Meteorologia

  • 23 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

AO MINUTO: EMA aprova molnupiravir; Jovens em sofrimento psicológico

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: EMA aprova molnupiravir; Jovens em sofrimento psicológico

Especialistas de várias áreas da saúde e políticos voltam a reunir-se, esta sexta-feira, para avaliar a evolução da pandemia da Covid-19, numa altura em que se regista um aumento de infeções em Portugal e na Europa. A reunião na sede do Infarmed, em Lisboa, foi convocada pelo primeiro-ministro, que já avançou não antever a necessidade de adotar medidas de controlo da pandemia que impliquem um novo estado de emergência. Contará também com a participação do Presidente da República, do presidente da Assembleia da República e de membros de partidos com representação parlamentar.

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) criticou as taxas de vacinação anticovid-19 "inaceitavelmente baixas" em alguns países da União Europeia (UE), exortando a mais esforços e apoiando a inoculação ao mesmo tempo da vacina da gripe. "A maioria dos pacientes em cuidados intensivos são os não vacinados. Queremos reiterar a necessidade de serem vacinados e, para aqueles que são elegíveis, de receberem uma vacina de reforço", assinalou o chefe da Estratégia de Ameaças Biológicas para a Saúde e Vacinas da EMA

Segundo os dados mais recentes, Portugal registou mais 2. 371 casos e cinco  mortes. No total, o país totaliza 1.117.451 infetados e 18. 300 óbitos.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no Mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Boa noite! Termina assim mais um registo diário de atualização de informação sobre a pandemia da Covid-19. Na manhã deste sábado será criado um novo registo para que possa ficar a par de tudo o que se passa no país e no mundo.

23h40 - Ativistas pela liberdade e apoiantes de movimentos anti-vacinas reúnem-se num protesto contra as novas restrições governamentais em Auckland, na Nova Zelândia 

Notícias ao Minuto [Protestos contra restrições Covid, na Nova Zelândia]© Getty

23h10 - Em Roterdão, na Holanda, protestos contra as restrições sanitárias são lavados ao limite nas ruas

Populares tentam destruir e incendiar carros da polícia.

22h25 - Brasil soma mais 13.355 casos de Covid-19 e 226 mortos

A taxa de incidência da doença aumentou.

22h20 - Hoje foi dia de jogo da Bundesliga, entre Augsburg e o Bayern Munich, devido às novas medidas impostas pelo governo Alemão todos os adeptos foram obrigados a utilizar máscara

Notícias ao Minuto [Máscaras no Augsburg vs Bayern Munich]© Getty

22h10 - Presidente da Assembleia da Madeira apela ao cumprimento de medidas

O presidente da Assembleia Legislativa da Madeira instou hoje todos os madeirenses a cumprirem as medidas de combate à pandemia anunciadas pelo Governo Regional, salientando que a atual situação "é muito grave".

22h05 - Taça Davis à porta fechada em Innsbrück, devido a novo confinamento

Encontros da Taça Davis em Innsbrück, agendados entre 25 e 30 de novembro, vão decorrer à porta fechada, devido ao novo confinamento decretado pelo governo austríaco, anunciou hoje a Federação Internacional de Ténis (ITF)

22h00 - Regulador europeu aprova uso de emergência de antiviral molnupiravir

O uso deverá ser decidido por cada Estado-Membro da União Europeia.

21h00 - Madeira regista hoje uma morte, 60 novos casos e mais sete internados

A Madeira registou, nas últimas 24 horas, uma morte associada à covid-19, 60 novos casos e mais sete doentes internados, indicou hoje a Direção Regional da Saúde (DRS).

20h55  - Existe uma população na Suíça, Alpthal, com 600 moradores e nenhum está vacinado

Os moradores sentem-se orgulhosos pela sua resistência à vacina. Desde que a vacina está disponível, nenhum deles solicitou a inoculação, embora os médicos da região a tenham aconselhado, sobretudo aos doentes de risco.

20h50 - Angola com mais 12 casos em terceiro dia consecutivo sem mortes

O país africano, registou 12 novos casos nas últimas 24 horas, sem qualquer morte, pelo terceiro dia consecutivo, refere o boletim epidemiológico da Direção Nacional de Saúde Publica.

20h45 - Bernardo Gomes, médico de saúde pública, diz que o “problema não é o Natal”, mas o início de janeiro

O “problema não é o Natal”, mas a primeira quinzena de janeiro, disse, admitindo que “em janeiro as coisas podem ficar complicadas”, num comentário na RTP3.

20h30 - Um cada dois jovens em idade escolar está em sofrimento psicológico, disse hoje a coordenadora da 'Task Force' de Ciências Comportamentais

Margarida Gaspar de Matos, psicóloga e investigadora da Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa, afirmou na sua intervenção na reunião no Infarmed, que observar estes sintomas nos jovens a incomoda. 

20h20 - PAN diz que é hora de "antecipar e não de correr atrás do prejuízo"

O PAN defendeu hoje que é altura de "antecipar e não de reagir ou de correr atrás do prejuízo" no que toca à pandemia, porque o momento de agir "é agora",  alertou a deputada Bebiana Cunha, relembrando também a importância da testagem.

20h12 - Açores vão dar dose de reforço a quem recebeu vacina da Janssen

Os Açores vão administrar uma dose de reforço da vacina a quem recebeu a vacina da Janssen, à semelhança do que acontecerá no continente, revelou hoje o secretário regional da Saúde.

20h10 - Diretor de supervisão do BCE preocupado com sobreavaliação de ativos à saída da pandemia

O diretor da supervisão bancária do Banco Central Europeu (BCE), Andrea Enria, mostrou-se hoje preocupado com a potencial sobreavaliação de ativos nos mercados à saída da pandemia, alertando para os efeitos na estabilidade financeira.

20h00 - Costa recebe partidos na terça e quarta antes de Governo aprovar medidas

O primeiro-ministro recebe na terça e quarta-feira os partidos com representação parlamentar sobre a situação epidemiológica em Portugal, antes de o Governo aprovar medidas contra a covid-19, o que poderá acontecer no Conselho de Ministros de quinta-feira.

19h45 - Se normas não forem cumpridas região terá de confinar, avisa Miguel Albuquerque

O presidente do Governo Regional da Madeira, avisou hoje que, se as normas determinadas para conter a pandemia não forem cumpridas, a região entra em "colapso sanitário" e terá de "passar ao confinamento".

19h40 - Funcionários que não estejam vacinados terão que comer sozinhos na SEAT, do país vizinho

Os funcionários da Seat, em Espanha, que não estejam vacinados foram aconselhados a comer separados dos restantes colegas.

19h35 - Abriu o maior resort de Esqui na a Alemanha, o Zugspitze, mas as máscaras FFP2 são obrigatórias para esquiar

Notícias ao Minuto [FFP2 são obrigatórias para esquiar, em Zugspitze, na Alemanha]© Getty  

19h25 - Estudo alemão liga alta taxa de contágios a apoiantes da extrema-direita

A investigação do Instituto de Investigação para a Coesão Social e do Centro Helmholtz de Munique, partiu da premissa de que, nas regiões em que a extrema-direita alemã conta com maior apoio, a população é mais cética em relação às instituições democráticas e cumpre menos as medidas restritivas para combater a Covid-19.

19h15 - Eddie Howe testa positivo à Covid-19 e falha estreia no Newcastle

Eddie Howe testou positivo à Covid-19 esta, sexta-feira, e por isso vai falhar o primeiro jogo como treinador do Newcastle.

19h00  - Paulo Rangel diz que o Governo está a falhar no combate à pandemia

"Há medida que formos acompanhando poderá haver uma medida ou outra mais exigente, mas completar o processo de vacinação com a terceira dose é muito importante. Assim que saiu o vice-almirante da gestão da operação o Ministério da Saúde não foi capaz de assegurar uma vacinação efetiva. Não percebo porque desmantelámos por completo um sistema que estava a funcionar muito bem. O Governo de António Costa e do PS têm falhado na saúde", comentou hoje o candidato à liderança do PSD.

18h45 - Jorge Miranda considera inconstitucionais medidas anunciadas na Madeira

O constitucionalista Jorge Miranda considerou hoje que as medidas de combate à covid-19 anunciadas na quinta-feira pelo presidente do Governo Regional da Madeira "são inconstitucionais", uma vez que deveriam ser aprovadas "a nível nacional".

18h40 - França com mais 21.220 casos e 57 mortos por Covid-19

Há a registar também, 3.197 hospitalizações nos últimos setes dias, dos quais 712 estão em unidades de cuidados intensivo.

18h35 - "Excesso de zelo" e "desastre de comunicação" no anúncio das medidas afirmou o líder do JPP, da Madeira.

Élvio Sousa afirmou que o partido "compreende a necessidade de testar a população", e apoia a importância do uso de máscara e tem apelado "ao máximo de vacinação". No entanto, criticou a "forma como a comunicação foi feita, quando há dois ou três dias o próprio presidente do Governo [Regional] afirmava que estava a situação controlada".

18h30 - Pandemia com "tendência crescente" e riscos para serviços e mortalidade

Diz o Relatório das Linhas Vermelhas da Covid-19, desta sexta-feira, divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS) e o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) 

18h20 - Novas medidas sem suporte legal revelam "irresponsabilidade política" afirmou hoje o coordenador do PCP, no arquipélago da Madeira

As medidas de combate à covid-19 anunciadas na quinta-feira pelo presidente do Governo da Madeira revelam "irresponsabilidade política", são legalmente ineficazes e deixam a região numa "situação de ridículo político", diz Edgar Silva, coordenador do PCP, no arquipélago da Madeira..

18h15 - Carla Castro, da Iniciativa Liberal, afirma que o país "não precisa de mais restrições"

"Estamos a importar medo de outros países, que não corresponde à nossa realidade" disse a representante da IL.

18h11 - Da parte do Partido Ecologista OS VERDES, Mariana Silva, destacou a necessidade de "reforçar neste momento o SNS"

Disse ainda, que é importante verificar a correta aplicação das medidas de segurança em especial nos transportes públicos onde é essencial a "boa comunicação do governo".

18h08 - Cecília Anacoreta Correia, salientou a importância dos serviços públicos "desconfiarem" em especial nesta altura

Realçou também, a importância de uma Via Verde de Saúde uma medida proposta à mais de um ano pelo CDS.

18h00 - Para o PCP "É preciso neste mês, até ao período do Natal, momento mais critico, fazer um reforço da vacinação", diz Bernardino Soares, do PCP

Salienta também a necessidade de reforçar os centros de vacinação.

17h57  - Moisés Ferreira, do Bloco de Esquerda "É absolutamente urgente neste momento garantir que a vacinação seja acelerada" 

Na ótica do Bloco, não se podem contratar empresas privadas para vacinar. A grande medida deve ser contratar profissionais rapidamente para os centros de vacinação.

17h50  - Para Ricardo Batista Leite, do PSD "A vacinação funciona e salva vidas"

O PSD apelou a que se coloque todos os meios necessários na vacinação mas que não se retire profissionais dos centros de saúde para vacinar.

17h47 - Maria Antónia Almeida Santos do grupo parlamentar do PS diz sobre reunião com o INFARMED,  que "percebemos que há uma série de medidas que podem ser tomadas como no passado, a situação não é a mesma do passado, mas existem medidas que temos que acatar".

Acompanhe em direto:

17h38 - Presidente da Republica reage à  reunião do INFARMED

A reunião "foi muito instrutiva e tão esclarecedora que eu tive menos questões do que o habitual", diz Marcelo Rebelo de Sousa.

Acompanhe em direto:

17h35 - Em Espanha, incidência de novos casos volta a subir

Há mais 90 pessoas hospitalizadas, no país vizinho.

17h30 - Estudo constata queda das infeções no Reino Unido

O número de infeções desceu na semana passada no Reino Unido, de acordo com um estudo do Instituto de Estatísticas britânico (ONS), publicado hoje.

17h20 - Vacinas com eficácia acima dos 80% para prevenir hospitalização e morte

As vacinas contra a covid-19 utilizadas em Portugal apresentam uma eficácia superior a 80% na prevenção de hospitalização e de morte e superior a 53% contra a infeção pelo SARS-CoV-2, adiantou hoje uma especialista do INSA.

17h10 - Homem prestes a receber dose de reforço contrai Covid e é hospitalizado, no País de Gales

Aeron Maldwyn Jones, do País de Gales, contraiu Covid-19 dias antes de receber a dose de reforço da vacina contra a doença.

17h05 - Coordenação do Plano de Vacinação alerta que são precisos mais meios

O alargamento da população elegível para dose de reforço contra a covid-19 vai exigir a disponibilização de mais meios no terreno, alerta hoje o responsável pelo Núcleo de Coordenação do Plano de Vacinação, coronel Carlos Penha-Gonçalves.

17h00 - Itália regista mais mais 10.544 casos e 48 mortos no dia de hoje

Desde ontem, quase 6 mil pessoas venceram a doença.

16h55 - País pode atingir 240 casos/100 mil habitantes em menos de duas semanas

Portugal pode atingir os 240 casos por 100.000 habitantes, em menos de duas semanas a manter-se a taxa de crescimento de número de casos, avançou o investigador Baltazar Nunes, do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA)

16h50 - Especialista defende que vacinação terá evitado cerca de 2 mil mortes

O resultado do processo nacional de vacinação contra a covid-19, que atingiu perto de 87% de cobertura da população, terá evitado a morte de quase duas mil pessoas desde maio até agora, defendeu hoje o epidemiologista Henrique Barros.

16h45 - Em Berlim, os alemães, esperam em grandes filas para serem vacinados num Autocarro de Vacinação

Notícias ao Minuto [Autocarro de Vacinação em Berlim, hoje sexta-feira]© Getty  

16h38 - Há quatro concelhos em risco extremo em Portugal

Marvão é o concelho do país onde, atualmente, a situação é mais grave, com 2.451 casos de infeção por 100 mil habitantes, segue-se Mora com 1.338 casos, Murça com 982 casos e Pampilhosa da Serra com 967 casos. 

16h35 - "Se tem mais de 65 anos e ainda não foi vacinado contra a #COVID-19 e/ou contra a gripe, pode fazê-lo no local e data que pretender", lembra o SNS

16h30 - Câmara do Funchal vai disponibilizar testes a todos os trabalhadores

A Câmara do Funchal vai disponibilizar testes rápidos antigénio para todos os seus trabalhadores, dando cumprimento às novas medidas de combate à covid-19 anunciadas pelo Governo Regional.

16h20 - Reino Unido reporta mais 44.242 casos e 157 mortes por Covid-19

Valores são relativamente inferiores ao dia de ontem.

16h00 - Mais cinco mortes e 2 371 novos casos de Covid-19. Incidência e Rt sobem

O boletim epidemiológico divulgado esta sexta-feira pela DGS regista mais cinco mortes por Covid-19 e 2.371 novos casos de contágio.

O Rt regista uma subida no continente, fixando-se em 1,18, e manteve inalterado em 1,17 a nível nacional. Também a nível nacional, a incidência é agora de 191,2 casos por 100 mil habitantes e 190,9 casos por 100 mil habitantes no continente.

15h56 - Sete turistas infetados com Covid-19 em fuga às autoridades espanholas

As autoridades espanholas estão à procura de sete turistas holandeses que estão infetados com Covid-19. O grupo estava numa casa de férias na localidade de Navas del Madrono, na região oeste da Extremadura, quando um deles adoeceu e testou positivo para a Covid-19 num centro de saúde local. De acordo com um porta-voz do governo regional, o grupo foi colocado em quarentena depois dos restantes elementos terem testado positivo. 

15h52 - "Adesão dos portugueses à vacina terá poupado à volta de 200 mil infeções"

Segundo Henrique Barros, do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto, “desde maio até agora a vacina e a adesão dos portugueses à vacina terá poupado à volta de 200 mil infeções, 135 mil internamentos em enfermaria e 55 mil em UCI”. É neste contexto que se “deve pensar o futuro e as respostas” ao novo aumento de casos.

15h48 - EMA avalia medicamento da Pfizer para emitir recomendação
 
A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês) anunciou hoje que está a avaliar o medicamento produzido pela Pfizer para tratar a Covid-19 para poder emitir uma recomendação às autoridades de saúde nacionais. Em comunicado, a EMA adianta que já começou a analisar os dados do 'paxlovid', o medicamento desenvolvido pela farmacêutica norte-americana para o tratamento da doença provocada pelo vírus SARS-CoV-2.

15h17 - Portugal está na "quinta fase pandémica"

Já arrancaram as intervenções dos peritos no Infarmed e começa com Pedro Pinto Leite, representante da Direção-Geral da Saúde, que confirmou que "Portugal encontra-se na quinta vaga pandémica", tal como já era previsto, visto que, "encontramo-nos com 203 casos por 100 mil habitantes" com tendência crescente. Tendo no entanto menor impacto na gravidade e mortalidade.

Já o grupo etário com maior incidência, neste momento, é o até aos 9 anos, que, tal como recorda o especialista, não tem cobertura vacinal. Seguem-se as faixas dos 20 e 30 anos. O grupo com mais de 80 anos é o único considerado "estável", isto é, que não regista crescimento no número de infeções, muito provavelmente, lembra Pedro Pinto Leite, devido ao "efeito das doses de reforço".

15h13 - Começou a reunião de peritos no Infarmed

Dois meses depois, os especialistas voltaram a reunir-se com os decisores políticos, esta sexta-feira, para discutir a evolução da pandemia de Covid-19 em Portugal. Pode acompanhar o encontro abaixo:  


 

15h11 - Estados Unidos alargam doses de reforço para todos os adultos

Os reguladores dos Estados Unidos alargaram, esta sexta-feira, as vacinas de reforço contra a Covid-19 a todos os adultos, expandindo assim a campanha do governo para reforçar a proteção e antecipar-se ao aumento de casos que podem piorar com as festas de fim de ano. A Pfizer e a Moderna anunciaram a decisão da Food and Drug Administration (FDA) depois de, pelo menos, dez estados já terem começado a oferecer reforços a todos os adultos.

O país está a reportar 94.943 novos casos diários, naquela que é a maior subida desde 8 de outubro, segundo a CNN e a Universidade Johns Hopkins.

14h50 - Portugal apela em Bruxelas à aceleração de partilha de vacinas em África
 
O Governo português apelou hoje em Bruxelas a uma "aceleração de partilha de vacinas" contra a Covid-19, sobretudo no continente africano, sublinhando que está a fazer a sua "parte", ao ter partilhado já cerca de dois milhões de vacinas. O secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Francisco André, que representou Portugal num Conselho de Ministros do Desenvolvimento da União Europeia (UE), indicou no final da reunião que um dos temas em agenda foi "um ponto da situação sobre a partilha de vacinas", por ocasião do qual apelou a uma partilha mais célere de imunizantes a nível global.

14h39 - ONU diz que vacinação obrigatória deve cumprir certas condições
 
Uma medida restritiva, como a imposição da vacinação obrigatória para interromper o aumento de casos e mortes pela Covid-19, deve ter "motivos legítimos de saúde" e cumprir certos requisitos, disse a ONU, ao reagir à decisão hoje tomada na Áustria. O Governo austríaco aprovou um confinamento geral de pelo menos vinte dias a partir de segunda-feira e a vacinação obrigatória para toda a população a partir de 1 de fevereiro de 2022.

14h22 - Parlamento Europeu volta a regime híbrido face ao agravamento da pandemia
 
O Parlamento Europeu vai reintroduzir a partir da próxima semana o regime de participação remota, face ao agravamento da situação da pandemia de Covid-19 na Europa, anunciou hoje o presidente da assembleia, David Sassoli. Numa mensagem de correio eletrónico dirigida a todos os parlamentares, e divulgada em Bruxelas, Sassoli indica que propôs hoje esta medida, reclamada por muitos eurodeputados, numa reunião da Conferência de Presidentes -- com os líderes de todas os grupos políticos -, dado a situação epidemiológica dentro da União Europeia (UE) se ter deteriorado sobretudo nas últimas duas semanas.

14h19 - Porto. Utentes com desconto em táxi para viagens até centros de vacinação

A cidade do Porto continua a oferecer um desconto no serviço de transporte em táxi para os utentes que se queiram deslocar até aos centros de vacinação. O serviço decorre de um acordo entre a autarquia a as centrais de táxis Raditáxis e Táxis Invicta, que entrou em vigor a 1 de novembro. 

14h11 - Madeira só vai exigir teste e certificado em conjunto a partir do dia 27
 
O governo madeirense anunciou hoje um "período de aplicação transitório", até às 00h00 de 27 de novembro, relativo à exigência de apresentação cumulativa de certificado de vacinação contra a Covid-19 e teste antigénio, exigindo entretanto apenas um do documentos. O presidente do executivo regional, Miguel Albuquerque, anunciou na quinta-feira um conjunto de medidas definidas no Conselho do Governo, que entram em vigor às 00h00 de sábado, para mitigar o aumento de casos de infetados verificado nos últimos dias na região.

14h09 - Parlamento aprova fim do regime excecional de libertação de reclusos
 
A Assembleia da República aprovou hoje, em votação final global, o projeto de lei do CDS-PP que propõe o fim do regime excecional de libertação de reclusos criado devido à pandemia de Covid-19. O texto final centrista foi aprovado com os votos contra de quatro deputados do PS - Claúdia Santos, Bruno Aragão, José Magalhães e Isabel Moreira - e a abstenção das bancadas do BE e PAN, da deputada não inscrita Joacine Katar Moreira e do deputado do PS Filipe Neto Brandão, tendo as restantes bancadas e deputados presentes votado a favor.

14h00 - De Bruyne testa positivo à Covid-19 e desfalca Manchester City

Pep Guardiola anunciou, esta sexta-feira, na conferência de imprensa de antevisão à partida com o Everton, que Kevin de Bruyne testou positivo a uma infeção pelo novo coronavírus durante a recém-encerrada pausa para compromissos internacionais. "Infelizmente, o Kevin teve um teste positivo à Covid-19 na Bélgica e irá necessitar de dez dias", afirmou o treinador dos campeões ingleses em título, em declarações reproduzidas pelo portal britânico The Athletic.

13h24 - Hospital de Beja sem camas para doentes em UCI

Desde o passado mês de setembro, quando começaram as obras de remodelação da Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), o hospital de Beja "não tem camas de medicina intensiva afetas a doentes Covid-19", adiantou hoje à agência Lusa a presidente do conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA). Por isso, explicou Conceição Margalha, doentes infetados e que precisem de cuidados intensivos terão de ser transferidos para outros hospitais.

13h18 - Internamentos estão a aumentar nos hospitais do distrito de Setúbal

Os hospitais públicos de Almada e Barreiro têm 32 doentes com Covid-19 internados, registando um aumento no número de internamentos na última semana, enquanto em Setúbal há apenas o registo de três pacientes em enfermaria

12h45 - Pandemia já matou pelo menos 5.130.627 pessoas em todo o mundo

A pandemia provocada pelo novo coronavírus já fez pelo menos 5.130.627 mortos em todo o mundo desde que foi notificado o primeiro caso no final de 2019 na China. Segundo o balanço diário da agência France-Press, os países que registaram mais mortes nas últimas 24 foram os Estados Unidos (1.279), Rússia (1.254) e Ucrânia (725). Os EUA continuam a ser o país mais afetado, tanto em número de mortes como de infeções, com um total de 768.697 mortes e 47.531.381 casos, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins. Segue-se o Brasil com 612.144 mortes e 21.989.962 casos, a Índia com 465.082 mortes (34.489.623 casos), o México com 291.929 mortes (3.854.994 casos) e a Rússia com 261.589 mortos (9.257.068 casos).

12h36 - Alemanha não descarta novo confinamento geral

A Alemanha pode seguir o exemplo da Áustria e determinar um novo confinamento geral, incluindo a vacinados, admitiu, esta sexta-feira, o ministro da Saúde. "Estamos agora numa situação em que não podemos descartar nada", afirmou Jens Spahn em conferência de imprensa, acrescentando que a Alemanha está em "emergência nacional". Os mercados já se ressentiram com este anúncio, com o euro e as bolsas a cair drasticamente.

12h21 - Governo do Japão aprova maior pacote de estímulo económico do país
 
O governo japonês aprovou hoje um pacote de estímulo económico de 55,7 biliões de ienes (cerca de 429 mil milhões de euros), que incluirá ajuda a empresas e a pessoas mais duramente atingidas pela pandemia. O pacote do executivo liderado por Fumio Kishida destina-se a sustentar a recuperação da terceira maior economia mundial, que tem vindo a sofrer o efeito prolongado da crise sanitária causada pelo novo coronavírus.

12h02 - Marta Temido responde a PSD. Há "mais 148 mil trabalhadores" no SNS

A ministra da Saúde, Marta Temido, respondeu, esta sexta-feira, à interpelação do PSD que afirmava que o Governo tem falhado no que diz respeito à saúde. "O SNS tem mais 148 mil trabalhadores, mais 24% do que em 2015, entre mais 4 mil médicos e mais 11 mil enfermeiros ao contrário do que aconteceu entre dezembro de 2014 e novembro de 2015 em que o SNS perdeu 8.500 trabalhadores, é essa a reforma! Por outro lado, estes 148 mil trabalhadores já não têm reduções de salários das majorações por horário de trabalho e horas incómodas, têm maioritariamente um período de trabalho normal de 35 horas e têm perspetivas de progressão nas carreiras", sublinhou a ministra na reunião plenária que decorre na Assembleia da República. 

11h57 - São João vacina 4.100 profissionais (com 'throwback' de 27 de dezembro)

Este fim de semana, vão ser vacinados 4.100 profissionais no Hospital de São João, no Porto. No sábado, pelas 08h30, será feito um 'throwback' de 27 de dezembro, com a vacinação de António Sarmento pela enfermeira Ana Ribeiro. Recorde-se que o diretor do serviço de Doenças Infeciosas do Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ) foi o primeiro vacinado contra a Covid-19 em Portugal, e também, simbolicamente, o primeiro a receber a dose de reforço. 

11h41 - Uso de máscara reduz incidência da Covid-19 em 53%, sugere estudo

O uso de máscara é a medida mais eficaz na prevenção da transmissão de SARS-CoV-2, revela um estudo global, divulgado na publicação britânica The BMJ. De acordo com os autores do estudo, a máscara reduz a incidência de infeções em 53%, enquanto o distanciamento social diminui em 25% os casos. O mesmo estudo aponta que a lavagem das mãos fez com que a propagação do vírus diminuísse em 53%. Mas os investigadores ressalvam: "É provável que lavar as mãos seja um marcador para vários comportamentos de proteção, como evitar ajuntamentos, o distanciamento social e o uso de máscara".

11h34 - "Não tenho conhecimento" que se justifiquem "restrições muito severas"

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, disse, esta sexta-feira, não ter conhecimento de recomendações por parte dos peritos que justifiquem restrições "muito severas" às atividades económicas ou o regresso de medidas como o encerramento dessas mesmas atividades. "Não, não vou antecipar nada. Usar máscara, manter as regras de proteção relativamente a doenças respiratórias, seja Covid, gripe ou a vulgar constipação, é uma boa prática. Estamos a entrar numa época que é propícia a que se multipliquem as doenças respiratórias e portanto é uma preocupação elementar. Logo veremos o que resulta da reunião do Infarmed", disse Pedro Siza Vieira, em declarações aos jornalistas em Lamego.

11h12 - Rússia com novo recorde de mortes e Ucrânia supera os 80 mil
 
A Rússia registou hoje 1.254 mortes ligadas à Covid-19, batendo um novo recorde diário de óbitos pelo terceiro dia consecutivo e desde o início da pandemia, enquanto a Ucrânia superou os 80.000 mortos, segundo as autoridades locais. O maior número de mortes na Rússia foi registado em Moscovo (95), seguido por São Petersburgo (77) e pela região de Krasnodar (69).

11h01 - Transporte ferroviário de passageiros recua quase 50% na UE em 2020
 
Os transportes ferroviários de passageiros (-46%) e mercadorias (-6%) recuaram, em 2020, na União Europeia (UE), face ao ano anterior, com Portugal a registar, respetivamente, a sétima (41,7%) e oitava (10%) maiores quebras, segundo o Eurostat. Na UE, em resultado de medidas de prevenção no âmbito do combate à pandemia da Covid-19 e de um número reduzido de comboios em funcionamento desde março de 2020, o transporte ferroviário recuou significativamente.

10h44 - Afinal, qual foi o primeiro caso de Covid-19? Estudo aponta falhas da OMS

O caso de Covid-19 relatado como o primeiro que surgiu na cidade chinesa de Wuhan, no final de 2019, aconteceu afinal dias mais tarde do que foi relatado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), afirma um cientista num artigo publicado na revista Science. Segundo o virologista Michael Worobey, em vez de corresponder a um homem que nunca tinha estado no mercado de animais de Wuhan, o primeiro caso foi o de uma vendedora que trabalhava lá.

09h51 - Áustria prepara confinamento total a começar na segunda-feira

A Áustria prepara-se para um confinamento total que arrancará já na próxima segunda-feira. Dias depois de terem imposto confinamento aos não vacinados, o país anunciou um alargamento da medida ao total da população a partir de segunda-feira, refere a Sky News. O chanceler Alexander Schallenberg disse que duraria pelo menos 10 dias e que será legalmente obrigatório ser vacinado a partir de 1 de fevereiro de 2022. Isto acontece numa altura em que vários países europeus assumem medidas mais restritivas para combater a quarta vaga de Covid-19.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório