Meteorologia

  • 23 JULHO 2024
Tempo
34º
MIN 23º MÁX 38º

Surfistas em competição nas praias de Torres Vedras por causas solidárias

Yolanda Hopkins, que vai representar Portugal nos Jogos Olímpicos Paris2024, e outros 15 surfistas vão estar a competir nas ondas da praia de Santa Cruz, em Torres Vedras, no Prio Softboard Heroes, cujo prémio reverte para instituições sociais.

Surfistas em competição nas praias de Torres Vedras por causas solidárias
Notícias ao Minuto

17:01 - 11/07/24 por Lusa

Desporto Surf

"Em 2023, representei a Refood e ganhámos o prémio de oito mil euros e este ano é o meu segundo ano [desta vez a representar a Ajuda de Berço] e estou com a mesma expectativa. Vou dar o meu melhor, embora esteja num ambiente mais amigável", afirmou a surfista à agência Lusa.

 

Desconhecendo outras provas nacionais de surf com fins solidários, Yolanda Hopkins disse que "gosta de fazer parte deste tipo de eventos", porque também "já precisou de ajuda".

Dezasseis surfistas, entre os quais algumas figuras públicas, a representar quatro instituições sociais, vão entrar no mar para disputar um prémio de 18 mil euros, a reverter por elas.

João Kopke, Concha Balsemão, Afonso Antunes e o humorista António Raminhos vão competir pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras, enquanto Francisco Almeida, Inês Bispo, Martim Paulino e o ator Pedro Sousa pela Terra dos Sonhos.

Luís Perloiro, Yolanda Hopkins, Bruno Amado e a escritora Rita Piçarra vão representar a Ajuda de Berço, enquanto a camisola da Skoola é vestida por Chico Alves, Mariana Rocha Assis, Martins Carrasco e o 'skater' Gabriel Ribeiro.

"Este ano temos mais surfistas", referiu Yolanda Hopkins.

A duas semanas da sua participação nos Jogos Olímpicos, a surfista encara a prova como um "bom treino".

"Santa Cruz abriu-me as portas para a minha carreira, porque foi onde ganhei o primeiro campeonato europeu e consegui ficar qualificada", recordou.

O Prio Softboard Heroes, de cariz solidário, tem como principal objetivo promover e contribuir para instituições de solidariedade social, através de uma demonstração de surf, feita com recurso a pranchas softboards.

Dos 18 mil euros, a quantia a doar a cada uma está ligada à prestação e resultados dos respetivos surfistas, que as vão representar durante a competição.

O evento integra ainda um leilão solidário, com peças de artistas que apelam à sustentabilidade ambiental, como Skeleton Sea, o Trash Traveller, Gonçalo Mar e Sérgio Pipoca.

No final do dia, 20% do valor angariado da venda das peças é também distribuído em igual proporção pelas associações.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório