Meteorologia

  • 02 JULHO 2022
Tempo
30º
MIN 15º MÁX 32º

Orçamento familiar. Como definir a semanada (ou mesada) dos mais novos?

Dar um determinado valor por semana ou mês ao seu filho, para que ele controle as despesas, "é também uma estratégia para o envolver no orçamento familiar e, ao mesmo tempo, ensiná-lo a gerir o dinheiro", segundo o Doutor Finanças.

Orçamento familiar. Como definir a semanada (ou mesada) dos mais novos?
Notícias ao Minuto

08:42 - 05/03/22 por Notícias ao Minuto

Economia finanças pessoais

O orçamento familiar é importante para gerir bem o dinheiro de que se dispõe, sendo que as crianças podem ser envolvidas neste processo, porque "dar uma semanada ou mesada a um adolescente pode ser uma boa forma de o ensinar a tomar decisões financeiras conscientes", de acordo com o Doutor Finanças.

A empresa especializada em finanças pessoais considera que "começar a dar um determinado valor por semana ou mês ao seu filho para que ele controle as despesas, é também uma estratégia para o envolver no orçamento familiar e, ao mesmo tempo, ensiná-lo a gerir o dinheiro".

O Doutor Finanças apresenta quatro passos para ajudar a ensinar aos mais novos a importância de uma boa gestão financeira: 

1. Mostre-lhe o orçamento familiar

"O objetivo é que o seu filho perceba que, de acordo com os rendimentos mensais que recebe, existe um valor mensal direcionado a, por exemplo, renda, carro, condomínio, propinas escolares, entre outras (que dependem de família para família), e que, com o dinheiro que sobra, é preciso tomar decisões financeiras.  Assim, ao informá-lo de que vai passar a receber uma semana ou mesada, ele vai ter uma maior noção da importância desse dinheiro e pode ter mais consciência no momento em que o gastar."

2. Explique os objetivos de uma semanada ou mesada  

"Depois, explique os objetivos de lhe estar a dar uma semana ou mesada. (...) Podem até fazer um jogo e prometer-lhe que, se ele gerir bem o dinheiro nessa semana ou mês, da próxima vez lhe dá um extra para o motivar."

3. Enumere onde deve ser gasto o valor 

"De seguida, estipule com ele um orçamento mensal com as despesas 'fixas' dele e explique-lhe onde deve, e não deve, gastar o dinheiro. Se souber onde é necessário que ele gaste o dinheiro, é mais fácil definir o valor que lhe vai dar na semanada ou mesada. Tente que haja sempre um montante de sobra, para que ele aprenda a gerir os gastos não fixos."

4. Incuta o hábito da poupança 

"Após fazer este orçamento com o seu filho, também pode incutir-lhe o hábito da poupança. Isto significa que lhe pode dizer, no caso de haver dinheiro de sobra após as despesas fixas, para pôr esse valor de parte. Existem várias formas de o ajudar a amealhar: pode oferecer-lhe um mealheiro, uma caixa, ou até dizer-lhe para colocar o dinheiro debaixo do colchão (dependendo da idade, pode entender esta dica como um jogo, uma diversão). São ideias que o ajudam a ficar com o dinheiro longe da vista, para que não se sinta tentado a utilizá-lo."

Leia Também: Poupar água? Saiba como o fazer em casa nas lavagens de roupa e loiça

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório