Meteorologia

  • 26 JULHO 2017
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Declarações de Gentil Martins "vão muito além da liberdade de expressão"

As declarações polémicas do médico Gentil Martins sobre a homossexualidade continuam a motivar reações.

Declarações de Gentil Martins "vão muito além da liberdade de expressão"
Notícias ao Minuto

15:51 - 16/07/17 por Melissa Lopes

Política Polémica

O médico João Semedo não ficou alheio à polémica deste fim de semana que envolvem declarações do cirurgião Gentil Martins sobre a homossexualidade, considerando-a uma "anomalia" e um "desvio de personalidade".

Na sua página de Facebook, João Semedo questiona-se sobre o que fará agora a Ordem dos Médicos sobre tais declarações. "Estou curioso para ver o que vai, agora, fazer a Ordem dos Médicos (OM), sempre tão ciosa da sua ética e deontologia", escreve o bloquista, considerando as primeiras declarações do bastonário Miguel Guimarães "temerosas e hesitantes".

No entender de Semedo, essas primeiras declarações "não auguram nada de bom pela displicência que revelam", uma vez que "ficar à espera que algum médico se queixe não é próprio de um bastonário, não é esse o seu papel".

João Semedo não tem dúvidas sobre as polémicas declarações de Gentil Martins. "Não estamos perante o simples exercício do inatacável direito à liberdade de pensamento e opinião (...) Gentil Martins, não se limitou a exprimir uma opinião contrária à posição da OM e errada do ponto de vista médico e científico. Gentil Martins, acrescentou que tem procedido e continuará a proceder com base nesse pressuposto discriminatório, o que vai muito para além da liberdade de expressão", avalia.

Rematando a sua opinião sobre o tema, o bloquista recorda o caso recente que envolve o médico Manuel Pinto Coelho, cujas declarações dadas ao mesmo jornal, motivaram um inquérito disciplinar. Neste caso, o clínico defendeu práticas como beber diariamente água do mar diluída, não utilizar protetor solar ou recusar estatinas. "Salvaguardadas as devidas diferenças, a OM não esperou por qualquer queixa para abrir um processo ao médico Manuel Pinto Coelho...E fez muito bem. Registo a dualidade de critérios", remata.

Ao Notícias ao Minuto, recorde-se, Miguel Guimarães afirmou que as declarações de Gentil Martins "não foram muito felizes" e que a Ordem dos Médicos não se revê nelas. Adiantou ainda que havia recebido a intenção de avançar com queixas da parte de duas médicas. A serem formalizadas, serão analisadas pelo Conselho de Jurisdição. Em todo o caso, o bastonário garantiu que a Ordem irá proceder de alguma forma relativamente ao sucedido. 

Campo obrigatório