Meteorologia

  • 21 JULHO 2018
Tempo
23º
MIN 22º MÁX 24º

Edição

Maiorias absolutas são "trágicas" e uma "má ideia"

A coordenadora do BE, Catarina Martins, afirmou hoje que "as maiorias absolutas são "trágicas" e "uma má ideia", lembrando o que foram as do PS, e garantiu que foi o seu fim que trouxe estabilidade à vida dos portugueses.

Maiorias absolutas são "trágicas" e uma "má ideia"
Notícias ao Minuto

16:15 - 24/09/17 por Lusa

Política Catarina Martins

Num almoço da campanha autárquica que hoje reuniu mais de 400 pessoas em Lisboa, Catarina Martins disse que "talvez a coisa mais importante que o país descobriu" ao fim de dois anos da atual solução governativa "foi que as maiorias absolutas são uma má ideia", apelidando-as mesmo de "trágicas".

"Hoje António Costa diz aos portugueses que se o PS tivesse maioria absoluta, no fundo, ia dar ao mesmo. Todos nós sabemos que isso não é verdade. Se o PS tivesse tido maioria absoluta teríamos hoje um país diferente", disse, recordando aquilo que era o programa dos socialistas para as legislativas de 2015 em matéria de congelamento de pensões ou de salário mínimo nacional.

Mas se a líder lembrou as propostas eleitorais do PS, fez também questão de reavivar a memória dos portugueses sobre "o que foi o PS com maioria absoluta" nos governos que liderou.

"O que os portugueses sabem hoje é que foi o fim das maiorias absolutas que lhes trouxe estabilidade à sua vida concreta, que trouxe estabilidade ao que verdadeiramente conta", sublinhou.

É não existir maioria absoluta, continuou Catarina Martins, "que dá a quem vive em Portugal mais estabilidade hoje nas condições de vida, mais esperança, mais expectativa criada em dois anos do que todas as décadas de maioria absoluta".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.