Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2019
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Economia brasileira cresce 0,6% no terceiro trimestre do ano

A economia do Brasil cresceu 0,6% no terceiro trimestre do ano face ao segundo trimestre, informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Economia brasileira cresce 0,6% no terceiro trimestre do ano
Notícias ao Minuto

14:38 - 03/12/19 por Lusa

Economia Brasil

A subida foi impulsionada, principalmente, pelo consumo das famílias, os resultados da indústria e dos serviços.

"A agropecuária apresentou a maior expansão (1,3%), mas o maior impacto no [produto interno bruto] PIB vem de serviços, pelo maior peso, com avanço de 0,4%. Já a indústria cresceu 0,8%", destacou o IBGE.

Os números confirmam a gradual recuperação da economia brasileira após a grave recessão que o país sofreu nos anos de 2015 e 2016, quando o PIB contraiu cerca de sete pontos percentuais.

Os dados do órgão de pesquisa oficial do Governo brasileiro indicaram que perante igual período de 2018, o crescimento do PIB do país no terceiro trimestre do ano foi de 1,2%.

Tendo em conta dados de quatro trimestres terminados em setembro de 2019, o PIB brasileiro registou subida de 1%.

Já no acumulado do ano até ao mês de setembro, a economia brasileira cresceu 1%, frente a igual período de 2018.

Em valores correntes, o PIB do terceiro trimestre de 2019 totalizou 1,8 biliões de reais (cerca de 400 mil milhões de euros).

De julho a setembro a Formação Bruta de Capital Fixo saltou 2% e a despesa de consumo das famílias cresceram 0,8%.

Por outro lado, a despesa de consumo do Governo recuou 0,4% frente ao trimestre imediatamente anterior.

Numa mensagem divulgada na rede social Twitter, o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, comemorou os resultados.

"PIB cresce 0,6% no trimestre (IBGE). Somado a menor taxa de juros da história (5%), o crescimento do investimento (2,9% ao ano), entre outros números positivos da indústria, comércio e turismo, a certeza de que estamos no caminho certo", escreveu o chefe de Estado.

O resultado também mostrou uma ligeira aceleração do ritmo da recuperação económica do Brasil, pois o IBGE reviu hoje os dados do PIB para o segundo trimestre do ano, que passou de 0,4% para 0,5%.

A recuperação da economia do maior país da América do Sul começou em 2017, quando o PIB cresceu 1,1% e continuou em 2018, com a mesma taxa de crescimento.

Para este ano, os analistas do mercado e o Governo esperam uma expansão de cerca de 1%, semelhante à dos dois anos anteriores.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório