Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2019
Tempo
17º
MIN 15º MÁX 21º

Edição

Ministros do trabalho de 43 países vão reunir-se em Cascais

A quarta conferência dos ministros do Emprego e Trabalho da União para o Mediterrâneo, organização que reúne 43 países, vai realizar-se em Cascais na próxima semana, sob o lema 'Empregos, Competências e Oportunidades para Todos"', foi hoje anunciado.

Ministros do trabalho de 43 países vão reunir-se em Cascais

Segundo o ministro do Trabalho português, Vieira da Silva, a conferência terá "dois grandes objetivos", sendo o primeiro a aprovação da declaração conjunta entre os 28 Estados-membros da União Europeia (UE) e os 15 países da margem sul e oriental do Mediterrâneo com as estratégias comuns em termos de mercado de trabalho.

O segundo objetivo, acrescentou o governante em conferência de imprensa, é "fomentar a cooperação multilateral e bilateral entre os países" da União para o Mediterrâneo, onde se incluem, por exemplo, Marrocos, Tunísia, Albânia, Líbano, Palestina, Turquia, Bósnia ou Israel.

Vieira da Silva sublinhou que, embora exista uma "grande proximidade histórica e territorial" entre os países que compõem a União para o Mediterrâneo, "há diferenças sociais e económicas", mas que "não impedem que se trabalhe para um objetivo comum".

Esse objetivo é o de "reforçar as políticas sociais no domínio da integração no mercado de trabalho, na construção de mercados de trabalho mais inclusivos, de combate à informalidade, de trabalhar para que questões como a dos fluxos migratórios sejam o mais possível integradas nas dinâmicas do mercado de trabalho da Europa", disse o ministro.

"É extremamente importante que numa área estrutural para a vida económica e social nos nossos países possa existir uma visão de conjunto que valorize a coesão, a aquisição de competências, a formação profissional, um caminho para uma sociedade mais coesa, que crie mais oportunidades de emprego digno e com futuro", salientou Vieira da Silva.

A quarta conferência de ministros do Emprego e Trabalho da União para o Mediterrâneo vai realizar-se entre 01 a 03 de abril, em Cascais, e contará ainda com a presença da comissária europeia do Emprego e Assuntos Sociais, Marianne Thyssen, e do Presidente da República e primeiro-ministro portugueses, Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa.

A União para o Mediterrâneo, criada em 2008, é uma organização intergovernamental que reúne os 28 Estados-Membros da União Europeia e os 15 países da margem sul e oriental do Mediterrâneo para promover o diálogo e a cooperação, sendo atualmente copresidida pela Comissão Europeia e pela Jordânia.

Segundo uma nota de imprensa, os ministros responsáveis pelo Emprego e Trabalho dos 43 países vão procurar debater os desafios mais urgentes do mercado de trabalho da região do Mediterrâneo, identificando formas de os tornar inclusivos e acessíveis a todos, em particular aos jovens e às mulheres.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório