Meteorologia

  • 24 JANEIRO 2018
Tempo
MIN 6º MÁX 10º

Edição

Bibliotecas públicas tiveram menos visitas e leitores inscritos em 2016

As bibliotecas públicas portuguesas tiveram quebras no número de utilizadores inscritos e de visitas ao longo de 2016, embora a despesa tenha aumentado, revelou a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB).

Bibliotecas públicas tiveram menos visitas e leitores inscritos em 2016
Notícias ao Minuto

18:00 - 14/12/17 por Lusa

Cultura Relatório

De acordo com o relatório estatístico anual divulgado esta semana, em 2016 as bibliotecas tiveram um total de 26,9 milhões de euros de despesa, mais 2,9 milhões de euros do que em 2015.

O relatório, disponível na Internet, tem por base inquéritos feitos a 209 bibliotecas da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas (RNBP) e reúne dados estatísticos sobre a atividade e funcionamento em 2016.

Quanto ao acesso às bibliotecas, em 2016 cada biblioteca pública teve em média 6.885 utilizadores inscritos, um número ligeiramente inferior à média de 6.900 utilizadores em 2015. Também a média de visitas em cada biblioteca desceu de 38 mil para 37 mil.

Do total de 1,4 milhões de utilizadores inscritos em todo o universo das bibliotecas, cerca de 212 mil eram crianças e adolescentes e 808 mil eram adultos.

Com base nas respostas do inquérito nacional, fica-se a saber que cada biblioteca da rede pública tem, em média, 11 trabalhadores e 26 computadores, dos quais 14 com acesso à Internet à disposição dos utilizadores.

Para a aquisição de novos títulos - livros, seriados, livros eletrónicos, CD, DVD, audiolivros -, as bibliotecas gastaram cerca de 1,2 milhões de euros. No total, foram adquiridos 219 mil títulos.

Entre as atividades que as bibliotecas promovem estão a hora do conto, apresentação de livros e exposições. Houve menos ações de formação para a promoção da leitura, descendo de 284 para 245 sessões.

Fora de portas, cada biblioteca pública presta ainda serviço comunitário em torno do livro e da leitura sobretudo em escolas (91%), mas também em lares e centros de dia e em prisões.

O programa da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas foi criado em 1987 e reúne atualmente 219 bibliotecas espalhadas pelo país, em parceria com as autarquias, disponibilizando cerca de 6,4 milhões de títulos para leitura pública.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório