Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 26º

Carter Center dos EUA vai observar eleições presidenciais na Venezuela

O Carter Center dos Estados Unidos vai enviar uma missão de observação às eleições presidenciais na Venezuela, que decorrerão em 28 de julho, e nas quais o Presidente Nicolás Maduro procura novamente a reeleição.

Carter Center dos EUA vai observar eleições presidenciais na Venezuela
Notícias ao Minuto

06:36 - 22/06/24 por Lusa

Mundo Venezuela

A organização referiu na sexta-feira, em comunicado, que foi convidada pelo Conselho Nacional Eleitoral (CNE) da Venezuela no âmbito do acordo assinado em outubro de 2023 entre o Governo da Venezuela e a Plataforma Unitária de Barbados.

A missão será liderada por Jennie Lincoln, conselheira sénior do Carter Centre para a América Latina e Caraíbas, e chegará à Venezuela em 29 de junho.

Outros especialistas eleitorais chegarão à Venezuela em julho para observar as eleições, nas quais Maduro enfrentará o ex-embaixador Edmundo González Urrutia, candidato da principal coligação da oposição.

O Carter Centre, centro global para defender os direitos humanos, a democracia e saúde pública criado pelo ex-presidente democrata dos EUA Jimmy Carter (1977-81), cumprirá a sua missão, entre outras, guiado pelo Código de Conduta para Observadores Eleitorais Internacionais, adotado nas Nações Unidas em 2005.

Em maio, a ONU informou que estava a avaliar a possibilidade de enviar observadores eleitorais em resposta a um convite do Governo da Venezuela.

A missão do Carter Center não fará uma avaliação abrangente dos processos de votação, contagem e apuramento devido ao seu tamanho e alcance limitados, explicou a organização no comunicado.

"As avaliações da missão serão baseadas no quadro jurídico nacional, bem como nas obrigações e padrões regionais e internacionais de direitos humanos para eleições democráticas", explicou.

O Carter Center observou várias eleições na Venezuela, incluindo com uma missão de especialistas para as eleições regionais e locais de 2021.

Leia Também: Candidato presidencial acusa Maduro de querer controlar oposição

Recomendados para si

;
Campo obrigatório