Meteorologia

  • 19 FEVEREIRO 2020
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 19º

Edição

"Carreiras dos professores são financeiramente insustentáveis"

Deputado João Galamba afirma que “a carreira dos professores é bastante mais generosa do que a carreira dos restantes funcionários públicos”.

"Carreiras dos professores são financeiramente insustentáveis"

No dia em que o Executivo admitiu contabilizar de forma faseada o tempo de serviço dos docentes, João Galamba afirmou, na antena da SIC Notícias, que “a carreira dos professores é bastante mais generosa do que a carreira dos restantes funcionários públicos”.

Ainda que admita que “é justo reconhecer as carreiras tal como existem” e que “o Estado deve respeitá-las na medida das suas possibilidades”, o deputado explicou que “as carreiras dos professores são financeiramente insustentáveis e são uma fonte de enorme injustiça em comparação com os restantes funcionários públicos”.

“Não é possível 120 mil pessoas progredirem automaticamente de X em X anos com valorizações remuneratórias muito maiores do que os outros funcionários públicos e com uma promessa que não é sustentável, que é todos chegarem ao topo da carreira. Isto não acontece com os restantes trabalhadores da Função Pública, não pode acontecer com os professores”, explicou o socialista.

No entender de João Galamba, “é impossível descongelar [as carreiras] em dois anos, como se fez para os outros funcionários públicos”. Isto porque, afirmou, “não podemos correr o risco de daqui a uns anos estar outra vez a congelar as carreiras”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório