Meteorologia

  • 07 OUTUBRO 2022
Tempo
28º
MIN 16º MÁX 29º

AO MINUTO: Luz verde ao alívio de medidas; Casos? "Tendência decrescente"

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Luz verde ao alívio de medidas; Casos? "Tendência decrescente"
Notícias ao Minuto

08:24 - 18/02/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

A Direção Geral da Saúde emitiu, na quinta-feira, um comunicado onde recomenda a vacinação contra a Covid-19 com a quarta dose de reforço "em pessoas com  imunossupressão  grave,  que  receberam  uma dose  adicional para completar  o  esquema  vacinal  primário". Na mesma nota, apela ainda à vacinação de reforço em grávidas.

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, disse ontem que as as medidas de alívio das restrições de controlo à covid-19 são  "bem-vindas", numa altura em que o país está numa "fase especial" da pandemia e em condições de projetar o futuro.

Lá fora, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do Brasil aprovou o primeiro autoteste de despiste ao novo coronavírus. "O produto Novel Coronavírus (Covid-19) Autoteste Antígeno foi aprovado para uso com amostra de 'swab' nasal não profunda, com resultado após 15 minutos”, referiram em comunicado.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Boa noite! Encerramos aqui mais um acompanhamento AO MINUTO da pandemia em Portugal e no Mundo. Iniciamos este sábado de manhã um novo registo da pandemia. 

22h04 - Brasil supera os 28 milhões de infetados desde o início da pandemia

Brasil registou, nas últimas 24 horas, mais 1.127 vítimas mortais e 121.027 casos de infeção pelo novo coronavírus, mostram os mais recentes dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). O país volta, pelo terceiro dia consecutivo, a superar a barreira dos mil óbitos diários derivados da doença. Na quinta-feira, a mesma entidade tinha dado conta de mais 1.128 falecimentos.

21h15 - Vídeos de separatistas pró-russos foram criados há dois dias

Os metadados de dois vídeos publicados hoje por separatistas pró-russos a anunciar evacuações nas regiões fronteiriças da Ucrânia mostram que os arquivos foram criados há dois dias, confirmou a agência de notícias AP

20h13 - Investigadores estudam mecanismos cerebrais em doentes graves

Um grupo de investigadores da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (UC) vai estudar, durante três anos, a relação entre a mente e o corpo em doentes hospitalizados com covid-19 em situação limite. 

"O projeto propõe-se esclarecer os mecanismos cerebrais da relação entre mente e corpo num estado limite de consciência, como sucedeu com diversos doentes hospitalizados com covid-19 e que necessitaram de internamento em unidades de cuidados intensivos, disse à agência Lusa o coordenador, Óscar Gonçalves.

19h46 - Linhas Vermelhas. "Expectável" declínio da mortalidade

pandemia de Covid-19 está com uma "tendência decrescente a nível nacional e em todas as regiões", segundo o relatório ‘Monitorização das linhas vermelhas para a Covid-19’, divulgado esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA). O documento revela ainda que mais de 30% das vítimas mortais registadas em janeiro estavam já vacinadas com a dose de reforço da vacina.

19h31 - Marcelo promulga decreto-lei que estabelece alívio de medidas

O Presidente da República promulgou hoje o decreto-lei que estabelece o alívio das medidas para conter a covid-19 em Portugal, aprovado em Conselho de Ministros na quinta-feira.

Uma nota publicada no sítio oficial da Presidência da República na Internet, lê-se que o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, "promulgou o diploma do Governo que altera medidas aplicáveis no âmbito da pandemia da doença covid-19".

19h19 - Marcelo celebra "momento de abertura" em Portugal

O Presidente da República celebrou hoje o "momento de abertura" em Portugal no "quase fim" da pandemia de covid-19 e pediu uma "aposta de recursos e de meios" na ciência contra os negacionismos. 

Marcelo Rebelo de Sousa falava na cerimónia de entrega do Prémio Bial de Biomedicina 2021, na Reitoria da Universidade de Lisboa, numa intervenção em que agradeceu aos cientistas e aos profissionais de saúde o seu contributo para o combate a situações pandémicas como a atual.

19h08 - França regista mais 304 óbitos e 82.553 novos casos de Covid-19

França registou, nas últimas 24 horas, mais 82.553 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, revelaram esta sexta-feira as autoridades de saúde francesas. O país contabilizou ainda mais 304 vítimas mortais derivadas da doença. Em causa está um decréscimo no número de novas infeções face ao dia anterior.

17h49 - Portugal administrou mais 23.293 doses de reforço da vacina

Foram administradas, nas últimas 24 horas, mais 23.293 doses de reforço da vacina contra o novo coronavírus, revela o Relatório de Vacinação que acaba de ser divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal contabiliza, assim, um total de 5.782.679 indivíduos já 'reforçados' contra a doença.

17h46 - Corvo e Vimioso são os concelhos abaixo do nível máximo de incidência

O concelho do Corvo, na região autónoma dos Açores, e Vimioso são esta semana os únicos municípios portugueses abaixo do nível máximo de incidência de contágios pelo coronavírus SARS-CoV-2.

Nas últimas duas semanas, o município açoriano era o único concelho que não ultrapassava 960 ou mais contágios por 100 mil habitantes e, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde, mantém-se abaixo desse patamar, com uma incidência cumulativa de 213 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

17h31 - Itália com menos de mil internados em UCI pela primeira vez este ano

A curva epidémica continua a cair em Itália, que registou hoje 53.662 novos casos de Covid-19, uma queda de 20% face aos dados da última sexta-feira. Os dados divulgados esta sexta-feira pelo Ministério da Saúde italiano dão conta ainda de mais 314 óbitos associados ao vírus.

17h30 - Alívio da pandemia em Espanha. Mais 30.615 infeções e 288 óbitos

O Ministério da Saúde espanhol deu conta, esta sexta-feira, de mais 30.615 novos casos de infeção pelo SARS-CoV-2 e de mais 288 vítimas mortais desde a divulgação do último boletim epidemiológico. Espanha continua, assim, a registar um alívio das consequências da doença no seu território. Efetivamente, o país tinha registado, na quinta-feira, valores inferiores em ambos os indicadores: mais 34.213 casos e 360 óbitos em 24 horas.

17h20 - Portugal regista mais 15.482 casos de Covid-19 e 51 óbitos. Cai incidência

Portugal registou, nas últimas 24 horas, 15.482 casos de Covid-19 e 51 óbitos, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta sexta-feira. 

O número de casos continua a diminuir, registando-se uma queda da incidência e Rt.

Todas as regiões do país registam um índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-CoV-2 inferior a 1 e o número médio de infeções diárias caiu de mais de 31 mil para cerca de 17 mil.

17h05 - Situação pandémica alivia no Reino Unido. Mais 47.685 casos e 158 óbitos

O Reino Unido registou, nas últimas 24 horas, mais 47.685 casos de infeção pelo novo coronavírus e mais 158 vítimas mortais, revelam os mais recentes dados divulgados pela Agência de Segurança Sanitária do país. Estes números dão contam de um ligeiro alívio da situação pandémica em território nacional, face ao dia anterior. Isto porque, na quinta-feira, tinham sido comunicadas 51.899 novas infeções e 183 mortes. 

16h40 - Protestos no Canadá. Polícia começa a prender manifestantes em Otava

A polícia da cidade canadiana de Otava avançou com a detenção dos manifestantes do chamado "comboio da liberdade", que tem paralisado a capital do país ao longo das últimas semanas. Isto depois do primeiro-ministro, Justin Trudeau, ter invocado a 'Lei de Emergências' com o objetivo de colocar fim a estes protestos.

16h36 - G20 promete boa coordenação para salvaguardar a recuperação

As grandes economias do G20 concordaram hoje na importância de uma boa coordenação nas mudanças de política monetária para não afetar a recuperação após a pandemia, indicaram as autoridades indonésias.

16h25 - Hong Kong vai adiar eleição para chefe do executivo devido a surto

Hong Kong vai adiar a eleição do seu próximo líder executivo, até 08 de maio, numa altura em que o território enfrenta o pior surto de covid-19 desde o início da pandemia, com milhares de novos casos diários.

A chefe do governo de Hong Kong, Carrie Lam, disse hoje que a eleição vai ser adiada por seis semanas, a contar a partir de 27 de março, já que a sua realização representaria "riscos para a saúde pública".

14h42 - AS Roma, de Mourinho, identifica quatro jogadores com Covid-19

A AS Roma anunciou, em forma de comunicado emitido através das plataformas oficiais ao início da tarde desta sexta-feira, que identificou quatro casos de infeção pelo novo coronavírus no seio do plantel orientado pelo treinador português José Mourinho.

14h40 - Primeiro-ministro destaca "eliminação praticamente total" das restrições
 
O primeiro-ministro, António Costa, destacou hoje a "eliminação praticamente total" das medidas restritivas relacionadas com a covid-19, apontando que essas restrições permitiram ao país "libertar-se do risco da contaminação" com SARS-CoV-2.

14h37 - Europa promete 450 milhões de vacinas e 425 milhões para acelerar vacinação
 
A União Europeia comprometeu-se a fornecer pelo menos 450 milhões de vacinas a África até meados deste ano e mobilizar 425 milhões de euros para aumentar o ritmo de vacinação no continente, segundo a declaração conjunta da cimeira Europa-África.

14h29 - Grávidas podem iniciar vacinação em qualquer altura da gravidez
 
As grávidas podem iniciar o processo de vacinação contra a covid-19 em qualquer altura da gravidez, segunda a norma da campanha de vacinação da Direção-Geral da Saúde (DGS) hoje atualizada.

14h06 - Açores com duas mortes e 660 novas infeções nas últimas 24 horas
 
Os Açores diagnosticaram, nas últimas 24 horas, 660 novos casos positivos de covid-19, 941 recuperações e duas mortes, informa hoje a Autoridade de Saúde. No comunicado diário, aquela entidade revela que os dois óbitos ocorreram em São Miguel e na ilha Terceira, elevando para 80 o total de óbitos na Região desde o início da pandemia.

13h15 - "Não vou vacinar-me e estou preparado para assumir as consequências"

Novak Djokovic, número 1 do ranking mundial, concedeu, esta sexta-feira, uma extensa entrevista à estação televisiva sérvia RTS, onde voltou a deixar bem claro que, neste momento, não tem qualquer intenção de vacinar-se contra a Covid-19.

12h52 - Este ano vai ser obrigatório testes e vacinas nos Óscares

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas vai exigir que os participantes da 94.ª cerimónia dos Óscares, em março, apresentem provas de vacinação contra a Covid-19 e pelo menos dois resultados negativos de testes PCR.

12h33 - África. MSF aplaude transferência de tecnologia para produção de vacinas
 
A organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) congratulou-se hoje com o anúncio dos seis países que irão receber a tecnologia necessária para a produção de vacinas mRNA no continente africano, considerando que esta transferência de conhecimento deve ser prioritária.

11h56 - Transferência de tecnologia é via para empoderar África
 
O Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, saudou o acordo hoje alcançado para que seis países africanos possam produzir as suas próprias vacinas com "RNA mensageiro" como caminho para o empoderamento do continente africano face à política de doações.

10h44 - Hospitais do Médio Tejo retomam visitas. Ter a 3.ª dose dispensa teste

As três unidades hospitalares do Centro Hospitalar Médio Tejo (CHMT) – Abrantes, Tomar e Torres Novas – vão retomar, a partir deste sábado, 19 de fevereiro, as visitas hospitalares, foi hoje anunciado. Tal como ontem já tinha sido avançado pelo Governo, a apresentação de teste negativo à Covid-19 mantém-se, a menos, explica o hospital, que o visitante já tenha o comprovativo de que foi inoculado com a dose de reforço de uma vacina.

10h32 - Coabitantes com reforço há sete dias deixam de ficar em isolamento

A Direção-Geral de Saúde anunciou, esta sexta-feira, que "passam a ser consideradas contactos de baixo risco todas as pessoas coabitantes de casos confirmados de Covid-19 que tenham sido vacinadas com dose de reforço há pelo menos 7 dias, em vez dos 14 dias anteriormente previstos". Ou seja, os vacinados com dose de reforço há pelo menos sete dias já não precisam de cumprir isolamento, caso a pessoa com quem vivem teste positivo à Covid-19.

09h51 - "Há que colocar o cidadão no centro da decisão e da gestão da pandemia"
 
O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde sublinhou que o alívio das medidas de combate à Covid-19 reside numa “questão de responsabilidade individual” e, também, coletiva, naquilo que considera ser uma “mensagem de confiança”. “Estamos numa fase diferente da pandemia, e num paradigma também diferente, em que há que colocar o cidadão no centro da decisão e da gestão da pandemia, com a sua responsabilidade individual e coletiva”, esclareceu, salientando que o alívio das restrições contra a Covid-19 teve como base essa “mensagem de confiança e de otimismo”, onde, apesar de tudo, reside “uma questão de responsabilidade individual”.

09h25 - Seis países africanos vão receber tecnologia para produzir vacinas mRNA

A Coreia do Sul ultrapassou, esta sexta-feira, os 100 mil casos diários de Covid-19 pela primeira vez desde o início da pandemia, ao mesmo tempo que as autoridades decidiram aliviar algumas restrições, apesar do número recorde de infeções causadas pela variante Ómicron.

09h10 - Prémio Bial de Biomedicina distingue trabalho precursor de vacinas Covid
 
O Prémio Bial de Biomedicina 2021 foi atribuído a um estudo pré-clínico de uma vacina contra o vírus Zika baseada na tecnologia genética de ARN mensageiro, atualmente utilizada em duas vacinas para a covid-19, foi hoje divulgado. A equipa de Drew Weissman testou com êxito a eficácia de uma vacina de ARN mensageiro (ARNm) contra o vírus Zika em ratos e macacos. Hoje, a tecnologia de ARNm (molécula responsável pela transferência de informações do ADN para a região interna da célula, o citoplasma) é usada nas vacinas dos laboratórios Pfizer e Moderna contra o SARS-CoV-2, o coronavírus que causa a doença respiratória Covid-19.

08h58 - Hong Kong reduz idade mínima para vacinação contra a Covid-19

Perante as dificuldades da cidade conter o avanço da variante Ómicron, as autoridades de saúde de Hong Kong autorizaram a redução da idade mínima para a vacinação contra a Covid-19 para os três anos de idade. A decisão surge depois de duas crianças, uma com quatro anos e outra com três, terem morrido com a doença, diz a Reuters.

08h31 - Seis países africanos vão receber tecnologia para produzir vacinas mRNA
 
Egito, Quénia, Nigéria, Senegal, África do Sul e Tunísia são os primeiros seis países que receberão a tecnologia necessária para produzirem vacinas mRNA no continente africano, anunciou hoje o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS).

08h25 - Alívio das restrições? "Medidas são bastante positivas para a economia"
 
O isolamento só para pessoas infetadas com Covid-19, o fim da recomendação do teletrabalho e da lotação dos espaços comerciais são algumas das medidas anunciadas pelo Governo na quinta-feira. Ainda não entraram em vigor, mas o presidente da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal considera que são "positivas para o relançamento da economia".  

07h52 - Subvariante BA.2 representa maior risco que Ómicron, diz estudo

Um estudo liderado por investigadores japoneses afirma que a subvariante BA.2 da Ómicron é mais grave e contagiosa, podendo, inclusive, chegar aos pulmões. Os cientistas das universidades de Tóquio, Kumamoto, Hokkaido e Quioto, no Japão, classificam 'de preocupação' esta linhagem. 

07h39 - Primeiro surto comunitário ameaça sistema de saúde nas Ilhas Salomão
 
O primeiro surto comunitário de covid-19 nas Ilhas Salomão está a espalhar-se rapidamente pela população, a maioria não vacinada, e ameaça o frágil sistema de saúde do país insular do Pacífico, avisou a Cruz Vermelha. A capital, Honiara, tem apenas um pequeno hospital e as autoridades já transformaram um edifício desportivo num hospital de campanha e um estádio de futebol num centro de vacinação, disse o secretário-geral da Cruz Vermelha das Ilhas Salomão, Clement Manuri.

07h25 - Vacinados deixam de usar máscara nos parques da Disney nos EUA
 
A máscara de proteção deixou de ser obrigatória para os visitantes da Disneyland, na Califórnia, e da Disney World, na Florida, desde que vacinados contra a covid-19, segundo as novas regras que entraram em vigor na quinta-feira. A máscara continua a ser obrigatória, quer para vacinados quer para não vacinados, em locais sensíveis como veículos de transporte, comboios ou teleféricos.

07h07 - Para recordar: 

  • Brasil aprova registo do primeiro autoteste à Covid-19. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do Brasil aprovou, na quinta-feira, o primeiro autoteste de despiste ao vírus SARS-CoV-2.
  • Dinamarca retira-se da Algarve Cup devido a surto de Covid-19. A seleção dinamarquesa de futebol feminino anunciou hoje a retirada prematura da 28.ª edição da Algarve Cup, depois de ter sido detetado um surto com quatro casos de covid-19 na equipa.
  • DGS recomenda 4ª dose para imunossuprimidos e reforço para grávidas. A Direção Geral da Saúde emitiu esta quinta-feira um comunicado onde recomenda a vacinação contra a Covid-19 com a quarta dose de reforço "em pessoas com  imunossupressão  grave,  que  receberam  uma  dose  adicional para completar  o  esquema  vacinal  primário". 
  • Mais 23.754 pessoas vacinadas com a dose de reforço em Portugal. Portugal administrou, nas últimas 24 horas, mais 23.754 doses de reforço da vacina contra a Covid-19. De acordo com o Relatório de Vacinação divulgado esta quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS), um total de 5.759.386 já foi alvo dessa vacinação de reforço.

07h00 - Bom dia, iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia. Pode recordar o anterior através deste link.

Leia Também: AO MINUTO: 4.ª dose para imunossuprimidos; China repensa estratégia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório