Meteorologia

  • 19 DEZEMBRO 2018
Tempo
MIN 7º MÁX 11º

Edição

Projeto para autistas procura parceiros para app de intervenção precoce

Um ano depois de ter conseguido um parceiro tecnológico na Web Summit, o Programa Integrado para o Autismo (PIPA), que desenvolve aplicações ('app') para estimular a aprendizagem das crianças e jovens, procura agora apoio para a expansão do projeto.

Projeto para autistas procura parceiros para app de intervenção precoce
Notícias ao Minuto

12:38 - 07/11/18 por Lusa

Tech Lisboa

A presidente executiva do PIPA, Cláudia Bandeira de Lima, explicou à agência Lusa que o programa aposta na identificação precoce do autismo assim como na criação de estratégias específicas para cada criança e cada família.

Em 2017, o PIPA despertou a atenção de um parceiro tecnológico, este ano, explicou, o objetivo é colocar a plataforma a funcionar, com todas as funcionalidades digitais que possibilitem uma intervenção precoce com estas crianças com ferramentas de intervenção terapêutica.

Na verdade, explica a psicóloga clínica e do neurodesenvolvimento, os primeiros sinais de autismo podem ser identificados aos dois anos de idade, mas a maioria das crianças com perturbações do espectro do autismo são diagnosticadas mais tarde.

A plataforma, pretende disponibilizar um questionário online que pode ser usado aos dois anos de idade pelos pais e profissionais de saúde, indicando o teste a probabilidade de a criança ter autismo.

"Estamos a tentar agora elevar o investimento para colocar a plataforma a funcionar. Ela já está online, mas falta operacionalizar as ferramentas", disse justificando assim o regresso à cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo Web Summit, que decorre até quinta-feira em Lisboa.

A criação do PIPA surge na sequência de um projeto de investigação na área do treino da linguagem em crianças autistas.

"Não existem ferramentas digitais para trabalhar com estas crianças, que tem muita aptidão para o digital em contraponto com os défices em outras áreas como a linguagem e a escrita", explicou.

O PIPA, adiantou, quer ser uma plataforma integrada para a deteção precoce, a terapêutica especializada e individualizada e ainda um agregador de informações uteis para as famílias quer sobre estratégias de intervenção neurocognitiva e da linguagem como de perguntas tão simples como "qual a melhor escolha para o meu filho".

"A vantagem é terem a possibilidade de aceder a ferramentas de intervenção com um clique de forma orientada", disse, explicando que na fase de diagnóstico do autismo a intenção é que o processo seja de acesso livre, gratuito.

Segundo a responsável, "o autismo é uma doença evasiva, com grande impacto na vida da criança e dependência no futuro. Quanto mais cedo for feito o diagnóstico mais cedo será feita a intervenção e menos défice a criança terá", explicou.

Segundo dados estatísticos internacionais, uma em 68 crianças no mundo tem uma perturbação do espectro do autismo.

A cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo Web Summit nasceu em 2010 na Irlanda e mudou-se em 2016 para Lisboa, devendo permanecer até 2028 na Altice Arena (antiga Meo Arena) e na Feira Internacional de Lisboa (FIL), em Lisboa.

Nesta terceira edição do evento em Portugal são esperados cerca de 70 mil participantes de mais de 170 países.

A edição deste ano realiza-se até quinta-feira.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório