Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2023
Tempo
12º
MIN 6º MÁX 14º

Turismo. Hóspedes e dormidas com crescimentos superiores a 20% em outubro

Setor registou 2,6 milhões de hóspedes e 6,8 milhões de dormidas em outubro.

Turismo. Hóspedes e dormidas com crescimentos superiores a 20% em outubro
Notícias ao Minuto

11:18 - 30/11/22 por Notícias ao Minuto

Economia Turismo

O setor do alojamento turístico registou 2,6 milhões de hóspedes e 6,8 milhões de dormidas em outubro de 2022, correspondendo a aumentos  de 23,4% e 23,5%, respetivamente, de acordo com os dados divulgados esta quarta-feira pelo INE. 

Em setembro estas variações tinham sido de +41,1% e +37,2%, pela mesma ordem). Face a outubro de 2019, registaram-se aumentos de 5,0% e 6,2%, respetivamente. 

"Em outubro, o mercado interno contribuiu com 1,8 milhões de dormidas (-2,7%) e os mercados externos totalizaram 4,9 milhões (+37,3%). Face a outubro de 2019, registaram-se aumentos de 21,0% nas dormidas de residentes e 1,5% nas de não residentes. No caso dos não residentes, neste mês, registou-se o maior crescimento face a 2019", pode ler-se. 

No conjunto dos primeiros dez meses de 2022, as dormidas aumentaram 97,3% (+23,7% nos residentes e +177,9% nos não residentes).

Comparando com o mesmo período de 2019, as dormidas decresceram 1,6%, como consequência da diminuição das dormidas de não residentes (-6,0%), dado que as de residentes cresceram 9,0%.

Em outubro, 21,6% dos estabelecimentos de alojamento turístico estiveram encerrados ou não registaram movimento de hóspedes (26,5% em outubro de 2021).

Leia Também: Fundos notificam AdC sobre investimento em residências de estudantes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório