Meteorologia

  • 23 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Antigo funcionário da Naughty Dog afirma que foi vítima de assédio sexual

David Ballard afirma que a Sony lhe ofereceu 20 mil dólares para manter o silêncio. Estúdio responsável pelos jogos Uncharted e The Last of Us nega acusações.

Antigo funcionário da Naughty Dog afirma que foi vítima de assédio sexual
Notícias ao Minuto

11:00 - 16/10/17 por Notícias Ao Minuto

Tech Polémica

A Naughty Dog está a braços com uma acusação de assédio sexual por parte de um antigo colaborador. David Ballard revelou recentemente na sua conta do Twitter que este incidente o levou a ser demitido da empresa e sugeriu que os recursos humanos da Sony quiseram pagar-lhe 20 mil dólares para não falar sobre este alegado incidente.

O recente escândalo de assédio sexual que envolve  Harvey Weinstein levou David Ballard a falar sobre o seu caso. Ballard admite no seu Twitter que a coragem das vítimas do produtor lhe serviu de inspiração.

A resposta da Naughty Dog e da Sony não demorou.

"Lemos recentemente nas redes sociais que um ex-funcionário da Naughty Dog, David Ballard, afirma ter sido vítima de assédio sexual quando trabalhou na Naughty Dog. Não temos evidências de ter recebido alegações de que o sr. Ballard tenha sido assediado na Naughty Dog e na Sony Interactive Entertainment", pode ler-se num comunicado.

A Naughty Dog insiste que esse tipo de “conduta imprópria” não tem lugar nas duas empresas. "É da maior importância manter um ambiente seguro e produtivo no local de trabalho que permita canalizar a nossa paixão partilhada pela criação de jogos".

David Ballard trabalhou durante seis anos na Naughty Dog em vários jogos da saga Uncharted e de The Last of Us.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório