Meteorologia

  • 15 OUTUBRO 2018
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 18º

Edição

Vídeo prova que polícia nem procurou Kyle Plush, deixando-o morrer

O video da câmara corporal de um dos agentes mostra que apenas procuraram o jovem por três minutos, sem nunca sair do carro. Seis horas depois, Kyle foi encontrado morto pelo pai.

Notícias ao Minuto

08:28 - 21/04/18 por Tiago Miguel Simões 

Mundo Kyle Plush

Este caso está a chocar a cidade de Cincinnati, no estado do Ohio, EUA. Kyle Plush, de 16 anos, foi encontrado morto na carrinha da sua família que estava estacionada junto à escola privada de Madisonville. 

Ao que tudo indica, o jovem ficou preso, de pernas para o ar entre dois bancos da carrinha. Incapaz de sair daquela posição, Kyle Plush, ao sentir-se esmagado, conseguiu utilizar a Siri (assistente do iPhone) para ligar para o 911 (o nosso 112). À linha de emergência explicou que estava preso numa carrinha Honda e pediu por socorro.

“Eu provavelmente não tenho muito tempo, digam à minha mãe que a amo”, terá dito o rapaz, segundo avança o Inside Edition e vários outros meios norte-americanos. 

Mais tarde, e ainda sem ajuda, voltou a ligar e disse-se “quase morto”. 

A polícia de Cincinnati respondeu à chamada e mandou dois agentes à procura de Kyle. Ainda assim, as “buscas” demoraram apenas três minutos. O vídeo da câmara corporal de um dos agentes que respondeu à ocorrência foi tornado público pela própria polícia e, através do mesmo, podemos constatar que a dupla de agentes que esteve do local nunca saiu do carro para tentar averiguar o que se estaria a passar. 

Em vez disso, ligaram para a central e disseram tratar-se de uma partida, tendo dado o serviço como concluído. Seis horas depois da chamada de socorro, Kyle foi encontrado morto pelo pai, Ron Hamilton.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório