Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 15º

Edição

Manifestantes invadem e queimam parte do Congresso da Guatemala

Centenas de manifestantes invadiram hoje o Congresso da Guatemala e queimaram parte do edifício entre crescentes manifestações contra o presidente Alejandro Giammattei e o governo por aprovarem um orçamento com cortes nas despesas com educação e saúde.

Manifestantes invadem e queimam parte do Congresso da Guatemala

Segundo as reivindicações dos cerca de 7.000 manifestantes que protestaram diante do Palácio Nacional na capital, o orçamento para o próximo ano foi negociado e aprovado "em segredo" enquanto o país enfrentava as consequências de furacões e o impacto da pandemia de covid-19.

Imagens que circularam nas redes sociais mostraram chamas a irromperem por uma janela do edifício. Já a comunicação social reportou que as forças de segurança dispararam gás lacrimogéneo contra os manifestantes, registando-se feridos na manifestação.

O presidente guatemalteco veio repudiar os incidentes deste sábado, adiantando na sua conta no Twitter que "qualquer pessoa que se prove ter participado nos atos criminosos será punida com toda a força da lei" e que, apesar de defender o direito ao protesto, o país "não pode permitir que as pessoas vandalizem a propriedade pública ou privada".

Por outro lado, Alejandro Giammattei referiu já se ter reunido com diversos grupos para apresentar alterações ao polémico orçamento para 2021.

A tensão de hoje emergiu após os primeiros protestos de sexta-feira, que expressaram a indignação dos guatemaltecos com a aprovação de 65.000 dólares para as refeições dos deputados, enquanto era reduzido o financiamento a doentes afetados pelo vírus SARS-CoV-2 e às organizações de direitos humanos.

O vice-presidente Guillermo Castillo ofereceu-se para se demitir e desafiou o presidente a seguir o mesmo caminho "pelo bem do país", além de sugerir o veto à proposta orçamental.

De acordo com a Associated Press, o plano de despesas foi negociado em segredo e aprovado pelo congresso antes do amanhecer de quarta-feira, em plena gestão dos efeitos dos furacões Eta e Iota.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório