Meteorologia

  • 04 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Miranda do Corvo financia aquisição de equipamentos para lares

O município de Miranda do Corvo anunciou hoje um apoio superior a 5.000 euros a três instituições concelhias para aquisição de material de proteção individual em Estruturas Residenciais Para Idosos (ERPI) para fazer face à pandemia da covid-19.

Miranda do Corvo financia aquisição de equipamentos para lares
Notícias ao Minuto

09:47 - 02/04/20 por Lusa

País Covid-19

Em comunicado, esta autarquia do distrito de Coimbra informa que foram atribuídos 5.400 euros a distribuir pela Fundação ADFP (3.150 euros), Casa de Repouso O Solar das Chãs (1.275 euros) e Lar Dr. Clemente de Carvalho (975 euros).

"A verba destina-se proporcionalmente em função do número de utentes e terá de ser usada na aquisição de material de proteção individual para, desta forma, minimizar o risco de disseminação da covid-19 nestas entidades", adianta a nota.

De acordo com a autarquia, a distribuição do subsídio extraordinário resultou de informações obtidas junto das três entidades e que apontam para que nas ERPI e UCCI do concelho estejam 210 utentes na Fundação ADFP, 85 utentes na Casa de Repouso O Solar das Chãs e 68 utentes no Lar Dr. Clemente de Carvalho".

Segundo o município, este apoio "será fundamental para as instituições cumprirem a Orientação (...) da Direção-Geral da Saúde" para as Estruturas Residenciais para Idosos (ERPI) e Unidades de Cuidados Continuados Integrados (UCCI) da Rede Nacional de Cuidados Continuados (RNCCI)".

Nessa orientação, a Direção-Geral da Saúde determina que sejam assegurados "os recursos necessários para proteger funcionários, colaboradores e utilizadores, nomeadamente disponibilizar equipamentos, suficientes e acessíveis em todos os locais da instituição, para reduzir a disseminação da infeção (equipamento para lavar as mãos ou produtos para higienização das mãos, toalhas de papel e recetáculos para a sua eliminação, máscaras cirúrgicas para colocação nos funcionários ou colaboradores ou utentes que iniciem sintomas respiratórios na instituição)".

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 905 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 46 mil.

Em Portugal, segundo o balanço feito na quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 187 mortes, mais 27 do que na véspera (+16,9%), e 8.251 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 808 em relação a terça-feira (+10,9%).

Dos infetados, 726 estão internados, 230 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 43 doentes que já recuperaram.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório