Meteorologia

  • 13 NOVEMBRO 2019
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 20º

Edição

Fisco moçambicano decreta perdão fiscal para empresas

A Autoridade Tributária de Moçambique vai perdoar multas, juros e taxas de execuções fiscais de empresas, que, no total, devem cerca de nove mil milhões de meticais (128 milhões de euros), disse hoje a presidente do fisco moçambicano.

Fisco moçambicano decreta perdão fiscal para empresas
Notícias ao Minuto

10:25 - 03/01/19 por Lusa

Economia Decisão

"Vamos decretar o perdão de multas, juros e taxas das execuções fiscais", declarou Amélia Nakhare, em entrevista ao canal público Televisão de Moçambique.

O perdão não será alargado à dívida líquida das empresas, que se não for paga dará lugar à execução fiscal, acrescentou.

"Vamos executar as empresas que não pagarem a dívida líquida", frisou.

A medida visa permitir às entidades devedoras um alívio nos seus encargos com o fisco e dar à Autoridade Tributária o alargamento da margem de arrecadação de receitas.

Entre os devedores, estão cinco grandes empresas públicas, incluindo a Televisão de Moçambique (TVM), Petróleos de Moçambique (Petromoc), Eletrcidade de Moçambique (EDM) e a Moçambique Celular.

A Petromoc e a Mcel devem quatro mil milhões de meticais (57 milhões de euros).

Amélia Nakhare não especificou o montante do perdão da dívida, assegurando apenas que, no total, a AT tem créditos acumulados de cerca de nove mil milhões de meticais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório