Meteorologia

  • 22 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Condenado a seis meses de prisão por espancar cachorro até à morte

Criadora do animal considera a pena demasiado leve.

Condenado a seis meses de prisão por espancar cachorro até à morte

Um tribunal britânico condenou Callum Gerken, de 27 anos, a uma pena de seis meses de prisão por ter espancado até à morte um cachorro de apenas quatro meses, avança o The Epoch Times. O homem justificou o seu ato pelo facto da patuda, do qual estava a tomar conta, ter defecado na sua casa.

Em tribunal, Gerken admitiu ter espancado Shadow, uma cadela da raça labrador, com um chinelo. A agressão foi tão violenta que o cachorro nem se conseguia mexer e tinha muitas dificuldades em respirar. Mas mesmo assim Callum Gerken recusou levá-lo a um veterinário, deixando o animal morrer.

Para além da bárbara agressão à cadela, o homem ainda enviou mensagens ameaçadoras e de cariz malicioso à dona de Shadow, que lhe tinha pedido para tomar conta do animal. Numa das mensagens chegou a escrever: “Não quero saber. É assim que vai ser comigo. Ela não vai voltar a fazer isto porque não consegue andar”.

A autópsia a Shadow revelou que morreu devido a múltiplas fraturas nas costelas e no maxilar. O fígado do cachorro também foi perfurado.

Para além da pena de prisão, Callum Gerken foi ainda condenado a indemnizar a dona de Shadow em 283 euros e foi proibido de ter cães durante 10 anos.

A dona de Shadow admite ter ficado perplexa com a sentença, que considerou demasiado leve. “Dois anos teria sido mais apropriado”, disse a mulher, que não quis ser identificada, em declarações ao Oxford Mail. A dona de Shadow afirmou ainda que a sua família ficou “devastada” após a morte da patuda.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório