúmeras organizações".

"É reconhecido como tratamento padrão para doentes hospitalizados comCovid-19 nas orientações clínicas de inúmeras organizações nacionais conceituadas, incluindo, entre outros, o National Institutes of Health e a Infectious Diseases Society of America nosEUA, bem como os seus congéneres no Japão, Reino Unido e Alemanha", defende a Gilead Sciences, depois de a OMS terdesaconselhado o medicamento antiviralpor falta de provas de que seja eficaz.

12h50 - É hoje. Pfizer e BioNTech entregam pedido de aprovação de vacina.O grupo farmacêutico norte-americano e a empresa alemã confirmaram que vão entregar esta sexta-feira junto das autoridades norte-americanas competentes um pedido de aprovação para a comercialização da vacina contra a Covid-19 que desenvolveram.

12h26 - Autorizados novos apoios às empresas de 1.550 milhões. A autorização para lançar 1.550 milhões de euros de apoios em subsídios (750 milhões) às pequenas e médias empresas mais afetadas pela Covid-19 e em linhas de crédito (800 milhões) do Banco Português de Fomento, foi hoje publicada.

12h13 - Pico da nova vaga deverá ocorrer “entre 25 de novembro e 5 de dezembro”. A previsão foi feita por Carlos Antunes, matemático e professor na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, e Manuel Carmo Gomes, professor de epidemiologia na Universidade de Lisboa, em declarações à SIC Notícias. A nível de óbitos, o pico deverá ser registado em meados de dezembro, com um intervalo de 90 a 100 óbitos diários. Contudo, explica que pode não ocorrer num só dia.

Já os novos casos diários - nesse pico - poderão chegar aos 7.700, apontou Carlos Antunes.

12h06 - A Suíça registou 4.946 novos casos de Covid-19 e 111 mortes no último dia, indicam os dados das autoridades. Com esta atualização, o número total de casos confirmados no país e no vizinho Liechtenstein, aumentou para 290.601 e o de vítimas mortais para 3.575.

11h55 - Alemanha conseguiu estabilizar número de casos, mas ainda não reverteu tendência. De acordo com o porta-voz do Governo, o número de infeções ainda tem de diminuir drasticamente. O objetivo do Executivo é reduzir as infeções a 50 por cada 100 mil pessoas durante sete dias. Neste momento, a incidência é de cerca de 140 casos.

11h51 - Ginásios dizem ser alarmista afirmar que estes locais aumentam o contágio. A associação que representa os ginásios (Portugal Activo | AGAP) qualificou hoje como alarmista o estudo que refere que a frequência destes espaços representa um risco acrescido de contágio pelo novo coronavírus.

11h32 - "Inaceitável" que turismo não 'entre' na linha para indústria exportadora. "Não compreendemos e não podemos aceitar esta decisão do Governo, que revela um desconhecimento absoluto da importância da atividade turística para a economia nacional", afirma Francisco Calheiros, presidente da CTP.

11h22 - Novo estado de emergência a partir de 9 de dezembro é quase certo. O ministro da Administração Interna deu hoje como quase certo que a Assembleia da República terá de aprovar dentro de duas semanas uma segunda prorrogação do estado de emergência a partir de 09 de dezembro.

11h20 - Hospitais do Oeste com internamento "perto da capacidade máxima". O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) tem registado uma ocupação próxima da capacidade máxima de internamento de doentes infetados pela Covid-19, tendo chegado a atingir o limite na quinta-feira, disse hoje a sua administradora.

11h06 - O chefe do Executivo espanhol anunciou esta sexta-feira que o Conselho de Ministros aprovará na terça-feira um plano de vacinação contra o novo coronavírus, o que permitirá vacinar uma "parte substancial" da população no primeiro semestre de 2021. "Espanha será o primeiro país Europeu, com a Alemanha, a ter um plano de vacinação", acrescentou.

10h57 - Deputado do Sri Lanka come peixe cru para promover vendas. Dilip Wedaarachchi, da oposição, que já foi ministro das pescas, disse durante uma conferência de imprensa que a pandemia de Covid-19 foi responsável por uma queda da indústria, responsável por uma grande parte da receita do país.

10h51 - "Travar a transmissão do coronavírus depende de cada um de nós." Através de uma publicação no Facebook, a SNS recorda as cinco regras simples que podem fazer a diferença na transmissão do vírus.

10h49 - Ryanair isenta taxa de alteração de voo nas reservas até janeiro. A Ryanair anunciou, esta sexta-feira, que decidiu prolongar a isenção da taxa de alteração de voo para as reservas até janeiro do próximo ano, com o objetivo de dar mais flexibilidade e tranquilidade aos clientes.

10h43 - Governo estima em mais de 200 os municípios com elevado risco de contágio. O ministro da Administração Interna admitiu hoje que o número de concelhos com elevados níveis de contágio irá aumentar, passando as duas centenas, e adiantou que o Governo "continuará" a atuar numa lógica de diferenciação ao nível local.

10h35 - DGS alerta: "Se tiver algum dos seguintes sintomas, não deve ir trabalhar ou à escola. Procure manter-se em casa e ligue para a linha SNS 24."

10h26 - O Estado de Emergência - aprovado há minutos no Parlamento - deverá ser hoje decretado pelo Presidente da República, que fala ao país, pelas 20h00.

10h20 - Renovação de Estado de Emergência aprovada. A renovação do Estado de Emergência em Portugal foi hoje aprovada na Assembleia da República, com votos a favor do PS, PSD e da deputada não inscrita Cristina Rodrigues.

O CDS, BE e o PAN optaram pela abstenção e oPCP, os Verdes, a IL, a deputa não inscrita Joacine Katar Moreira e o Chega votaram contra.

10h19 - PEV questiona utilidade do estado de emergência e vota contra. Os Verdes questionaram hoje a utilidade do estado de emergência para combater a pandemia da Covid-19, vão votar contra a sua renovação, e pediram ao Governo um reforço do Serviço Nacional de Saúde e da segurança dos cidadãos.

10h18 - África com mais 273 mortos e 13.453 infetados nas últimas 24 horas. África registou 273 mortes devido à Covid-19 nas últimas 24 horas, aumentando para 48.681 o total de vítimas mortais pelo novo coronavírus, que já infetou 2.026.841 pessoas no continente, segundo dados oficiais.

10h10 - "Não é surpreendente que venhamos a ter casos repetidos de infeção". O investigador em imunologia Henrique Veiga-Fernandes explicou ao Notícias ao Minuto tudo o que precisamos de saber sobre imunidade. Ora veja.

10h07 - Líder da igreja ortodoxa sérvia morre vítima da pandemia. O líder da igreja ortodoxa sérvia, o patriarca Irinej, morreu hoje vítima de Covid-19, três semanas depois de ter celebrado as cerimónias fúnebres do patriarca ortodoxo do Montenegro que morreu da mesma doença.

09h59 - As reuniões públicas com mais de 20 pessoas vão passar a ser proibidas em Helsínquia para combater a propagação do novo coronavírus, anunciaram hoje as autoridades finlandesas.

09h46 - Mais 71 mortes na Catalunha. A região autónoma espanhola registou 2.172 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e 71 mortes nas últimas 24 horas, reporta o El País.

09h37 - Governo britânico admite permitir que famílias se juntem no Natal. O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, disse esta sexta-feira, que o país poderá aliviar as restrições para permitir que as famílias se juntem no Natal, uma vez que há sinais de que o número de novos casos está a começar a diminuir, reporta a Reuters.

De acordo com Hancock, o facto de Inglaterra estar em confinamento há duas semanas, está a contribuir para a redução do número de casos.

09h33 - PS considera essencial a renovação do estado de emergência. O PS considerou hoje que o decreto presidencial para a renovação do estado de emergência por mais dias apresenta um quadro de uso limitado, diferenciado e proporcional dos poderes permitidos ao Governo exponencial" da Covid-19.

09h25 - Afinal, o que permite e proíbe o decreto para o novo Estado de Emergência? Entenda tudo aqui.

09h19 - Assembleia da República já debate renovação do Estado de Emergência.

09h02 - Rússia bate recorde diário com 24.318 casos. O país registou ainda 461 mortes no último dia. Desde o início da pandemia, 2.039.926 pessoas testaram positivo ao novo coronavírus, das quais 35.311 morreram.

09h00 - Qual o sítio onde corre maior risco de ficar infetado? Segundo um levantamento realizado no Reino Unido, os supermercados são o sítio onde os indivíduos estão potencialmente mais expostos ao novo coronavírus, e consequentemente correm um risco mais elevado de infeção.

08h56 - Programa Adaptar Social + foi reforçado. Atinge os 19 milhões de euros. A ideia do programa é apoiar na adaptação dos equipamentos sociais ao contexto de pandemia, garantindo a segurança de todos.

08h47 - "A pandemia afeta duramente as crianças e o que fizermos agora condicionará o futuro. Vamos colocá-las no centro da recuperação", escreveu o primeiro-ministro espanhol, na sua página de Twitter.

08h43 - Para termos um feliz Natal por dois ou três dias, "haverá um preço a pagar". O professor britânico Calum Simple, membro do Grupo de Aconselhamento Científico para Emergências [SAGE], disse, em declarações à Sky News, que o facto de o número de casos e hospitalizações estar a baixar em algumas regiões onde eram mais elevados é um sinal positivo.

"Há um intervalo de duas semanas entre a intervenção e a observação dos resultados", disse, acrescentando que espera que exista um "feliz Natal por pelo menos dois ou três dias". Contudo, alertou, haverá um preço a pagar".

08h35 - Tecnológicas preparam combate a desinformação sobre vacinas. O Facebook, o Twitter e a Google têm passado os últimos meses a tentar mitigar a disseminação de notícias falsas, teorias de conspiração e desinformação sobre a Covid-19. Agora, com vacinas já anunciadas para combater a pandemia, as três gigantes tecnológicas estão a colocar em marcha novos planos para remover conteúdos falsos sobre estas vacinas.

08h30 - Peru reporta 717 novos casos e 44 mortes nas últimas 24 horas. Com esta atualização, o país contabiliza um total acumulado de 943.917 casos confirmados e 35.446 vítimas mortais.

08h20 - Aumento "inevitável" de crédito malparado obriga a reforço de medidas. A Comissão Europeia admite que a crise da Covid-19 vai gerar um "aumento inevitável" de crédito malparado na União Europeia (UE), pelo que vai apresentar uma estratégia para combater este incumprimento, no qual Portugal é dos piores.

07h40 - Peritos da OMS desaconselham uso de medicamento Remdesivir. Um grupo de peritos da Organização Mundial de Saúde (OMS) desaconselhou o uso do medicamento antiviral remdesivir para tratar a Covid-19, por falta de provas de que seja eficaz.

O remdesivir tem sido apontado como um tratamento potencialmente eficaz para casos graves de Covid-19 e é muito usado para tratar pessoas hospitalizadas.

07h35 - Vacina iminente: "Voltaremos à vida normal na segunda metade de 2021". Albert Bourla, diretor executivo da farmacêutica norte-americana Pfizer, cuja vacina contra o novo coronavírus poderá estar prestes a ser aprovada, afirma que finalmente "há luz ao fundo do túnel".

07h30 - Plano de relançamento vital da economia anunciado nos EUA. O anúncio do recomeço das negociações nos Estados Unidos para aprovar um plano de apoio à economia forneceu na quinta-feira alguma esperança às famílias afetadas pela crise, indicou a agência noticiosa AFP.

07h26 - Cantor Luciano Camargo infetado com a Covid-19. "Pensei que fosse apenas um resfriado", conta o artista brasileiro.

07h25 - Alemanha regista mais de 23 mil casos e 260 mortes nas últimas 24 horas. Já foram infetadas 879.564 pessoas desde o início da pandemia, das quais 13.630 morreram.

07h20 - Pfizer e BioNTech pedem hoje nos Estados Unidos aprovação da vacina. Um pedido de aprovação de emergência da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Pfizer e a BioNTech deve ser hoje apresentado nos Estados Unidos, anunciou na quinta-feira o Governo americano.

07h15 - Enquanto dormia:

07h00 - Bom dia. Acompanhe neste registo todas as incidências relacionadas com o SARS-CoV-2, podendo recordar as de ontem aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório