Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 17º

Edição

Brasil: Milhares aguardam por intervenção de Lula da Silva

Milhares de apoiantes do ex-Presidente Lula da Silva aguardam-no na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, no Estado de São Paulo, onde o antigo governante iniciou a atividade política e ouvirem uma intervenção sua.

Brasil: Milhares aguardam por intervenção de Lula da Silva

O ex-Presidente brasileiro passou 580 dias na prisão depois de ser condenado num processo em que é acusado de corrupção e branqueamento de capitais sobre a posse de um apartamento de luxo que terá sido dado a ele como suborno, na cidade de Guarujá, também no Estado de São Paulo.

A multidão, na quase totalidade envergando peças de roupa de cor vermelha, a cor do Partido dos Trabalhadores (PT), aguarda pela chegada de Lula da Silva, que falará sobre um camião de som estacionado na porta do sindicato.

Em declarações à Lusa, o bancário Márcio Rodrigues, de 34 anos, contou que veio ao sindicato no dia da prisão do ex-Presidente, em 07 de abril de 2018, e decidiu regressar agora após a libertação, para o acolher no mesmo lugar onde considera ter sido preso injustamente.

"O Lula é a maior liderança para conseguir a unificação da esquerda e retomar uma política de esquerda no Brasil. Ele será capaz de unir a esquerda no país", considerou.

Lula da Silva "foi preso injustamente por opositores que o queriam retirar das eleições e isto está provado. Por isto, ele estar aqui hoje significa para nós, de esquerda, a esperança", acrescentou.

Enquanto aguardava para ouvir as palavras do ex-Presidente, dentro e fora das instalações sindicais, a multidão grita palavras de ordem como "Lula mudança, Brasil é esperança", "olé, olé, olé, olé Lula, Lula" e o já famoso grito de guerra "Lula Livre".

Ao contrário do dia da sua prisão, neste mesmo local, quando grande parte dos apoiantes do ex-Presidente chorava, desta vez o clima é de festa e de alegria.

Benjamim Campos, 47 anos, funcionário público, contou à Lusa que decidiu vir porque Lula da Silva representa a esperança e desencadeia uma série de sentimentos por uma sociedade melhor.

"Com o governo dele, o Brasil incluiu muita gente nos serviços públicos, na assistência social, no acesso à universidade pública, que não tinham noutros governos", disse Benjamim Campos.

"O Lula da Silva solto deve utilizar a força que tem para unificar as esquerdas com uma proposta alternativa ao governo ultraliberal do Presidente Jair Bolsonaro", acrescentou.

Luiz Inácio Lula da Silva, de 74 anos, que governou o Brasil entre 2003 e 2010, saiu na sexta-feira em liberdade após o Supremo Tribunal Federal brasileiro (STF) ter decidido anular prisões em segunda instância, como era o caso do antigo chefe de Estado, preso desde abril de 2018.

Leia Também: EUA expressa confiança nas instituições brasileiras

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório