Meteorologia

  • 26 JUNHO 2022
Tempo
22º
MIN 15º MÁX 22º

AO MINUTO: "Tendência crescente" de novos casos; "Cenários em aberto"

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: "Tendência crescente" de novos casos; "Cenários em aberto"
Notícias ao Minuto

08:21 - 12/11/21 por Notícias ao Minuto

Mundo Covid-19

Portugal registou, esta sexta-feira, mais três mortes e mais 1.751 casos de infeção por Covid-19. No total, desde o início da pandemia, o nosso país já somou 18.234 óbitos e 1.104.189 contágios.

Num momento em que paira a ameaça de uma quinta vaga, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde anunciou que vai arrancar na próxima segunda-feira (dia 15) a vacinação dos profissionais de saúde com a terceira dose. Já este fim de semana arranca também a modalidade 'Casa aberta' vai estar disponível para os maiores de 80 anos. O objetivo? "Acelerar o processo de vacinação".

Lá fora, o regulador europeu recomendou pela primeira vez a autorização de dois medicamentos - o Regkirona e o Ronapreve - para adultos,  e desde que não necessitem de oxigénio suplementar. Mas a EMA alertou também para nova condição rara provocada pela vacina da Janssen.

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19: 

00h00 -  Boa noite! Este registo de acompanhamento da pandemia termina por aqui, mas será retomado na manhã de sábado. Já sabe, em caso de sintomas, mantenha-se isolado e contacte a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24) e siga as recomendações. 

23h20 - Brasil regista mais 14.598 casos por Covid-19 e 267 mortes

O Brasil reportou, nas últimas 24 horas, mais 14.598 infeções e 267 óbitos relacionados com a Covid-19. Os dados foram revelados esta sexta-feira pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). No total, desde o início da pandemia, o país somou 21.939.196 contágios e 610.491 vítimas mortais.  De recordar que, ontem, as autoridades sanitárias brasileiras tinham verificado mais 15.300 casos de Covid-19 e 188 mortes com o país a ultrapassar as 610 mil mortes causadas pelo vírus esta semana.

22h48 - Juiz suspende norma que impedia demissão de não vacinados no Brasil
 
O juiz Luís Barroso do Supremo Tribunal Federal (STF) do Brasil suspendeu hoje todos os efeitos de uma norma emitida pelo Governo do país que impedia as empresas de demitir funcionários que não tenham sido vacinados contra a covid-19. De acordo com um regulamento alterado recentemente pelo Ministério do Trabalho do país, exigir a vacinação seria uma prática discriminatória equivalente a outras relacionadas com a raça, idade, sexo ou deficiências e não pode ser motivo para demissão, ainda mais quando o Governo não implementou a obrigatoriedade da imunização.

20h18 - Madeira com 63 novos casos e 19 doentes hospitalizados
 
O arquipélago da Madeira registou 63 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, todos de transmissão local, tendo 19 doentes hospitalizados, anunciou hoje a Direção Regional de Saúde (DRS). A última vez que a Madeira ultrapassou as seis dezenas de infetados foi em agosto deste ano, no dia 18, quando registou 61 novos casos.

19h50 - Linhas Vermelhas. Novos casos "com tendência crescente a nível nacional"

"O número de novos casos de infeção pela Covid-19, por 100 mil habitantes, acumulado nos últimos 14 dias, foi de 138, com tendência crescente a nível nacional", sendo que "nenhuma região apresentou uma incidência superior ao limiar de 240 casos em 14 dias por 100 mil habitantes". Os dados constam do mais recente Relatório das Linhas Vermelhas da Covid-19, revelado esta sexta-feira. 

19h43 - OMS. "Será difícil" não adotar restrições em países com subida de casos
 
A Organização Mundial de Saúde (OMS) admitiu hoje que países com forte aumento de casos de covid-19, como alguns do centro e leste da Europa, podem ter de adotar novas restrições para controlar a pandemia. "Alguns países estão numa situação tão difícil que será difícil não implementar medidas restritivas, pelo menos por um curto período de tempo para reduzir a intensidade da transmissão" do vírus, adiantou o diretor de emergências de saúde da OMS, em conferência de imprensa.  

19h39 - Marta Temido admite que "todos os cenários estão em aberto" na 5.ª vaga
 
A ministra da Saúde, Marta Temido, admitiu hoje que "todos os cenários" estão em aberto, em relação à quinta vaga da pandemia de covid-19, apelando à toma da terceira dose da vacina para os maiores de 65 anos. "Os cenários têm de estar todos em aberto. Não o desejamos. Desejamos que não tenhamos de ter essa conversa [novos confinamentos], desejamos que numa próxima reunião de peritos possamos ter informação que evidencie que estamos a conseguir controlar a situação", afirmou a governante.

19h36 - Missão da NATO. 23 militares portugueses infetados na fragata Corte-Real
 
Mais de duas dezenas de militares portugueses que estão a bordo da fragata Corte-Real, integrada numa missão da NATO na região do mar Báltico, testaram positivo à covid-19, disse à Lusa fonte do EMGFA. "Neste momento, a bordo da fragata "Corte-Real" integrada na Força Naval Permanente n.º 1 da NATO (SNMG1), atracada em Karlskrona, na Suécia, existem 23 militares que testaram positivo para o coronavírus SARS CoV-2", avançou fonte oficial do Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA). Os militares infetados "estão bem e apresentam bom prognóstico, permanecendo a bordo em isolamento, sob acompanhamento da equipa médica do navio e em estreita articulação com as estruturas da saúde militar no território nacional", acrescentam.

19h22 - Angola com mais 201 casos e seis mortes desde domingo
 
Angola registou, nos últimos cinco dias, mais seis mortes associadas à covid-19 e mais 201 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo as autoridades sanitárias angolanas. Desde domingo foram reportadas mais 201 infeções em Angola, que soma agora 64.875 casos, dos quais 1.720 óbitos (mais seis desde 07 de novembro), 61.510 recuperados (mais 1.494) e 1.639 ativos (mais 1299).

19h16 - OMS retoma processo de avaliação da vacina russa Sputnik V
 
A Organização Mundial da Saúde (OMS) retomou o processo para uma eventual autorização do uso de emergência da vacina russa contra a covid-19, a Sputnik V, depois de ter estado bloqueado durante vários meses. O anúncio foi feito hoje pela OMS na videoconferência de imprensa regular sobre a evolução da pandemia da covid-19.

19h14 - É oficial. Países Baixos com confinamento parcial após aumento de casos

Os Países Baixos vão voltar a um confinamento parcial e é já a partir deste sábado. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro do país, Mark Rutte, numa conferência de imprensa, esta sexta-feira. As regras estarão em vigor durante três semanas. "Esta noite trazemos uma mensagem muito desagradável com medidas muito desagradáveis ​​e de longo alcance", disse Rutte, citado pela Reuters. “O vírus está em todo o lado e é preciso ser combatido em todo o lado”, acrescentou.

18h59 - França doa mais de 500 mil vacinas a Moçambique
 
O Governo da França doou hoje a Moçambique 501.600 doses de vacinas AstraZeneca contra a covid-19, no âmbito do contributo do executivo francês para o mecanismo internacional COVAX, anunciou em comunicado a embaixada daquele país europeu em Maputo. Em nota de imprensa, a embaixada da França refere que os fármacos vão reforçar a estratégia do Governo moçambicano de imunização da população contra a Covid-19.

18h36 - Itália regista mais de 8 mil novos casos e 68 mortes nas últimas 24h

Itália registou, esta sexta-feira, mais 8.516 casos de Covid-19 (ontem foram 8.569) e 68 mortes (ontem, havia 67) associadas à doença, elevando para 4.843.957 o total de contágios e para 132.686 as vítimas da pandemia no país. Segundo os dados divulgados hoje pelas autoridades italianas, o número de recuperados são um total de 4.600.612  (mais 4.715 hoje). O número de casos ativos passaram já os 110 mil (110.659), mais 3.739 em relação a ontem.

18h18 - Surto no Jardim-Escola João de Deus de Leiria encerra pré-escolar
 
Um surto de covid-19 no Jardim-Escola João de Deus, em Leiria, obrigou ao encerramento do pré-escolar, pelo menos, até à próxima "segunda ou terça-feira", disse à Lusa a coordenadora da Unidade de Saúde Pública. Segundo Odete Mendes, uma criança testou positivo num autoteste na terça-feira e no dia seguinte o teste PCR confirmou a infeção por SARS-CoV-2.

18h15 - França registou 48 mortes por Covid-19 e há quase 7.050 hospitalizados

França relatou, nas últimas 24 horas, mais 48 mortes por Covid-19. Os dados foram revelados esta sexta-feira pelas autoridades de saúde, que continuam a notar uma forte subida no número de internamentos. No total, desde o início da pandemia, o país já contabilizou 118.121 vítimas mortais. Hoje há 7.046 pessoas hospitalizadas (contra 6.735 na semana anterior), mais 212 internamentos em 24 horas. Na Unidade de Cuidados Intensivos estão 1.182 pacientes, mais 98 desde ontem.

18h06 - Cerca de 28 mil bombeiros vão ser vacinados contra a Covid-19
 
Cerca de 28.000 bombeiros que desempenham funções no transporte pré-hospitalar vão ser vacinados contra a gripe e terceira dose da vacina contra a covid-19, informou hoje o Ministério da Administração Interna (MAI). Em comunicado, o MAI avança que começa no próximo dia 22 de novembro o processo de administração em simultâneo das vacinas contra a gripe e doses de reforço da vacina contra a covid-19 aos bombeiros que desempenham a função operacional do transporte pré-hospitalar.

17h59 - Marta Temido. É mantida "relação de proximidade" com Gouveia e Melo
 
Após uma visita ao Hospital Padre Américo, em Penafiel, a ministra Marta Temido fez uma declaração aos jornalistas onde destacou que é mantida "uma relação de proximidade" com o vice-almirante Gouveia e Melo, que coordenou a Task Force para a vacinação contra a Covid-19. "Devemos-lhe muito", assumiu Marta Temido, vincando que "temos de compreender que há novas fases, até na vida das pessoas". E mais: "Esta é uma responsabilidade que parte muito daquilo que é também a adesão das pessoas à vacinação e é isso que, neste momento, nós precisamos de ter em maior quantidade". 

17h29 - Espanha regista 4.353 novos casos e 26 mortes nas últimas 24 horas
 
A Espanha registou 4.353 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, tendo o Ministério da Saúde espanhol também notificado mais 26 mortes atribuídas à doença covid-19 durante o mesmo período. O número total de casos notificados no país desde o início da pandemia é agora de 5.047.156 e já morreram 87.673 pessoas devido à doença.

17h26 -  Reino Unido regista mais 145 mortes e 40.375 novos casos

O Reino Unido registou, nas últimas horas, mais 145 mortes e 40.375 novos casos relacionados com a Covid-19. Os dados foram revelados pelas autoridades de Saúde, esta sexta-feira. No total, desde o início da pandemia, o país somou 142.678 óbitos e 9.487.302 infeções. Estes valores diários hoje revelados representam uma descida tanto ao nível de vítimas mortais como de novos contágios quando relacionados com os de ontem. Esta quinta-feira, recorde-se, o Reino Unido contabilizou 195 mortes e 42.408 novos casos.

17h19 - Venezuela supera 5.000 mortes associadas à pandemia
 
A Venezuela registou, nas últimas 24 horas, nove mortes associadas ao novo coronavírus, elevando para 5.005 o número de vítimas fatais desde o início da pandemia de covid-19, segundo dados oficiais. Os dados foram divulgados pela vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez, através do Twitter, onde precisou que nas últimas 24 horas foram ainda registados 930 novos casos de covid-19 no país, "todos por transmissão comunitária".

17h08 - Boris Johnson dá alerta sobre Europa e exorta britânicos a tomar 3.ª dose

Boris Johnson alertou, esta sexta-feira, que o aumento de casos de Covid-19 na Europa pode ocorrer no Reino Unido se as pessoas não receberem as suas doses de reforço rápido o suficiente. Segundo o primeiro-ministro britânico há "nuvens de tempestade a acumular-se em partes do continente europeu", aludindo à situação pandémica que tem vindo a piorar nos outros países. "Tenho de ser absolutamente franco, já estivemos aqui antes e lembramo-nos do que aconteceu quando uma vaga começou a chegar. O Reino Unido acumulou uma enorme proteção graças ao lançamento da vacina e à incrível disposição das pessoas de se apresentarem e serem imunizadas", referiu.

16h59 - Governo lança campanha a apelar a "um esforço coletivo" na vacinação
 
O Governo vai lançar este fim de semana uma campanha de comunicação nas rádios, televisões e jornais a apelar a um "esforço coletivo" para reforço da vacinação contra a covid-19, com o objetivo de ninguém ficar para trás. "Continuamos a contar com todos para continuar a escrever a história de sucesso que tem sido o processo de vacinação em Portugal e, por isso, vai ser lançado este fim de semana e durante a próxima semana uma campanha de comunicação (...) a apelar a este esforço coletivo", anunciou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde numa conferência de imprensa sobre a vacinação contra a gripe e contra a covid-19.

16h46 - Dez países da UE com "preocupação muito alta", moderada em Portugal
 
Dez Estados-membros da União Europeia estão numa situação de "preocupação muito alta" e outros tantos de "preocupação alta" em relação à covid-19, segundo o Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças, que classifica a de Portugal como "moderada". Bélgica, Bulgária, Croácia, Eslovénia, Estónia, Grécia, Hungria, Países Baixos, Polónia e a República Checa são os 10 dos 27 Estados-membros do bloco comunitário que estão classificados como estando numa situação de "preocupação muito alta", a mais elevada do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC, na sigla inglesa), no que respeita à doença covid-19.

16h25 - Hospitais do Porto preparados para replicar planos adotados noutros picos
 
Face ao aumento de novos casos de infeção, o Hospital de São João e o Hospital Santo António, no Porto, estão preparados para replicar os planos de contingência adotados noutros picos de incidência da pandemia da covid-19, foi hoje revelado. Em resposta à agência Lusa, fonte do Centro Hospitalar Universitário do Porto (CHUP) revelou que, caso a situação pandémica em Portugal se agrave, aquela unidade hospitalar "replicará" o modelo adotado "noutros picos de incidência".

15h53 - Europa Central pressiona população a vacinar-se perante nova vaga
 
A Europa Central e de Leste tem atualmente alguns dos mais elevados números de infeções, hospitalizações e mortalidade por covid-19 e, simultaneamente, os mais baixos níveis de vacinação, levando os Governos a impor restrições aos não-vacinados. Da República Checa à Bulgária e da Áustria à Roménia, registaram-se nos últimos dias máximos absolutos desde o início da pandemia e, em alguns países europeus, o sistema hospitalar está, mais uma vez, prestes a colapsar.

15h48 - Termina intervalo de tempo para toma de vacinas contra a gripe e a Covid 

Utentes que não optassem pela coadministração tinham de esperar 14 dias entre uma e a outra inoculações, situação que deixa de se verificar. Norma foi atualizada esta sexta-feira pela Direção-Geral da Saúde. A administração da vacina contra a gripe e da vacina contra a Covid-19 pode, agora, ser feita sem qualquer intervalo de tempo. A informação consta de uma norma atualizada pela Direção-Geral da Saúde (DGS), esta sexta-feira.

15h40 - Ilhas Maurícias anunciam novas restrições devido a aumento de casos.

O primeiro-ministro das Ilhas Maurícias, no Oceano Índico, anunciou hoje, num discurso televisivo, uma série de novas restrições para lidar com o aumento de casos de covid-19, apesar das elevadas taxas de vacinação. Bares e discotecas foram fechados, os concertos e as competições desportivas foram suspensos. O Governo limitou ainda o número de pessoas que assistem a reuniões, como casamentos e funerais. No entanto, as praias ficam abertas.

15h30 - Deputados não vacinados proibidos de votar no parlamento da Letónia

O parlamento da Letónia determinou esta sexta-feira que os deputados que não estejam vacinados contra a Covid-19 não poderão votar nem participar nas discussões. A medida que entra em vigor já na segunda-feira, e inclui a suspensão do salário, foi apoiada por 62 dos 100 deputados, durando até meados de 2022. Segundo a televisão estatal, nove deputados rejeitaram a vacina.

15h20 - Há dois concelhos em risco extremo da Covid. Saiba qual é o estado do seu

dois concelhos em Portugal em risco extremo de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta sexta-feira, que dá conta de 1.751 novos casos confirmados e três mortos. Marvão é o concelho do país onde, atualmente, a situação é mais grave, com 1.770 casos de infeção por 100 mil habitantes, segue-se Pampilhosa da Serra com 1.612 casos. Na semana passada, recorde-se, só havia um concelho nesta situação.

15h00 - Há mais 1.751 casos e três óbitos em Portugal. Rt e incidência a subir

Portugal contabilizou, nas últimas 24 horas, três mortes e 1.751 novos casos, de acordo com o mais recente relatório epidemiológico, divulgado esta pela Direção-Geral da Saúde. Estão internadas mais 28 pessoas perfazendo o total de 411 internamentos sendo que 65 estão em cuidados intensivos mais uma pessoa que ontem.

O Rt é, agora, de um 1,15, tanto no continente como a nível nacional.  A incidência é de 133,3 casos de infeção por cada 100 mil habitantes no continente e de 134,2 casos a nível nacional.

14h50 - Merkel diz que não vacinados devem refletir sobre o seu papel na sociedade

Perante a ameaça da quarta vaga da Covid-19 na Alemanha, a chanceler Angela Merkel alertou que aqueles que ainda não estão vacinados têm de perceber que devem proteger o resto da sociedade. A declaração foi feita à margem da cimeira do fórum de Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC, na sigla inglesa), onde a chanceler alemã discursou a convite da primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern. Merkel acrescentou ainda que os políticos devem explicar honestamente as medidas mais 'severas' ao público.

14h00 - Lacerda Sales garante preparação "para um eventual crescimento de casos"

O Secretário de Estado garante que o país está preparado para uma nova vaga. Ainda assim, apela à vacinação: "Esta terceira dose, bem como a vacinação contra a gripe sazonal, é para não darmos um passo atrás". António Lacerda Sales indica que todos os hospitais vão enviar os planos de contingência até ao final do ano.  

13h10 - Governo alemão declara vizinhas Áustria, República Checa e Hungria como áreas de alto risco

O Governo alemão recomenda aos alemães que evitem viajar para Áustria, República Checa e Hungria. Lothar Wieler, líder da agência de saúde alemã Robert Koch Institute (RKI) deixa outro alerta para que os cidadãos evitem grandes reuniões devido ao aumento recorde de infeções. O próprio vai faltar às festas de Ano Novo no próximo mês, revelou em conferência de imprensa.

Eu, pelo menos, não irei a nenhuma festa de Ano Novo"

12h55 - Noruega vai reintroduzir medidas de combate ao novo coronavírus
 
A Noruega vai reintroduzir medidas de combate ao novo coronavírus em todo o país devido ao forte aumento das infeções, autorizando ainda os municípios a recorrerem ao passe sanitário, anunciou hoje o Governo.

12h50 - Objetivo é vacinar com 3.ª dose todos a partir dos 65 anos até dezembro

Objetivo das autoridades de saúde é vacinar com a terceira dose todas as pessoas a partir dos 65 anos até 19 de dezembro, referiu hoje o coronel Carlos Penha-Gonçalves, apelando aos utentes com mais de 80 anos que aproveitem este fim de semana de 'Casa Aberta'. Tenham paciência para se poderem ir vacinar, estarem mais protegidas, porque isso vai trazer um período de Natal mais seguro"

12h41 - AstraZeneca comunica descida do lucro líquido

A farmacêutica AstraZeneca admite começar a obter um "lucro modesto". A farmacêutica AstraZeneca informou hoje que o lucro líquido que alcançou nos primeiros nove meses do ano corresponde a 402 milhões de euros, uma queda de 78% face ao mesmo período do ano passado.

12h40 - Quase metade dos guineenses está vacinada com pelo menos uma dose

A Guiné-Bissau já tem 46,5% da população vacinada com pelo menos uma dose contra a doença provocada pelo novo coronavírus, segundo dados hoje divulgados pelo Alto Comissariado para a Covid-19. Segundo os dados, 318.112 pessoas, ou 46,5% da população alvo, com 18 ou mais de idade, já tem pelo menos uma dose da vacina. O total de pessoas com a vacinação completa também subiu para 26,9%, ou seja, 184.085.

12h35 - Vacinação de recuperados vai ser conhecida nos próximos dias

A norma sobre vacinação de recuperados publicada "nos próximos dias". O anúncio foi feito pela diretora-geral de Saúde, Graça Freitas. Adianta ainda que as pessoas que ainda não terminaram o esquema de vacinação vão ser inoculadas nesta segunda fase.  

"Estamos numa nova etapa da vacinação e essa nova etapa tem patamares. Começámos com as pessoas com mais de 80 anos" (...) "Relativamente aos recuperados, vão entrar num destes patamares"

12h30 - 170 alunos em isolamento e com ensino à distância em Murça

Cerca de 170 alunos do centro escolar e 2.º ciclo de Murça estão em isolamento e com ensino à distância, como medida de prevenção contra a covid-19, após terem sido detetados 10 casos positivos. De acordo com informações disponibilizadas pelo Agrupamento de Escolas de Murça, no distrito de Vila Real, foram comunicados 10 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus, concretamente sete alunos, dois professores e um assistente operacional.

12h20 - Países Baixos voltam a confinar e estádios ficam novamente sem adeptos

A subida do número médio de casos nos Países Baixos obrigou as autoridades de saúde deste país a puxar, mais uma vez, do travão de emergência e a anunciar um novo confinamento. Quase todos os setores da sociedade serão afetados e o desporto não passou à margem desta medida e, dessa forma, os estádios irão voltar a ficar vazios no decorrer das próximas três semanas.

12h10 - Profissionais do setor social e bombeiros começam a ser vacinados dia 22

A vacinação dos profissionais do setor social e dos bombeiros que transportam os doentes com a terceira dose da vacina contra a covid-19 vai começar no dia 22 de novembro, anunciou hoje o secretário de Estado Adjunto e da Saúde na Conferência de Imprensa sobre a campanha de vacinação contra a Covid-19 e a Gripe sazonal.

12h00 - Noruega vai vacinar com a terceira dose todos os adultos

O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro Jonas Gahr Støere numa conferência de imprensa. "Todos os maiores de 18 anos receberão uma terceira dose no próximo ano", disse, citado pela Reuters. Até agora, o país ainda só tinha administrado a dose de reforço a maiores de 65 anos.

11h30 - Conferência de Imprensa sobre a campanha de vacinação contra a Covid-19 e a gripe sazonal

A conferência contou com o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Sales, a diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, e o coordenador do Núcleo de Coordenação do Plano de vacinação contra a Covid-19, Coronel Carlos Penha-Gonçalves. Acompanhe aqui em direto:

11h20 - Casos diários e mortes continuam elevados na Rússia

Nas últimas 24 horas foram reportados mais 40.123 novos contágios e 1.235 óbitos. Também hoje, o Moscow Times, conta que foram revelados na internet dados de cidadãos russos que compraram certificados falsos.

11h10 - Áustria vai colocar milhões de pessoas em confinamento

Tendo em conta o atual aumento de infeções no país, com especial impacto no aumento de internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos. O local mais afetado do país, é a região de Alta Áustria que vai introduzir um confinamento a todos os não-vacinados a partir de segunda-feira da próxima semana.

10h55 - Dinamarca reintroduz passe digital Covid para eventos no interior

Esta medida foi posta em prática porque a doença voltou a ser considerada como "uma doença socialmente crítica" tendo em conta o grande aumento dos casos domésticos. O passe vai ser usado durante um mês (pelo menos) para entrar em bares, cafés, festas e restaurantes, refere a Reuters. A obrigatoriedade de utilização do passe tinha acabado a 10 de setembro, quando o surto estava aparentemente sob controle o que não acontece agora.

10h45 - Portugal envia novo lote de vacinas para São Tomé e Príncipe

Vai ser enviado um terceiro lote de 37 mil vacinas contra a Covid-19, fazendo ascender a 86 mil o total de vacinas já disponibilizadas. Conforme foi anunciado pelo Serviço Nacional de Saúde através do Twitter.

10h40 - Alemanha passa classificar a partir de domingo visitantes da Áustria de "alto risco"

A Alemanha vai passar a classificar os visitantes da Áustria como sendo de "alto risco" e vai impor quarentena aos não-vacinados, a partir de domingo. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Jens Spahn. De acordo com a Reuters, a classificação significa que as pessoas que viajam da Áustria devem entrar em quarentena ao chegar na Alemanha, a menos que tenham sido vacinadas ou tenham recuperado da Covid-19. 

10h30 - Farmácia na Virgínia administrou incorretamente vacinas da Pfizer em 112 crianças

O incidente ocorreu na semana passada. O motivo terá sido uma confusão com frascos, cuja cor do rótulo foi confundida pelos funcionários e, por engano, administraram vacinas destinadas a pessoas mais velhas (mais de 12 anos de idade e adultos) a mais de cem crianças, conta a CNBC.

10h15 - Alemanha vai voltar a ter testes gratuitos à Covid-19 a partir de amanhã

Foram feitos dois anúncios essenciais pelo ministro da Saúde, Jens Spahn, esta manhã, refere o New York Times. Tendo em conta o grande aumento de casos dos últimos dias serão dados testes gratuitos a partir de sábado e os médicos vão receber ordenados maiores pela administração das vacinas Covid-19 a partir de terça-feira da próxima semana

10h00 - AstraZeneca está a vender a vacina contra a Covid a preço de custo e teve prejuízo

A gigante farmacêutica britânica AstraZeneca, está a vender a vacina contra a Covid a preço de custo. Anuncia agora que teve prejuízo no terceiro trimestre do ano. Segundo o Jornal The Guardian, a AstraZeneca disse que teve os custos mais altos no último período de julho a setembro após a aquisição de uma empresa de biotecnologia nos Estados Unidos, a Alexion. Acrescenta-se ainda o facto de ter existido um grande aumento nas despesas de pesquisa e desenvolvimento em vários programas, incluindo seus testes de vacinas Covid.

09h40 - Primeiro-ministro dos Países Baixos pode anunciar hoje um regresso parcial ao confinamento

Deve-se a um grande aumento de casos, que já ultrapassaram os 12 mil casos diários. As medidas serão anunciadas numa conferência televisiva a ocorrer hoje às 18 horas de Portugal dada pelo primeiro ministro Mark Rutte. Espera-se que bares e restaurantes fechem mais cedo e que os eventos desportivos sejam realizados sem audiência durante um período de três semanas.

09h35 - Pessoas resistentes à covid inspiram uma nova tática de vacina

A University College London, em Inglaterra, descobriu as células "T-cells" que segundo um estudo desenvolvido nesta universidade podem fornecer dados importantes sobre a imunidade dos seres humanos contra a Covid 19. Segundo este estudo, estas células são capazes de identificar e matar a Covid 19 e estão mais presentes em algumas pessoas do que em outras, o que faz com que existam entre todos os seres humanos diferentes tipos de imunidade e diferente capacidade de resistir à doença. Em declarações à BBC, o doutor Alexander Edwards diz que com esta descoberta esperam "que este estudo leve a mais avanços no desenvolvimento de vacinas, pois precisamos de todos os tipos de vacina que pudermos obter".

09h25 - Recuperado da Covid, Mia Couto admite que sentiu “solidão”

Recuperado da Covid, o escritor moçambicano Mia Couto admite que sentiu “solidão” durante a doença e que parecia que a sua casa tinha comprimido, o que condicionou a sua criatividade e escrita. O seu novo livro 'O Caçador de Elefantes Invisíveis' apresenta uma série de contos, que inicialmente eram apenas crónicas, que foram todas escritas no último ano e posteriormente adaptadas devido à doença. Nesta obra, o autor retrata a pandemia do ponto de vista do continente africano. É dado destaque a como a população lidou com o vírus e se imunizou de forma mais natural do que na Europa.

09h14 - Índia está prestes a introduzir comprimido para tratar Covid-19

Recorde-se que o comprimido antiviral, foi produzido pelos laboratórios Merck Sharp & Dohme (MSD), e foi aprovado no dia 4 de novembro, no Reino Unido. Agora o controlador Geral de Drogas (DCGI) da Índia está a analisar os dados clínicos do comprimido antiviral 'molnupiravir' para o tratamento da Covid-19 no país, podendo, estar prestes a ser introduzido no mercado indiano.

09h00 - Nova Zelândia registou nos últimos dias 200 novos casos por dia

Um número histórico num país que até agora, pondo em prática várias medidas de prevenção, não tinha sido grandemente afetado pela pandemia. As 206 novas infeções diárias na comunidade da Nova Zelândia, no sábado, ultrapassaram a marca de duzentos e tantos pela primeira vez durante a pandemia de coronavírus, refere a Reuters, enquanto o país luta para vacinar sua população de 5 milhões. Este novo grande aumento de casos, preocupa as autoridades de saúde locais juntamente com os sucessivos protestos antivacinas que acontecem um pouco por todo o país. Aliado a estas preocupações as autoridades têm ainda medo que não exista espaço nas morgues para todas as vítimas da pandemia esperadas nos próximos tempos que serão mais críticos.

08h40 - China deteta 98 casos nas últimas 24 horas 

A China detetou 98 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, 79 por contágio local e os restantes oriundos do estrangeiro, anunciaram hoje as autoridades de saúde chinesas. Os casos locais foram detetados no município de Pequim (seis) e nas províncias de Liaoning (52), Henan (12), Heilongjiang (cinco), Hebei (dois), Jiangxi (um) e Yunnan (um). Os outros 19 casos foram diagnosticados em viajantes provenientes do estrangeiro, em Xangai e nas províncias de Yunnan, Heilongjiang, Guangdong, Mongólia Interior, Zhejiang , Fujian e Guangxi. A Comissão de Saúde da China adiantou que o número total de casos ativos é de 1.280, entre os quais 20 em estado grave.

08h30- Correspondente da Casa Branca foi banida do Twitter por desinformação

A rede social Twitter revelou na quinta-feira que baniu permanente da sua plataforma a correspondente da estação de televisão Newsmax na Casa Branca, Emerald Robinson foi banida por violações repetidas da usa política de desinformação sobre a Covid-19.

08h00 - Incidência da doença na Alemanha continua a aumentar

A incidência cumulativa do novo coronavírus em sete dias continua a aumentar rapidamente na Alemanha, com um novo máximo de 263,7 novas infeções por 100.000 habitantes, segundo os dados divulgados hoje pelo Instituto Robert Koch (RKI). O número médio de novas infeções relatadas na Alemanha a cada dia atinge um novo recorde: agora com mais de 31.000 por dia. As autoridades de saúde alemãs registaram 48.640 novas infeções nas últimas 24 horas - após o número recorde de quinta-feira de 50.196 novos casos - e 191 mortes, enquanto os casos ativos da doença chegaram a 395.300.

07h58 - Investigadores do Porto desenvolvem vacina comestível contra a Covid-19

Vacina comestível? Uma equipa de investigadores do Instituto Politécnico do Porto (IPP) decidiu quebrar a regra e produzir uma contra a Covid-19 comestível, em formato de iogurte e sumo de frutos. Os ensaios vão ser feitos em ratos, peixes e numa espécie de minhoca muito pequena.

07h40 - Gouveia e Melo admite voltar a liderar vacinação

O vice-almirante Gouveia e Melo voltou a ser questionado pela SIC sobre um regresso da task force e, desta vez, não fechou a porta a essa possibilidade como já tinha feito anteriormente

"Eu, sendo militar, vou onde me chamarem. Ninguém pode descartar nada enquanto vestir uniforme militar. Se me disserem que é a missão que tenho de cumprir, cumprirei todas as missões"

Na quarta-feira, Gouveia e Melo tinha alertado para o perigo da politização do processo de vacinação. A meio desta semana dizia que encará-lo a ele como uma espécie de “D. Sebastião” no processo de vacinação era mostrar que nada se aprendeu com o que foi feito nos últimos meses. Em declarações de quarta-feira referia-se à pandemia como uma ferida que "fechou e sarou, agora precisamos de viver sem pensos rápidos” referindo-se a ele próprio.

07h30 - Bom dia! Arrancamos com um novo acompanhamento da pandemia ao minuto que poderá ir estando a par ao longo de todo o dia. Pode recordar o anterior através deste link.

Leia Também: AO MINUTO: Macron e Harris unidos contra pandemia; Alemanha com alerta

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório