Meteorologia

  • 23 JULHO 2019
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

ADSE. Ainda não há previsão para a retoma da normalidade nos reembolsos

O subsistema de saúde dos funcionários públicos está a pagar os reembolsos aos beneficiários com uma média de dois a três meses de atraso, devido à falta de pessoal.

ADSE. Ainda não há previsão para a retoma da normalidade nos reembolsos

Os reembolsos estão a demorar mais tempo a chegar aos bolsos dos beneficiários da ADSE, uma situação que é explicada pela falta de recursos humanos no instituto público e para a qual ainda não há uma previsão de regularização, segundo apurou o Notícias ao Minuto junto de fonte da ADSE. 

Por isso, o número de queixas por parte dos contribuintes tem aumentado em plataformas como o Portal da Queixa, onde se acumulam mais de quatro dezenas de reclamações desde o início do ano. 

A notícia, saliente-se, foi avançada este domingo pelo Correio da Manhã e dava ainda conta de que o atraso médio dos reembolsos se situa entre os dois e os três meses, mas há casos em que a demora está a chegar aos seis meses

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório