Meteorologia

  • 12 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

AO MINUTO: Portugal está a "passar à endemia"; Reforços são 88% eficazes

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO:  Portugal está a "passar à endemia"; Reforços são 88% eficazes
Notícias ao Minuto

07:36 - 31/12/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

Num momento em que Portugal está a atingir valores recorde de infeções pela Covid-19 - ontem foram 28.659 casos e 16 mortes -, o período de isolamento passa de 10 para 7 dias para as pessoas infetadas assintomáticas e para os contactos de alto risco, segundo as informações reveladas pela Direção-Geral da Saúde (DGS) ao Ministério da Saúde.

Ainda assim, mesmo em caso de contacto com um infetado, as pessoas com o reforço da vacinação e os recuperados da Covid-19 não terão que cumprir período de isolamento, adiantou Graça Freitas, diretora-geral da Saúde, à RTP3.

A vacinação avança a passos largos. Segundo os valores ontem atualizados pela DGS, um total de 2.818.260 pessoas já foram inoculadas com doses de reforço contra a Covid-19, mais 88.990 do que na véspera. Além disso, 8.691.015 pessoas já completaram a vacinação primária - e 5.277 fizeram-no ontem. 

Recorde-se ainda que Portugal foi ontem classificado na pior categoria de risco de Covid-19 do Centro Europeu para Prevenção e Controlo de Doenças (ECDC), vermelho-escuro, após os Açores terem aumentado as notificações e os casos positivos.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

18h00 - Este registo chega ao fim agora, mas pode continuar a acompanhar-nos na manhã deste sábado. Até lá, entre no Novo Ano em segurança. Proteja-se!

17h48 - "Estamos a passar à endemia", diz Marcelo

Numa análise à situação atual da pandemia em Portugal, que hoje superou pela primeira vez os 30 mil casos de infeção, o Presidente da República lembrou que, há um ano, "o número de casos era muito inferior ao que é hoje”, mas que há agora "uma diferença importante". 

Apesar de a situação ser diferente, o Presidente frisou que “devemos ter naturalmente as precauções e o bom senso impostos pelas circunstâncias". “Estamos a passar à endemia. A pandemia está ainda aí, mas já passamos à endemia para não parar a vida e o dia a dia”, disse o chefe de Estado. 

17h30 - Suíça reduz período de isolamento

A Suíça reduziu o tempo de quarentena para casos de contacto. A autoridade sanitária suíça decretou que o isolamento dos casos de contacto passa a ser de sete dias, ao invés dos dez dias anteriores. 

16h58 - Farmácias fazem 304 mil testes Covid-19 em dois dias

As farmácias realizaram 304.582 testes profissionais TRAg nos dias 28 e 29 de dezembro, revela a Associação Nacional de Farmácias num comunicado enviado às redações. O valor máximo de testes à Covid-19 tinha anteriormente sido atingido nos dias 23 e 24 de dezembro, com um total de 273.089.

16h46 - Itália com mais 144.243 casos e 155 mortes por Covid-19

A Itália contabiliza mais 144.243 casos de Covid-19, para um total de 6.125.683 desde o início da pandemia. Já as vítimas mortais foram mais 155. Itália já viu morrer 137.402 pessoas devido à Covid-19.

16h30 - Reino Unido termina o ano com 189.846 novos infetados por Covid-19 e 203 vítimas mortais.

Em termos acumulados, o país regista 12.937.886 casos da doença e 148.624 óbitos desde que a pandemia teve início.

16h28 - Ricardinho testou positivo e falhou treino do Marítimo com equipa B
 
O avançado Ricardinho testou positivo à covid-19 e falhou o jogo treino entre o plantel que milita na I Liga de futebol e a equipa B do Marítimo, com a equipa principal a vencer por 2-0.

16h22 - Governo angolano suspende aulas presenciais até 16 de janeiro de 2022
 
O Governo angolano determinou hoje que as aulas presenciais, em todos níveis de ensino, ficam suspensas até ao dia 16 de janeiro de 2022, estando o seu reinício sujeito à avaliação da situação epidemiológica da covid-19.

15h01 - Doses de reforço são 88% eficazes contra a hospitalização de infetados com a Ómicron

A Agência de Segurança Sanitária do Reino Unido (UKHA, na sigla em inglês) revelou hoje que uma nova análise comprova que, apesar da perda de eficácia das vacinas perante a variante Ómicron, estas conferem imunidade em 52% depois da primeira dose, 72% em duas a 24 semanas depois da segunda dose, 52% mais de 25 semanas depois da segunda dose, e 88% duas semanas após a dose de reforço.

14h42 - Incidência dispara e obriga a criar nova matriz de risco. Veja-a aqui

O número de novos casos da Covid-19 continua a disparar em Portugal e já obrigou à criação de uma nova matriz de risco, uma vez que a taxa de incidência voltou a aumentar. Estamos agora na zona roxa da matriz, um indicador que tem traçado o cenário da situação pandémica em Portugal. 

Isto numa altura em que a incidência nacional está nos 1.182,7 casos por 100 mil habitantes e nos 1.188,4 também por 100 mil habitantes no continente

Notícias ao Minuto Portugal encontra-se agora na zona roxa da matriz de risco.© DGS  

14h28 - Novo máximo. Portugal regista 30.829 novos casos e mais 18 mortes

Nas últimas 24 horas, Portugal diagnosticou 30.829 casos de infeção pelo novo coronavírus (SARS-CoV2) e 18 mortes atribuídas à Covid-19, indica o relatório epidemiológico divulgado esta sexta-feira. Este número representa um novo máximo pelo quarto dia consecutivo em termos de infeções (17.172 na terça, 21.479 na quarta, e 28.659 na quinta-feira).

Foram ainda registados mais 10.523 recuperados no último dia (o maior número num único dia desde fevereiro), assim como 20.288 novos casos ativos (178.712, acumulados).

Em termos globais, o país soma 1.389.646 contágios e 18.955 óbitos desde o início da pandemia.

13h49 - Adiado jogo entre Braga e Benfica, da liga feminina

O encontro entre o Sporting de Braga e o Benfica, da liga feminina de futebol, foi adiado, devido a casos positivos de SARS-CoV2 na equipa bracarense, disse hoje fonte dos minhotos.

13h47 - Mais um jogo adiado na Premier League devido à Covid-19

A Premier League informou, esta sexta-feira, que aceitou o pedido do Newcastle e adiou o jogo com o Southampton, agendado para o próximo domingo. Os magpies estão com um surto de Covid-19 no plantel e por isso haviam pedido o adiamento do jogo. 

13h46 - Açores com 390 novos casos superam máximo diário pelo quarto dia

Os Açores diagnosticaram 390 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, ultrapassando o máximo diário pelo quarto dia consecutivo e totalizando 1.637 infeções ativas, mais 321 do que na quinta-feira, revelou hoje a Autoridade Regional de Saúde.

13h46 - Escolas de acolhimento receberam mais de 500 alunos

As cerca de 800 escolas de acolhimento abertas na semana de pausa letiva do Natal receberam diariamente mais de 500 crianças, na sua maioria filhos ou dependentes de trabalhadores de serviços essenciais, revelou hoje o Ministério da Educação.

13h45 - Liga reforça necessidade de reforço de vacinação

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) alertou hoje os médicos das equipas das competições profissionais para a necessidade de reforço da vacinação, após uma reunião com os departamentos clínicos dos clubes.

13h45 - ASAE suspende cinco estabelecimentos e instaura 20 processos Covid-19

No âmbito de uma fiscalização, a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) deparou-se com o incumprimento das atuais medidas de reforço devido à atual situação pandémica que se vive no país.

13h44 - No último dia do ano, muitos esperam horas para realizar teste à Covid-19

As filas para realizar o teste antigénio à Covid-19 nos 11 centros de testagem gratuita de Lisboa têm sido longas nos últimos dias e, hoje, com as celebrações da Passagem de Ano à porta, não está a ser diferente.

Quem opta por recorrer a um dos centros da capital está sujeito a horas de espera. Embora as tendas de testagem gratuita tenham aberto às 9h00, muitas pessoas optaram por se deslocar ao local horas antes.

13h43 - "Estamos melhores que há um ano". A mensagem de Ano Novo de Boris

"Independentemente daqueles que sejam os desafios que 2022 vai continuar a trazer-nos, especialmente com a variante Ómicron, temos uma certeza: estamos melhor agora que no ano passado". É desta forma que Boris Johnson dá início à sua mensagem de Ano Novo, partilhada há poucos momentos. Veja o vídeo.

13h42 - Ómicron passa na África do Sul apenas com aumento "marginal" de mortes

A África do Sul, onde a nova variante do Covid-19 foi detetada no mês passado, anunciou que ultrapassou o pico da vaga Ómicron, com apenas um aumento "marginal" de mortes, enquanto muitos países enfrentam o aumento de infeções.

13h42 - Angola enfrenta situação "bastante desafiante"

A ministra da Saúde de Angola considera "bastante desafiante" o atual cenário de Covid-19 no país, sobretudo devido à rápida transmissibilidade da variante Ómicron, que atinge uma taxa diária de positividade entre 25% e 30%.

13h41 - Imunidade através da infeção descontrolada? "Não é prudente" nesta fase

Miguel Prudêncio entende que ainda é cedo para permitir a imunidade natural através da infeção descontrolada por SARS-CoV-2, porque não se conhece ainda a percentagem de doentes infetados com a Ómicron resultam em doença grave.

11h40 - Reino Unido aprova comprimido da Pfizer contra a Covid-19

O governo britânico anunciou hoje que a Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos para a Saúde nacional aprovou o antiviral oral da Pfizer, - Paxlovid -, para o tratamento da Covid-19 em pessoas adultas com doença leve a moderada e em risco de desenvolverem doença grave.

Em comunicado, o governo adianta que um estudo mostrou que a administração do medicamento durante cinco dias reduziu o risco de hospitalização em adultos com risco elevado para a doença, assim como a morte, em 89%, quando comparado com o grupo de controlo.

Na verdade, 0.8% (três de 389) das pessoas do grupo ao qual Paxlovid foi administrado foram hospitalizadas, comparando com 7% (27 de 385) do grupo de controlo.

11h37 - Prevê-se "aumento de pressão sobre o sistema de saúde e na mortalidade"

O relatório das Linhas Vermelhas, divulgado pela DGS e pelo INSA, sublinha que a magnitude da pressão causada pelo aumento de casos de infeção "é ainda incerta". A variante Ómicron é já dominante em Portugal, tendo uma proporção de casos estimada de 82,9% no dia 29.

A análise dos diferentes indicadores revela uma atividade epidémica de SARS-CoV-2 de intensidade muito elevada, com tendência crescente a nível nacional, em especial na região de LVT. A capacidade de rastreamento de contactos de casos revela sinais de pressão", refere o relatório das Linhas Vermelhas divulgado esta sexta-feira. 

11h36 - Restrições travam festas de passagem de ano na ilha de São Vicente

Grupos organizados que habitualmente organizam eventos de passagem de ano na ilha cabo-verdiana de São Vicente lamentaram hoje o prazo do anúncio de limitações às festas, feito pelo governo esta semana alegando o agravamento da pandemia.

11h13 - "Seria incompreensível um novo adiamento na abertura aulas", diz FENPROF

Após a diretora-geral da Saúde ter admitido um possível alargamento das medidas em vigor, que estariam previstas apenas até ao dia 9 de janeiro, a FENPROF afirma que “se isso acontecer, há que reconhecer o fracasso completo do que tem sido a estratégia do governo para as escolas”.

11h12 - Angola: Polícia responsabiliza atividades proibidas na passagem de ano

O comandante geral da polícia angolana exortou hoje os cidadãos a "cumprirem rigorosamente" as medidas de prevenção à Covid-19, garantindo "responsabilização administrativa e criminal" de quem perturbar a ordem ou realizar atividades proibidas na passagem de ano.

10h10 - Israel arranca com quarta dose da vacina para pessoas vulneráveis

Israel iniciou hoje a campanha para administrar uma quarta dose de vacina contra a Covid-19 a pessoas vulneráveis, na expectativa de mitigar os efeitos de uma nova onda de contágios devido à propagação da variante Ómicron.

9h55 - Regresso às aulas a 10 de janeiro? "Vamos ver", diz Graça Freitas

Depois do anúncio de que o período de isolamento passará de 10 para sete dias, no caso dos infetados assintomáticos e dos contactos de alto risco, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, adiantou à CNN Portugal que as novas regras deverão ser implementadas já na próxima semana. Ainda assim, a responsável considera que as medidas em vigor deverão manter-se além de dia 9 de janeiro, não se comprometendo com o regresso às aulas no dia seguinte.

9h55 - Mulher infetada passa Natal com a família… dentro de uma ‘bolha’

Crista LaRock, de Long Island, nos Estados Unidos da América (EUA), ficou desolada quando a irmã testou positivo para a Covid-19 dias antes do Natal. Assim, a família arranjou uma solução criativa para que pudesse passar as festividades junta: uma ‘bolha’. Veja o vídeo.

9h24 - Variante Ómicron já é a dominante em França

A variante Ómicron é já a dominante entre as infeções por Covid-19 em França, onde o vírus teve uma "progressão significativa" nos últimos dias, revelou a Public Health France.

9h23 - Visitas suspensas no Hospital de Vila Franca de Xira a partir de hoje

As visitas aos doentes internados no Hospital de Vila de Xira estão suspensas a partir de hoje devido ao aumento de casos da variante Ómicron, sendo apenas permitidos acompanhantes no serviço de pediatria e ginecologia e obstetrícia.

9h22 - Este sintoma da variante Ómicron manifesta-se na pele

A Organização Mundial da Saúde (OMS) advertiu na quarta-feira contra a nova variante afirmando que pode representar um risco "muito alto" e poderá vir a sobrecarregar significativamente os sistemas de saúde.

8h08 - Graça Freitas apela aos pais para autoagendarem vacinação dos filhos

A diretora-geral da Saúde apelou hoje aos pais para autoagendarem a vacinação dos seus filhos entre 6 e 9 de janeiro, período em que os centros de vacinação Covid-19 estarão dedicados às crianças, para evitar esperas e ansiedade desnecessárias.

8h04 - Alemanha com mais 41.240 casos e 323 mortos. Incidência aumenta

Em véspera de ano novo, a Alemanha regista mais 41.240 casos e 323 mortos, segundo os dados hoje divulgados pelo Instituto Robert Koch. A incidência a sete dias sofreu um aumento, estando, agora, nos 214,9 casos por 100 mil habitantes – ontem era de 207,4 casos.

7h39 - Ómicron: Dose de reforço reduz risco de adoecer gravemente em até 86%

Três doses dos imunizantes atualmente existentes ainda proporcionaram altos níveis de proteção contra a Ómicron em termos de necessidade de tratamento hospitalar, contudo a capacidade de prevenir infeções leves caiu, revelou uma equipa de especialistas do Imperial College London, no Reino Unido. 

7h27 - Restrições 'apertam' festejos. Assim será o Ano Novo em vários países

A pandemia da Covid-19 condicionará também este ano os festejos da passagem de ano, com novas restrições impostas hoje em muitos países em resposta à nova vaga de infeções devido à variante Ómicron. 

7h20 - Nova Iorque celebra 2022 na Times Square apesar de máximo de casos

Nova Iorque vai dar as boas-vindas a 2022 na Times Square, tal como planeado, apesar do recorde de infeções por Covid-19 registado na cidade, no Estado e em todo o país, garantiu hoje o presidente da Câmara.

7h09 - Mais de 20% da polícia de Nova Iorque encontra-se de baixa médica

Mais de 20% da polícia de de Nova Iorque encontra-se de baixa médica, coincidindo com o forte aumento de casos de Covid-19 na zona, informou hoje o chefe do corpo policial da cidade, Dermont Shea.

7h08 - China deteta 195 casos nas últimas 24 horas

A China detetou 195 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, 166 dos quais por contágio local, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país.

7h07 - Bom dia, iniciamos um novo registo de acompanhamento da pandemia. Pode recordar o anterior aqui.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório