Meteorologia

  • 25 MAIO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Edgar Martins ganha dois prémios nos Sony World Photography Awards 2018

O português Edgar Martins foi hoje reconhecido como o melhor fotógrafo na categoria de Natureza Morta e ficou em segundo lugar na de Arquitetura no concurso dos Sony World Photography Awards 2018, foi hoje anunciado.

Edgar Martins ganha dois prémios nos Sony World Photography Awards 2018
Notícias ao Minuto

09:00 - 20/04/18 por Lusa

Cultura Fotografia

Na seleção Natureza Morta, foi distinguido com a série de fotografias 'Silóquios e Solilóquios sobre a Morte, a Vida e outros Interlúdios', que representa uma variedade de cartas e outros objetos usados em crimes e suicídios.

O fotógrafo produziu esta série no Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF) em Portugal, onde são tratadas provas recolhidas pela polícia, como notas de suicídio, cartas e outros objetos usados em suicídios e crimes.

"O trabalho explora a tensão entre a revelação e a ocultação, questionando, entre outras coisas, as implicações éticas de representar e divulgar material sensível desta natureza", justificou Martins, citado pela organização.

Uma segunda série de fotografias do artista, "A Impossibilidade Poética de Conter o Infinito", foi premiada com o 2.º lugar na categoria de Arquitetura para fotógrafos profissionais.

O trabalho, feito em centrais hidroelétricas em Portugal, instalações da Agência Espacial Europeia e fábricas de automóveis na Alemanha, procura examinar e reavaliar a relação da humanidade com a tecnologia e a indústria e o impacto na consciência social e cultural das pessoas.

O concurso de fotografia, dividido em quatro seleções (Profissional, Aberto, Juventude e Estudante), assinalou este ano a 11.ª edição com um número recorde de 320.000 inscrições de fotógrafos de mais de 200 países e territórios, de acordo com comunicado da organização.

O título de Fotógrafo do Ano foi atribuído ao britânico Alys Tomlinson pela sua série 'Ex-Voto', o que lhe vai valer o prémio de 25 mil dólares (20 mil euros).

Edgar Martins nasceu em Évora, cresceu em Macau e vive atualmente em Bedford, no Reino Unido, e o seu trabalho tem vindo a ser exposto internacionalmente.

Recentemente, foi selecionado como Escolha do Júri nos The Magnum Awards e no Hariban Award, e foi eleito para representar Macau na 54.ª Bienal de Veneza.

Martins era finalista nas categorias de Natureza Morta, Descoberta e Arquitetura, enquanto que Adriano Neves e António Coelho receberam menções honrosas no concurso aberto.

Os trabalhos do finalista e artistas distinguidos pela menção honrosa será exibido na exposição dos Sony World Photography Awards, em Londres, entre 20 de abril e 06 de maio.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.