Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2018
Tempo
24º
MIN 24º MÁX 25º

Edição

Theresa May aproveita visita de Trump para preparar o pós-Brexit

A primeira-ministra britânica, Theresa May, vai tentar aprofundar a "relação especial" com os EUA com o Brexit em vista durante a visita do Presidente dos EUA, Donald Trump, ao Reino Unido.

Theresa May aproveita visita de Trump para preparar o pós-Brexit
Notícias ao Minuto

22:33 - 11/07/18 por Lusa

Mundo Reino Unido

"Quando deixarmos a União Europeia, começaremos a traçar um novo rumo no mundo para o Reino Unido e as nossas alianças globais serão mais fortes do que nunca. Não há aliança mais forte do que a nossa relação especial com os EUA e não haverá aliança mais importante nos próximos anos", afirmou, num comunicado.

May destaca a "parceria única" entre os dois países na defesa da democracia e da segurança global, o mesmo entendimento na "vasta maioria" das questões de política externa e um relacionamento "inigualável" em termos comerciais e financeiros.

"Somos os maiores investidores nas economias de um e do outro e, todos os dias, um milhão de britânicos trabalham para empresas americanas no Reino Unido e um milhão de americanos trabalham para empresas britânicas nos EUA", referiu.

A chefe do governo britânico vê esta visita como uma "oportunidade de aprofundar essa relação comercial única e iniciar discussões sobre como formaremos uma parceria comercial fortalecida, ambiciosa e preparada para o futuro".

O Brexit e o comércio são dois dos temas da agenda das discussões bilaterais que os dois vão ter na sexta-fera em Chequers Court, a residência de campo da primeira-ministra, a 65 quilómetros de Londres.

O Reino Unido está interessado em negociar um acordo comercial com os EUA assim que sair da UE, a 29 de março de 2019, mas só deverá poder assinar acordos com países terceiros após o final do período de transição, no final de 2020.

A política externa, incluindo Rússia, comércio, Brexit e Médio Oriente são outros dos temas que deverão ser abordados entre os dois dirigentes.

O Presidente dos EUA chega ao Reino Unido na tarde de quinta-feira e será recebido à noite pela primeira-ministra no Palácio de Blenheim, também fora de Londres, num jantar de gala com empresários e personalidades de vários setores.

Na manhã seguinte vai visitar uma base militar onde vai assistir a uma demonstração das capacidades militares do Reino Unido e o treino militar que os dois países fazem em conjunto.

A visita termina com uma visita de Donald Trump e da mulher Melania ao palácio de Windsor, onde se vai encontrar com a rainha Isabel II.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório