Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 11º MÁX 16º

Edição

Consumo de antidepressivos aumentou (muito) em pessoas desta faixa etária

Em duas décadas, o número de pessoas a tomar esse tipo de medicamentos duplicou.

Consumo de antidepressivos aumentou (muito) em pessoas desta faixa etária

Em 20 anos, o número de pessoas com idades a cima de 65 anos a tomarem antidepressivos duplicou. Estes são os resultados de um estudo publicado na Revista Britânica de Psiquiatria

Os investigadores da Universidade de East Anglia, em Norwich, Inglaterra, entrevistaram mais de 15 mil pessoas que responderam a questões gerais sobre a sua saúde mental, atividades diárias, e medicamentos que tomavam. 

Analisadas as entrevistas, os responsáveis pelo estudo identificaram um grupo de pessoas que apresentava sintomas de depressão - entre 2008 e 2011, mais de 10% dos inquiridos com idades acima dos 65 anos receberam uma prescrição para a toma de antidepressivos. Segundo a imprensa britânica, no início de 1990 a percentagem era de 4,2%.

Para Carol Brayne, responsável pelo estudo e diretora do Instituto de Saúde Pública de Cambridge, não é certo se o aumento dos tratamentos reflete um sobrediagnóstico ou uma melhor capacidade de despiste. Ainda assim, considera que esta investigação indica que os casos de depressão não registaram uma redução, mesmo na presença de um aumento de receitas de antidepressivos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório