Meteorologia

  • 12 NOVEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 13º

Edição

Matou a mulher grávida e agora culpa-a pelo assassinato das duas filhas

Christopher Watts está acusado de matar a mulher grávida e as duas filhas. Documentos do tribunal revelam a narrativa do suspeito, que diz ter matado a mulher "num ataque de fúria" após esta ter assassinado as duas filhas. Homem de 33 anos comparece esta terça-feira perante o tribunal do Colorado.

Matou a mulher grávida e agora culpa-a pelo assassinato das duas filhas
Notícias ao Minuto

10:09 - 21/08/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Colorado

Acusado de assassinar as duas filhas e a mulher grávida, Christopher Watts contou à polícia norte-americana que matou Shannan Watts, de 34 anos, depois de a ter visto a estrangular Celeste, a filha de três anos.

Segundo a Sky News, que cita documentos do tribunal do Colorado, Christopher Watts, de 33 anos, diz ter discutido com a mulher, estando o casal prestes a iniciar um processo de divórcio. Depois da discussão, Christopher afirma que estava a sair de casa quando viu Shannan a estrangular a filha Celeste.

Subiu as escadas e “num ataque de fúria”, como o próprio afirma, estrangulou a mulher, a quem atribuiu a morte das duas filhas, Celeste e Bella.

As autoridades norte-americanas descobriram também que Christopher mantinha uma relação extraconjugal, facto que este tinha negado inicialmente.

Na passada quinta-feira, recorde-se, Watts confessara o assassinato da mulher e das duas filhas, isto depois de ter apelado, nas televisões, para que o ajudassem a encontrar a mulher e as duas filhas desaparecidas. Agora, mudou a versão dos factos.

O corpo de Shannan, que estava grávida de 15 semanas, foi encontrado enterrado perto da empresa petrolífera em que Christopher trabalhava, ao passo que os corpos das duas filhas estavam submersos num tanque.

Christopher Watts comparece esta terça-feira no tribunal, acusado de nove crimes, incluindo dois assassinatos de crianças, um de homicídio, um de interrupção ilegal de gravidez e três crimes de profanação de cadáver.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório