Meteorologia

  • 05 MARçO 2024
Tempo
16º
MIN 8º MÁX 16º

EUA devolvem antiguidades avaliadas em 7,4 milhões de euros à Turquia

Os Estados Unidos devolveram esta terça-feira à Turquia 41 antiguidades saqueadas de um sítio arqueológico romano, no valor de 7,4 milhões de euros, no âmbito de uma campanha de apreensões em museus norte-americanos.

EUA devolvem antiguidades avaliadas em 7,4 milhões de euros à Turquia
Notícias ao Minuto

10:01 - 06/12/23 por Lusa

Mundo EUA

O procurador distrital de Manhattan (Nova Iorque), Alvin Bragg, divulgou, em comunicado, que devolveu à Turquia, em menos de dois anos, "90 antiguidades" no valor de mais de 60 milhões de dólares (65,5 milhões de euros, à taxa de câmbio atual).

Entre estes tesouros arqueológicos, 41 peças foram devolvidas durante uma cerimónia que decorreu esta terça-feira em Nova Iorque, na presença do vice-ministro turco da Cultura e Turismo, Ghokan Yazgi.

Oito destas peças foram encontradas no âmbito de uma investigação contra uma rede internacional de saqueadores, traficantes e ocultadores de antiguidades roubadas desde a década de 1960 no sítio greco-romano de Bubon, no sudoeste da Turquia.

Entre estas antiguidades estão duas cabeças do imperador romano do século III, Caracalla, uma apreendida em março deste ano do Fordham Museum of Art e outra, da mesma data, do prestigiado Metropolitan Museum of Art (MET), dois museus de Nova Iorque.

Um busto de uma mulher do século II saqueado em Bubon foi apreendido em junho, segundo o comunicado, depois de ter sido contrabandeado para a Suíça pelo traficante norte-americano, falecido em 2012, Robert Hecht, que o vendeu ao Worcester Art Museum, em Massachusetts.

O procurador Alvin Bragg já tinha anunciado em abril e setembro a restituição a Ancara de antiguidades do sítio arqueológico de Bubon, incluindo uma estátua apreendida de um museu de Cleveland.

"Juntos, acredito que podemos pôr fim aos golpes na identidade e na história das nações", frisou o ministro turco, citado na nota de imprensa.

A procuradoria de Manhattan lidera uma campanha de restituição de arte desde 2017.

Sob a égide Alvin Bragg desde 2022, mais de 1.000 moedas no valor de 225 milhões de dólares (208 milhões de euros, à taxa de câmbio atual) foram devolvidas a mais de 20 países, incluindo Camboja, China, Índia, Paquistão, Egito, Iraque, Grécia, Turquia e Itália.

Nova Iorque é um centro de tráfico e várias obras foram apreendidas nos últimos anos de museus, como o MET, e de colecionadores particulares extremamente ricos em Manhattan.

Leia Também: Taipé diz que avião antissubmarino dos EUA sobrevoou Estreito de Taiwan

Recomendados para si

;
Campo obrigatório