Meteorologia

  • 28 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 26º

Simulador da ERSE: Metade dos utilizadores encontraram preços mais baixos

Simulador de preços foi utilizado, em 2021, por cerca de 120 mil consumidores, tendo sido realizadas 1,4 milhões de simulações.

Simulador da ERSE: Metade dos utilizadores encontraram preços mais baixos
Notícias ao Minuto

10:23 - 25/01/22 por Notícias ao Minuto

Economia Energia

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) divulgou esta segunda-feira que o simulador de preços foi utilizado, em 2021, por cerca de 120 mil consumidores, tendo sido realizadas 1,4 milhões de simulações. Através desta ferramenta, 54% dos utilizadores encontraram preços mais baixos

"O inquérito realizado aos utilizadores do simulador revela que 54% encontraram preços mais baixos face ao seu contrato atual e, desses, 82% manifestaram intenção de mudar de comercializador", indica o regulador, em comunicado. 

A ERSE lembra que o simulador, que foi lançado a 29 de maio de 2018, compara todas as ofertas comerciais disponíveis para os consumidores de eletricidade (Baixa Tensão Normal) e de gás natural (Baixa Pressão) em Portugal continental.

O regulador da energia lembra ainda que os "consumidores que ainda estão no mercado regulado, bem como os consumidores que já se encontram no mercado liberalizado devem manter-se informados sobre a eventual existência de ofertas comerciais mais vantajosas".  

O simulador de preços de energia da ERSE - ao qual pode aceder aqui - reúne  a informação de mais de 639 tarifários do mercado liberalizado, de um total de 21 comercializadores na eletricidade e de 9 comercializadores no gás natural.

Leia Também: Doenças imunológicas: Crioestaminal avança com ensaio para testar fármaco

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório