Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Inventou que foi roubado com arma e sequestrado. Acabou detido em Sintra

Confessou "que havia furtado uma viatura de um familiar, tendo conduzido a mesma sem estar habilitado para efeito e sob o efeito de álcool".

Inventou que foi roubado com arma e sequestrado. Acabou detido em Sintra

Um homem, de 28 anos de idade, foi detido, no passado dia 18 de novembro, cerca das 03h30, pelo Comando Metropolitano de Lisboa da Polícia de Segurança Pública (PSP), em Rio de Mouro, por ser suspeito da prática da simulação de crime.

O suspeito, explica a força de segurança num comunicado enviado às redações, "contactou a PSP para informar que teria sido vítima de roubo de viatura, crime alegadamente cometido por três indivíduos, os quais após ameaça com arma de fogo, o sequestraram no banco traseiro, abandonando-o e fugindo com viatura".

Em seguida, a PSP tratou de acionar diversos meios com o objetivo de socorrer a suposta vítima e intercetar os alegados suspeitos. 

Acontece que, após terem encontrado o homem, "este foi transportado para a esquadra onde acabou por admitir aos Polícias que o crime denunciado seria uma invenção sua". E confessou "que havia furtado uma viatura de um familiar, tendo conduzido a mesma sem estar habilitado para efeito e sob o efeito de álcool, acabando por se despistar e embater com o veículo".

A viatura foi encontrada nas proximidades do local da ocorrência, visivelmente acidentada, sendo restituída ao seu proprietário.

O cidadão foi detido por simulação de crime e após ser presente a Tribunal foi-lhe aplicada pena de multa de 120 dias, no valor total de 600 euros e sanção acessória de inibição de conduzir pelo período de 6 meses.

Leia Também: Tribunal condena a 23 anos de prisão homicidas do rapper Mota Jr.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório