Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2019
Tempo
11º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Morreu Scott Walker, músico britânico dos Walker Brothers

Cantor e produtor britânico morreu aos 76 anos de idade, não tendo sido avançada a causa de morte.

Morreu Scott Walker, músico britânico dos Walker Brothers

Foi anunciada a morte de Scott Walker, aos 76 anos de idade. O britânico, um dos mais influentes artistas da sua geração, tornou-se conhecido com os The Walker Brothers, na década de 60 e 70, tendo depois enveredado por uma carreira a solo.

Embora não se tenha indicado a data precisa da morte, a notícia foi avançada esta segunda-feira pela editora do cantor britânico, 4AD. “É com grande tristeza que anunciamos a morte de Scott Walker. Tinha 76 anos de idade e deixa uma filha, Lee, uma neta, Emmi-Lee, e a sua companheira Beverly”, anunciaram.

"Durante meio século, o génio do homem nascido Noel Scott Engel enriqueceu as vidas de milhares, primeiro como um terço dos The Walker Brothers e depois como artista a solo, produtor e compositor de uma originalidade incansável", acrescentaram.

Nascido nos Estados Unidos, no estado do Ohio, em 1943, naturalizou-se britânico em 1970, quando já levava mais de uma década com o trio que o celebrizou, os The Walker Brothers. Foi no Reino Unido que teve mais sucesso, primeiro junto de um público mais jovem e consensual e depois, a solo, num registo mais alternativo.

Uma enorme influência em muitos artistas atuais, é esta segunda-feira recordado pela indústria. Thom Yorke, vocalista dos Radiohead, foi dos primeiros a prestar homenagem, de acordo com o Guardian. "Uma enorme influência nos Radiohead e em mim mesmo, mostrando-me como posso usar a minha voz e as minhas palavras", cita o diário britânico.

Scott Walker, vocalista e principal compositor do grupo que durou até 1967, "tem sido um titã, único e desafiador, da música britânica: Audacioso e curioso, ele produziu várias obras que se atreveram a explorar a vulnerabilidade humana e a negritude em torno dela", sublinhou a editora 4AD.

É descrito como "uma das mais enigmáticas figuras do pop rock", sobre quem se sabe pouco para lá da música. Apesar dos longos silêncios, Scott Walker manteve-se ligado à música, editando álbuns, compilações, escrevendo para cinema e para dança contemporânea e colaborando com outros artistas, como Sunn O))) e Bat for Lashes.

Scott Walker, com voz de barítono, dramático e soturno, era tido como uma referência para dezenas músicos e artistas, entre os quais Jarvis Cocker (Pulp), Thom Yorke (Radiohead), Brian Eno, Richard Hawley e Marc Almond (Soft Cell).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório