Adán estragou sorriso inicial e atirou o leão para o abismo de Marselha

Leões somaram a primeira derrota na fase de grupo da Champions num jogo em que ficaram em inferioridade numérica aos 23 minutos.

© Getty Images

Desporto Liga dos Campeões 04/10/22 POR Miguel Simões

O Sporting somou a primeira derrota na fase de grupos da Liga dos Campeões, esta terça-feira, ao perder na deslocação ao reduto do Olympique Marseille (4-1), num jogo que era o 'tout ou rien' para os franceses e que ficou marcado por uma exibição extremamente infeliz de Antonio Adán.

PUB

O início de jogo até chegou a parecer um conto de fadas para os leões, com o golo de Trincão aos 51 segundos, mas um duplo erro de Adán culminou na reviravolta dos franceses, assinada por Sánchez e Harit. Numa tarde para esquecer, o guardião espanhol acabou expulso e nem Franco Israel evitou que a diferença aumentasse, com o terceiro golo a surgir ainda dentro da primeira meia hora

Sem adeptos nas bancadas devido a sanção aplicada pela UEFA ao emblema do Vélodrome, os leões regressaram para a segunda parte com quatro mexidas e, apesar de terem tentado ameaçar reduzir a desvantagem, acabaram por sofrer o 4-1 final, apontado pelo ex-FC Porto Mbemba.

O que se passou Adán?

Rúben Amorim optou por fazer apenas duas alterações por comparação ao triunfo diante do Gil Vicente (3-1) e fez entrar St. Juste e Marcus Edwards para substituir Marsà e Paulinho, respetivamente, num jogo que começou com um atraso de 15 minutos devido ao atraso da chegada dos leões ao Vélodrome, por falta de policiamento.

Ainda não estava decorrido o primeiro minuto de jogo e já Francisco Trincão tinha causado estragos no sul de França, com um golo madrugador aos 50 segundos, num remate certeiro à entrada da área, pleno de intenção, resultando também no golo mais rápido dos leões no atual formato da prova milionária.

A verdade é que o conjunto da casa reagiu e contou com a ajuda de... Antonio Adán. Em dose dupla ou até mesmo tripla. Em apenas três minutos, o experiente guardião espanhol permitiu que Alexis Sánchez empatasse ao pressionar um alívio, beneficiando de um toque na perna, tendo ainda oferecido o segundo golo a Harit numa má reposição de bola, à passagem do minuto 16.

Depois de dois erros altamente penalizadores, Adán encerrou a prestação em Marselha com um vermelho direto aos 23 minutos, altura em que decidiu sair entre os postes e socar uma bola com as mãos... fora da área.

Franco Israel entrou de imediato na partida e não tardou em sofrer o terceiro golo dos leões, numa saída precipitada que não evitou o cabeceamento de Belerdi após pontapé de canto, à passagem do minuto 28. Apesar de tudo, o Sporting podia ter ido para o intervalo com uma diferença maior, mas até foi o jovem guardião uruguaio a conseguir travar essa possibilidade.

Alterações estancaram ritmo de jogo

Rúben Amorim decidiu promover quatro alterações no regresso dos balneários, com Marsà, Sotiris, Nazinho e Paulinho a renderem St. Juste, Pedro Gonçalves, Ugarte e Nuno Santos, respetivamente.

A formação verde e branca tentou ir em busca de um golo que relançasse a partida, porém, a inferioridade numérica em campo acabou por ser uma dificuldade acrescida, embora a formação da casa poucas oportunidades tenha criado.

Apesar de tudo, depois de uma investida de Nuno Tavares, foi mesmo o ex-FC Porto Chancel Mbemba a fechar o 4-1 final, num lance de insistência aos 84 minutos.

Com este resultado, o Sporting mantém-se na liderança do grupo D, com seis pontos, enquanto o Olympique Marseille, além de marcar os primeiros golos, faz também os primeiros três pontos, oito dias antes de novo duelo entre portugueses e franceses.

Momento do jogo: Se a exibição de Adán já estava a ser um desastre com os dois golos que 'ofereceu' num espaço de quatro minutos, pior ficou com a expulsão aos 23 minutos, ao tocar com a mão na bola fora da grande área. A inferioridade numérica penalizou (e muito) os leões.

Leia Também: Franco Israel entrou para render Adán... e não tardou em sofrer

Leia Também: Noite para esquecer: Depois de oferecer golo, Adán acaba expulso

Leia Também: Harit operou a cambalhota em Marseille e o leão mergulhou no inferno

Leia Também: Para ver e rever: A oferta escandalosa de Adán no golo do Marseille

Leia Também: Trincão rubricou um golo para a história do leão na Champions

Pré-jogo

17h40: Partida terá início às 18 horas.

17h25: Jogo entre Olympique Marseille e Sporting retardado por 10 minutos devido à chegada tardia dos leões ao estádio, algo que poderá ter sido provocado pela falta de policiamento na chegada ao Vélodrome, de acordo com a imprensa francesa.

Onzes

Marseille: Pau López; Leonardo Belerdi, Chancel Mbemba, Eric Bailly;; Nuno Tavares, Jonathan Clauss, Mattéo Guendouzi, Jordan Veretout, Amine Harit; Cengiz Under e Alexis Sánchez.

Sporting: Antonio Adán; Matheus Reis, St. Juste, Gonçalo Inácio; Ricardo Esgaio, Manuel Ugarte, Hidemasa Morita, Nuno Santos; Pedro Gonçalves, Francisco Trincão e Edwards.

Antevisão

O Sporting desloca-se até França, esta terça-feira, para defrontar o Olympique de Marseille, num jogo a contar para a terceira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, que não contará com a presença de adeptos nas bancadas por sanção aplicada pela UEFA aos gauleses.

 'Embalados' por duas vitórias em dois jogos no grupo D, os leões chegam a território francês com a possibilidade de passarem a somar nove pontos e, assim, continuarem com o estatuto de líderes isolados.

Em sentido inverso, o conjunto da cidade de Marselha ainda não somou qualquer ponto e, além disso, também ainda não conseguiu marcar qualquer golo, em função das derrotas com Tottenham (2-0) e Eintracht Frankfurt (0-1).

O conjunto de Rúben Amorim conta com o registo de cinco golos marcados - três na Alemanha, diante do Eintracht Frankfurt, e dois na receção ao Tottenham - e nenhum sofrido, salientando-se, uma vez mais, a perspetiva dos dois extremos opostos.

Sem contar com algumas unidades importantes para a sua estratégia, o técnico dos verdes e brancos terá de fazer alguns reajustes à equipa, tal como aconteceu no último jogo, diante do Gil Vicente (3-1).

O jogo do Vélodrome tem início agendado para as 17h45, será ajuizado pelo italiano Davide Massa e poderá acompanhar as incidências da partida, em direto, no Desporto ao Minuto.

Leia Também: Rúben Amorim e o Wolverhampton: "É a mesma resposta de outras situações"

PARTILHE ESTA NOTÍCIA

RECOMENDADOS

desporto Mundial'2022 Há 10 Horas

Cristiano Ronaldo discutiu com Fernando Santos e terá ameaçado sair

fama Gonçalo Ramos Há 8 Horas

Revelado vídeo íntimo de Gonçalo Ramos. Famosos e fãs defendem o jogador

fama Morangos Com Açúcar Há 8 Horas

Recorde 14 atores dos 'Morangos com Açúcar' que já morreram

lifestyle Cancro colorretal Há 23 Horas

Cancro colorretal. Seis sinais que pode estar a ignorar (mas não devia)

lifestyle Signos Há 23 Horas

É para hoje? Os signos que demoram mais a responder a mensagens

desporto Mundial'2022 Há 4 Horas

Cristiano Ronaldo quebra o silêncio e fala de "forças externas"

lifestyle Dicas domésticas Há 22 Horas

Depois de saber isto, já não vai deitar as cascas das pipas fora

pais Chuva Há 18 Horas

Mau tempo. Sapadores de Lisboa pedem às pessoas para não saírem de casa

pais Mau tempo Há 18 Horas

Chuva intensa provoca grandes inundações em Lisboa. Eis as imagens

desporto Mundial'2022 Há 21 Horas

Nuno Mendes e Danilo deixam estágio da seleção e regressam a Paris