Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2018
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 18º

Edição

Deputado pró-Brexit pede moção de censura a Theresa May

São necessárias 48 cartas para uma moção de censura à primeira-ministra.

Deputado pró-Brexit pede moção de censura a Theresa May
Notícias ao Minuto

14:34 - 15/11/18 por Sara Gouveia 

Mundo Reino Unido

O deputado conservador, Jacob Rees-Mogg, apresentou uma carta a pedir uma moção de censura à primeira-ministra. Segundo conta o Guardian, haverá um grupo de cerca de 50 deputados pró-Brexit que pretendem apresentar um pedido ao Parlamento para que seja aprovada uma moção de censura contra o governo de Theresa May.

"É de considerável importância que os políticos honrem os seus compromissos ou que não os façam de todo. Lamentavelmente, este não é o caso, por isso, de acordo com as regras e procedimentos do partido Conservador e do Comité 1922 esta é uma carta formal a pedir uma moção de censura à líder do partido, Theresa May", escreveu o eurocético na missiva enviada ao Comité e citada pelo Guardian.

Caso o presidente do Comité receba 48 cartas iguais a esta então terá de ser desencadeada uma moção de censura. Para contestar este voto, a primeira-ministra terá de ser apoiada por 158 deputados dos 315 que fazem parte do partido.

A última moção de censura feita a um líder conservador foi em 2003. Se  for conseguida será uma questão de tempo até ser marcada uma reunião para decidir quem será o substituto de May. O escolhido será também primeiro-ministro, tendo em conta que May é a atual chefe do executivo.

Em causa está o acordo para o Brexit alcançado esta semana e que já motivou pelo menos seis demissões dentro do governo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório