Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2018
Tempo
22º
MIN 20º MÁX 23º

Edição

Pianista João Costa Ferreira lança disco com inéditos de Vianna da Motta

Um conjunto de obras inéditas de José Vianna da Motta é hoje lançado em disco pelo pianista português radicado em França, João Costa Ferreira, assinalando os 150 anos do nascimento do compositor português.

Pianista João Costa Ferreira lança disco com inéditos de Vianna da Motta
Notícias ao Minuto

07:40 - 09/02/18 por Lusa

Cultura Música

"Klavierstücke nach A. Böcklin", duas peças inspiradas em quadros do pintor suíço Arnold Böcklin, e "5 Rapsódias Portuguesas", escritas a partir de temas folclóricos nacionais, são interpretadas no primeiro disco a solo de João Costa Ferreira, numa edição da Grand Piano/Naxos Records.

Há vários anos que o pianista português estuda em França, como bolseiro da Fundação para a Ciência e Tecnologia, a obra de Vianna da Motta (1868-1948), no âmbito de doutoramento na Universidade Paris-Sorbonne subordinado à investigação da técnica pianística do compositor.

"Este disco é o resultado de quatro anos de trabalho", explicou João Costa Ferreira, 31 anos, à agência Lusa, destacando a importância do pianista francês Bruno Belthoise no processo.

"Ele apresentou-me as '5 Rapsódias Portuguesas' e esse foi um momento que fez mudar muito a forma de ver o meu próprio trabalho. Comecei a aliar à minha interpretação a investigação, a descoberta, o enriquecimento do património cultural português. Uma série de reflexões começaram a surgir", sublinhou.

"5 Rapsódias Portuguesas" são o destaque do disco, porque foram escritas a partir do olhar do compositor para a música tradicional da época, num contexto específico da história de Portugal.

O pianista enquadra as rapsódias "nesse universo musical chamado música nacionalista", procurando a exaltação da identidade de Portugal.

"A primeira foi escrita em 1891, logo a seguir ao ultimato de 1890, quando Inglaterra destruiu o sonho do 'Mapa Cor-de-Rosa'. As '5 Rapsódias Portuguesas' têm a ver com a necessidade de afirmação nacional", precisou João Costa Ferreira, que atualmente investiga se as obras "foram compostas voluntariamente ou por encomenda".

O disco "Motta: Piano Works" permite ouvir a música do compositor português, que foi aluno de Franz Liszt e que se revelou "um grande pianista, virtuoso e muito respeitado na sua época".

Contudo, nota João Costa Ferreira, "a sua música nunca foi muito difundida".

"Era um pouco anacrónica e talvez por isso as suas obras não tivessem sido recebidas como novidade. A sua obra de composição foi esquecida. Esta é uma oportunidade para redescobrirmos a música dele. Este é o meu contributo para isso", comentou.

Num texto escrito para o disco, o musicólogo Rui Vieira Nery realça o trabalho de João Costa Ferreira na "edição moderna e rigorosa destas obras e este magnífico (e em alguns casos pioneiro) registo fonográfico".

O lançamento da obra, sublinha Vieira Nery, permite "a redescoberta de um capítulo pouco estudado da História da Música em Portugal e o reconhecimento de um significativo contributo português para a etapa final do repertório europeu para piano do Romantismo".

O primeiro concerto de lançamento do disco será em Paris, a 09 de março, numa galeria de arte.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório