Meteorologia

  • 12 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Farmácias fazem 304 mil testes Covid-19 em dois dias

Um novo máximo, depois de ter sido atingido um total de 273.089 testes nos dias 23 e 24.

Farmácias fazem 304 mil testes Covid-19 em dois dias
Notícias ao Minuto

16:53 - 31/12/21 por Notícias ao Minuto

País Pandemia

As farmácias realizaram 304.582 testes profissionais TRAg nos dias 28 e 29 de dezembro, revela a Associação Nacional de Farmácias num comunicado enviado às redações.

O valor máximo de testes à Covid-19 tinha anteriormente sido atingido nos dias 23 e 24 de dezembro, com um total de 273.089.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, nos dias 23 e 24 de dezembro foram realizados em Portugal 488.000 testes profissionais de antigénio.

"As farmácias continuam empenhadas no seu compromisso com a prevenção e mitigação do impacto da infeção por SARS-CoV-2, através da prestação deste serviço público de interesse nacional", afirmou a presidente da Associação Nacional de Farmácias, Ema Paulino, citado na nota. 

O organismo sublinha que o número de farmácias a fazer testes continua a crescer, sendo que em todo o território nacional (Continente e Regiões Autónomas) já existem cerca de 1.400 farmácias a realizar testes antigénio profissionais.

Nos últimos 15 dias (entre 16 e 29 de dezembro) foram realizados 1.200.000 testes nas farmácias portuguesas, sendo os dias com valores mais elevados 23 (159.754), 24 (114.194), 27 (119.083), 28 (147.804) e 29 (156.778) de dezembro.

A covid-19 provocou 5.428.240 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.955 pessoas e foram contabilizados 1.389.646 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Uma nova variante, a Ómicron, considerada preocupante e muito contagiosa pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 110 países, sendo dominante em Portugal.

Leia Também: AO MINUTO: Casos ativos acima dos 178 mil; Mais 10 mil recuperados em 24h

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório