Meteorologia

  • 20 JUNHO 2018
Tempo
27º
MIN 26º MÁX 27º

Edição

'Dreamer' deportado para o México foi assassinado três semanas depois

Prestes a concluir o secundário, Manuel Pacheco foi deportado pelos serviços de imigração. Tinha saído para comprar comida quando foi morto.

'Dreamer' deportado para o México foi assassinado três semanas depois
Notícias ao Minuto

19:34 - 08/06/18 por Fábio Nunes

Mundo EUA

Um estudante do Iowa, nos Estados Unidos, que foi deportado para o México foi assassinado três semanas depois, avança o The Des Moines Register. Manuel Pacheco tinha 19 anos e estava prestes a acabar o secundário antes de ser deportado pelas autoridades de imigração.

No dia 24 de abril regressou a Zacatecas. Semanas depois saiu para ir comprar comida com um amigo. Foram ambos mortos. “Ele estava no local errado à hora errada”, disse um dos seus amigos, Juan Verduzco, no seu funeral.

Manuel Pacheco foi para os Estados Unidos com três anos, sem visto. Era um ‘dreamer’ mas estava protegido ao abrigo do programa DACA. No entanto, foi condenado por um delito relacionado com droga que se juntou a uma outra acusação no passado. E o juiz decidiu acabar com o seu estatuto DACA, tendo Manuel sido deportado.

Juan Verduzco conta que o amigo começou a sofrer de depressão e de problemas com o álcool depois do pai ter sido preso há vários anos, mas que tentava ser uma pessoa positiva e que tinha sempre um sorriso na cara.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.