Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2018
Tempo
25º
MIN 24º MÁX 26º

Edição

Web Summit retira convite a Marine Le Pen por iniciativa própria

Paddy Cosgrave, o presidente da Web Summit, anunciou a decisão de retirar o convite a Le Pen, isto apesar de o Governo não ter feito qualquer pressão nesse sentido.

Web Summit retira convite a Marine Le Pen por iniciativa própria
Notícias ao Minuto

12:39 - 15/08/18 por Fábio Nunes 

País Polémica

A Web Summit decidiu retirar o convite feito a Marine Le Pen para ser uma das oradoras no prestigiado evento que volta a realizar-se mais uma vez em Lisboa este ano. A decisão foi anunciada por Paddy Cosgrave através da sua conta no Twitter. 

"É claro para mim agora que a decisão correta da Web Summit é rescindir o convite a Marine Le Pen", escreveu o presidente e um dos co-fundadores da Web Summit.

"Tendo em conta os conselhos que recebemos e a grande reação online durante a noite, a sua presença é particularmente desrespeitosa para o nosso país anfitrião. Também é desrespeitoso para algumas das dezenas de milhares de pessoas que vêm de todos os cantos do mundo para assistir à Web Summit". 

Paddy Cosgrave acrescentou ainda que a questão do "ódio, da liberdade de expressão e das plataformas tecnológicas é uma das questões decisivas de 2018" e que "vão redobrar os seus esforços para a abordarem com mais cuidado".

A terminar a sua série de tweets, Paddy Cosgrave diz estar aberto a "sugestões de quem poderá ser apropriado e também inapropriado para falar sobre uma série de temas que a afetam a sociedade e a tecnologia".  

O presidente da Web Summit já tinha admitido esta terça-feira que poderia retirar o convite a Le Pen se o Governo português assim desejasse. No entanto, acabou por fazê-lo de qualquer das formas, isto poucas horas depois de ter sido divulgado um comunicado do Ministério da Economia no qual o Executivo colocou de parte a hipótese de intervir nesta questão

"O Governo português, estando, pelo seu impacto, empenhado no acolhimento deste evento privado, não tem, como em outros eventos, intervenção na seleção de oradores", pode ler-se no comunicado.

O convite à líder da extrema-direita francesa para ser uma das oradoras na próxima Web Summit ficou envolto em controvérsia desde que foi tornado público. O Governo português estava a ser pressionado para pedir à organização para retirar o convite. O Bloco considerou o convite "inaceitável". Já o PSD não vetou o convite mas sugeriu ao PS e ao Bloco de Esquerda que retirasse o apoio à Web Summit.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório