Meteorologia

  • 13 OUTUBRO 2019
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 23º

Edição

Serviços Prisionais lamentam morte de internado inimputável

A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais lamentou hoje a morte dum homem que sofria de demência e se engasgou com pão na Clínica de Psiquiatria e Saúde Mental do Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo (Porto).

Serviços Prisionais lamentam morte de internado inimputável
Notícias ao Minuto

18:09 - 07/08/19 por Lusa

País Prisão

"A Direção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) informa, com pesar, que um inimputável internado na Clínica de Psiquiatria e Saúde Mental do Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo (masculino) faleceu, pelas 09:30 desta manhã", explicou à agência Lusa o diretor de Serviços de Organização, Planeamento e Relações Externas da DGRSP, numa resposta escrita via correio eletrónico.

Segundo a DGRSP, o homem que morreu e que estava internado na clínica da prisão tinha 55 anos e tinha, "para além de quadro demencial em fase avançada", uma "doença grave do foro respiratório.

"Após o pequeno-almoço, que como habitualmente foi tomado sob supervisão e auxílio de enfermeiro, [o internado], apoderou-se de um bocado de pão que tirou a outro internado, tendo-se engasgado com o mesmo", lê-se na mesma nota enviada à Lusa.

A DGRSP indica que foram de imediato efetuadas manobras de auxílio e de reanimação por pessoal clínico do Estabelecimento Prisional e ativado o Instituto nacional de Emergência Médica, entidade que depois veio a "confirmar o óbito" no local.

"Foram contactadas as competentes autoridades policiais que removeram o corpo, o qual virá a ser autopsiado tendo em vista o apuramento das causas da morte".

Fonte do Comando Distrital de Operação de Socorros (CDOS) do Porto confirmou à agência Lusa que hoje, pelas 12:15, receberam um pedido do Estabelecimento Prisional de Santa Cruz do Bispo para "fazerem a remoção de um cadáver".

Fonte dos Bombeiros de São Mamede Infesta, a corporação que esteve no local da ocorrência com dois elementos e uma viatura, disse à Lusa que removeram o corpo de "um homem de 55 anos" e que o trasladaram para o Instituto de Medicina Legal do Porto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório