Meteorologia

  • 04 AGOSTO 2020
Tempo
31º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

Facebook acusa reguladores europeus de pedirem demasiada informação

A empresa tecnológica de Mark Zuckerberg diz já ter entregue 315 mil documentos.

Facebook acusa reguladores europeus de pedirem demasiada informação

O Facebook anunciou que está a processar os reguladores da União Europeia por alegadamente exigirem mais informação daquela que é necessária no âmbito da investigação de que a empresa está a ser alvo. Desde que a investigação começou no ano passado, a empresa já providenciou aos investigadores um total de 315 mil documentos.

“A natureza excecionalmente abrangente dos pedidos da Comissão Europeia significa que nos seria exigido entregar documentos predominantemente irrelevantes que em nada estão relacionados com as investigações da Comissão, incluindo informações pessoais altamente sensíveis como informação médica, documentos financeiros e informação privada dos membros de família dos trabalhadores. Consideramos que estes pedidos devem ser analisados pelos tribunais da União Europeia”, pode ler-se no comunicado do Facebook.

A tecnológica de Mark Zuckerberg está a ser investigada pela União Europeia desde 2019, investigação esta focada no espaço de comércio digital dentro da rede social lançado em 2016. Como nota o GadgetsNow, esta área do Facebook é usada por 800 milhões de utilizadores para comprar e vender itens.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório