Meteorologia

  • 27 JUNHO 2017
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 18º

Edição

Dívida de Portugal mais barata nos principais prazos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a descer a dois, cinco e 10 anos em relação a segunda-feira, depois de em 16 de março os juros terem passado a ser mais elevados devido a uma alteração técnica.

Dívida de Portugal mais barata nos principais prazos
Notícias ao Minuto

09:17 - 21/03/17 por Lusa

Economia Juros

Cerca das 8h40 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a 10 anos estavam a descer para 4,187%, contra 4,216% na segunda-feira.

No mesmo sentido, a cinco anos, os juros estavam a recuar para 2,414%, contra 2,442% na segunda-feira.

No prazo de dois anos, os juros também estavam a descer, para 0,595%, contra 0,629% na segunda-feira.

Em 15 de março, antes da alteração técnica, os juros de Portugal a dois, cinco e dez anos terminaram a -0,043%, a 1,678% e a 3,967%, respetivamente.

Os juros da dívida portuguesa em todos os prazos ficaram a partir de 16 de março mais elevados devido ao efeito técnico da alteração dos 'modelos' para cálculo dos mesmos, explicou o diretor de gestão de ativos do Banco Carregosa à Lusa.

Segundo Filipe Silva, os juros da dívida a dez anos estavam até quarta-feira passada a ser calculados com base em Obrigações que venciam em julho de 2026 e a partir de 16 de março a referência passou a ser Obrigações que vencem em abril de 2027.

Este efeito técnico da alteração dos 'benchmarks' [modelos] aplicado também aos prazos de dois e cinco anos fez com que os juros da dívida em todas as maturidades passassem a estar mais elevados desde quinta-feira.

Os juros de Itália e Espanha estavam a cair em todos os prazos, enquanto os da Irlanda estavam a descer a dois anos e a subir a cinco e dez anos.

Os juros da Grécia estavam a descer a dois anos e a subir a dez anos, únicos prazos disponíveis.

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório