Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Câmara justifica abate de cadela. Foi encontrada "em profundo sofrimento"

A Câmara Municipal de Almada garante que não é prática corrente abater animais encontrados na rua. Caso da cadela Diana foi exceção.

Câmara justifica abate de cadela. Foi encontrada "em profundo sofrimento"
Notícias ao Minuto

12:24 - 11/07/17 por Carolina Rico

País Almada

A Câmara Municipal de Almada justificou a decisão de abater a cadela Diana menos de 24 horas depois de encontrada pelos serviços municipais e um dia depois de ter desaparecido de casa.

Segundo esclarecimento enviado pela autarquia a pedido do Notícias ao Minuto, a eutanásia de animais não é uma prática corrente no canil municipal, mas o caso de Diana era excecional.

O animal estava moribundo, paralisado nas patas traseiras, sem controlo dos esfíncteres e da bexiga e em profundo sofrimento. Não tinha meios para se deslocar sozinho para o local onde foi encontrado pela GNR, que contactou com o Serviço Veterinário Municipal para recolha do animal, presumindo-se portanto o abandono”, explica-se.

Além disso, pode ler-se na nota da Câmara, a cadela não tinha qualquer identificação, chip ou coleira que permitisse a identificação dos donos.

A eutanásia apenas é excecionalmente praticada pelo Serviço Veterinário Municipal, através de método que garante a ausência de dor e sofrimento, em casos comprovados de animais: com doença incurável (caso do animal em questão) ou agressivos”, reforça a entidade.

Os donos de Diana acusam o Canil Municipal de Almada de abater a cadela no dia de recolha e sem contacto prévio apesar de, garantirem, esta entidade ter sido informada do desaparecimento e contactos dos donos.

"Até a data não nos foi dada qualquer justificação que legitime a decisão de pôr termo à vida da Diana", acusam numa publicação amplamente partilhada nas redes sociais, que motivou inclusive comentário de Joana Mortágua.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório