Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2018
Tempo
32º
MIN 30º MÁX 34º

Edição

Girafas brancas de espécie rara avistadas no Quénia

A cor dos animais está relacionada com uma condição genética muito rara chamada leucismo.

Girafas brancas de espécie rara avistadas no Quénia

Duas girafas, mãe e cria, de cor branca foram avistas no parque de conservação Ishaqbini Hirola localizado no Quénia, África.

Os dois animais estão a dar que falar porque é raro ver-se girafas com este tipo de condição genética. Mãe e cria sofrem de leucismo, uma condição genética que impede a pigmentação das células da pele. Porém, e ao contrário do que acontece com quem tem albinismo, é só mesmo a pele que é afetada por esta condição, uma vez que continuam a ser capazes de produzir pigmento escuro nos olhos.

Esta não é a primeira vez que girafas brancas são vistas. Segundo o parque de conservação queniano, em março do ano passado também foi vista uma girafa branca no mesmo local. Já em janeiro do mesmo ano foi a vez de um animal com leucismo dar o ‘ar de sua graça’ no parque nacional da Tanzânia, também em África.

Na sua página oficial, o parque Ishaqbini Hirola revelou que “elas estavam tão perto e tão calmas e não pareciam nada perturbadas” pela presença dos trabalhadores do parque.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório