Meteorologia

  • 20 JUNHO 2024
Tempo
21º
MIN 15º MÁX 22º

Euclides. Missão espacial europeia desvenda imagens com detalhes inéditos

O satélite está especialmente habilitado a estudar novos componentes físicos do universo que nos rodeia.

Notícias ao Minuto

11:12 - 23/05/24 por Miguel Patinha Dias com Lusa

Tech Espaço

A Agência Espacial Europeia partilhou esta quinta-feira, dia 23, os primeiros dados científicos obtidos através da missão Euclides - os quais são acompanhados pelas primeiras cinco imagens partilhadas como parte das observações com este satélite.

“Não é exagero dizer que os resultados que estamos a ver do Euclid não têm precedentes. As primeiras imagens do Euclides, partilhadas em novembro, ilustram claramente o grande potencial do telescópio para explorar o universo escuro e esta segunda vaga não é diferente”, afirmou Carole Mendell da Agência Espacial Europeia.

Mais do que dotadas de grande beleza, as cinco fotografias captadas pelo Euclides mostram novas propriedades físicas dos objetos de estudo, com o satélite a ser especialmente vocacionado para analisar energia escura e matéria escura.

Os artigos dão conta de várias novas descobertas, incluindo planetas "flutuantes" recém-nascidos, aglomerados estelares extragalácticos identificados recentemente, novas galáxias anãs de baixa massa num aglomerado de galáxias próximo e a distribuição de matéria escura em aglomerados de galáxias.

"A missão do Euclides é única e inovadora e estes são os primeiros dados tornados públicos -- é um marco importante", afirma Valeria Pettorino, cientista ligada a este projeto da ESA, citada no comunicado.

"As imagens e as descobertas científicas associadas são impressionantemente diversas em termos de objetos e distâncias observadas. Permitem variadas aplicações científicas e representam apenas 24 horas de observações. Estamos ansiosos por mais seis anos de dados", acrescenta.

Valeria Pettorino indica ainda que o telescópio visa ajudar a dar resposta às "maiores questões em aberto da cosmologia", assinalando que estas primeiras observações "demonstram claramente que o Euclides está mais do que à altura da tarefa".

O Consórcio Euclides é composto por mais de 2.600 membros, incluindo mais de mil investigadores de mais de 300 laboratórios em 15 países europeus, além do Canadá, Japão e Estados Unidos, de vários campos da astrofísica, cosmologia, física teórica e física de partículas.

Pode ver acima as imagens partilhadas hoje pela Agência Espacial Europeia.

[Notícia atualizada às 13:34]

Leia Também: Sonda da NASA revela lua (minúscula) de Júpiter. Consegue vê-la?

Recomendados para si

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório