Meteorologia

  • 22 JULHO 2017
Tempo
26º
MIN 26º MÁX 26º

Edição

Manuel José lembra João Rocha de fato e gravata no chuveiro

O Benfica, tricampeão nacional e líder da I Liga, com 71 pontos, chega ao dérbi da 30.ª jornada com três pontos de vantagem sobre o FC Porto, enquanto o Sporting é terceiro, com 63. O jogo está marcado para as 20:30 de sábado.

Manuel José lembra João Rocha de fato e gravata no chuveiro
Notícias ao Minuto

08:40 - 20/04/17 por Lusa

Desporto Dérbi

O antigo treinador de futebol do Sporting e do Benfica, Manuel José, elegeu hoje, como dérbi mais marcante que viveu, o da época 1985/86, na qual os 'leões' 'tiraram' o título aos 'encarnados' para o dar ao FC Porto.

"Lembro-me, quando acabou o jogo, que os jogadores estavam a tomar banho e o presidente João Rocha entrou para baixo dos chuveiros de fato e gravata a abraçar os jogadores, tal era a euforia de ter tirado o título ao Benfica", contou Manuel José, para quem "não há jogo que faça mais mossa ao Sporting do que perder com o rival".

Nesse jogo, o Sporting venceu por 2-1 no Estádio das Luz, onde, lembrou Manuel José, "não ganhava há 23 anos", numa partida em que o Benfica, em caso de vitória, se sagraria campeão nacional, e acabou por 'tirar' o título ao rival para o 'dar' ao FC Porto.

Manuel José reconhece que esse dérbi teve "um impacto muito grande", mas aquele que mais impacto teve pelos números foi o dos 7-1, em Alvalade, jogo histórico do futebol português, no qual também era o treinador dos 'leões'.

"7-1 era um resultado impensável. Só passaram 30 anos e nunca houve um resultado muito desnivelado desde então, por isso diria que esse será o mais marcante pelo desnível do marcador. Mas aquele 2-1 teve um peso muito grande devido à rivalidade entre os dois clubes que naquela altura era muito mais acesa", referiu Manuel José, lembrando que vencer o Benfica era "um prazer acrescido para os sportinguistas", mas tirar-lhe o título "mais peso tinha".

Entrando na análise do dérbi de sábado, Manuel José considera que o Benfica vai ser "mais calculista do que o Sporting porque, embora vá querer ganhar, também sabe que o empate o mantém na liderança" do campeonato, razão pela qual "vai dar o domínio consentido ao Sporting para tirar partido da velocidade de alguns dos seus jogadores, principalmente do Rafa".

Quanto ao Sporting, Manuel José diz não saber quem irá substituir o lateral esquerdo Marvin Zeegelaar, suspenso, se Jefferson, se Esgaio, pondo de lado, todavia, a hipótese do recuo de Bruno César, uma vez que "está a jogar muito bem e tem sido o principal municiador de Bas Dost".

"Esta lacuna do lateral esquerdo pode ser aproveitada pelo Benfica, exceto se jogar o Salvio, porque neste momento, dos outros cinco alas que Rui Vitória pode colocar à direita ou à esquerda, é o que está em piores condições", referiu Manuel José, para quem o Sporting "vai dar tudo por uma questão de honra e para reafirmar que é melhor e que, se não fossem as decisões do árbitro no jogo da Luz, se calhar, seria hoje o líder do campeonato".

O Benfica, tricampeão nacional e líder da I Liga, com 71 pontos, chega ao dérbi da 30.ª jornada com três pontos de vantagem sobre o FC Porto, enquanto o Sporting é terceiro, com 63. O jogo está marcado para as 20:30 de sábado.

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório