Meteorologia

  • 18 JUNHO 2018
Tempo
36º
MIN 33º MÁX 37º

Edição

Português ruma à Rússia em bicicleta para apoiar a Seleção e a Acreditar

Helder vai cumprir três sonhos de uma só vez. Para isso, contudo, ainda precisa de percorrer mais de quatro mil quilómetros... de bicicleta.

Português ruma à Rússia em bicicleta para apoiar a Seleção e a Acreditar
Notícias ao Minuto

18:27 - 24/02/18 por Andrea Pinto

País Sobre rodas

Cumprir o sonho de percorrer a Europa de bicicleta. Apoiar a associação Acreditar. E chegar à Rússia a tempo de apoiar a Seleção Nacional no Mundial de 2018. São estes os três principais objetivos da aventura em que Helder Batista se irá colocar durante o mês de maio.

Esta não será a primeira vez que o homem, natural de Alenquer, se aventura sobre duas rodas, tendo há alguns anos percorrido o caminho que liga a sua terra a Paris, na companhia do filho. Contudo, com a consagração de Portugal como campeão europeu, novos sonhos se perspetivaram.

O homem, que assume sempre ter tido “vontade de fazer uma grande travessia com um projeto social a nível nacional”, conta que “com a seleção nacional a sagrar-se campeã europeia de futebol, desde logo surgiu a ideia de fazer a travessia Alenquer – Moscovo para a apoiar no Mundial na Rússia”. Surgiu assim o 'Rumo à Rússia' e, paralelamente, uma campanha de angariação de donativos para uma instituição de solidariedade social, neste caso a Acreditar.

“A travessia terá início na vila de Alenquer – Presépio de Portugal e passará pela Capital da Rússia – Moscovo, com término em Kratovo, quartel general da Seleção Portuguesa de Futebol”, explica Helder, revelando que o percurso tem um total de cerca de 4.640 Km, e que passará pelos seguintes países: Portugal, Espanha, França, Alemanha, Polónia, Província de Kaliningrado, Lituânia, Letónia e parte da Rússia.

No âmbito da sua iniciativa, Helder tem se reunido com várias empresas na tentativa de angariar apoios que reverterão para a associação Acreditar, tendo já conseguido o apoio de Rui Nabeiro e da Delta Cafés. Saliente-se que todos os donativos que receba serão para a instituição.

Helder, que em 2016 pretendia pedalar até Marcoussis (França) para apoiar a Seleção Nacional no Europeu não o conseguiu devido a uma lesão, tem agora a oportunidade de realizar este sonho, que será feito a solo. No total, deverá demorar cerca de 45 dias a completar o percurso, estando a data de partida agendada para 5 de maio.  Helder conta chegar ao destino a 2 de junho, dia em que Portugal defronta Marrocos, no seu segundo jogo do Mundial 2018.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.