Meteorologia

  • 04 FEVEREIRO 2023
Tempo
16º
MIN 7º MÁX 18º

"Solidariedade para os russos com coragem de mostrar oposição à guerra"

Porfírio Silva deixou uma mensagem, nas redes sociais, onde teceu alguns comentários sobre a invasão russa à Ucrânia.

"Solidariedade para os russos com coragem de mostrar oposição à guerra"
Notícias ao Minuto

15:27 - 26/02/22 por Notícias ao Minuto

Política Porfírio Silva

Porfírio Silva, deputado pelo PS, escreveu, nas redes sociais, um comentário sobre a invasão da Rússia à Ucrânia, onde demonstra a sua "solidariedade" para com o povo russo. 

"A minha solidariedade vai também para o povo russo. Não especialmente para os (muitos) que apoiam Putin e que compram a treta nacionalista (não lhes desejo mal, só desejo que não levem a sua avante), mas para os que querem uma democracia em vez de um regime musculado sem liberdade política, como é o que têm hoje", começou por apontar.

Contudo, Porfírio Silva foi mais longe, e mostrou o seu apoio a outra 'fação' deste povo: "A minha solidariedade, especialmente, para os russos que têm coragem de mostrar publicamente a sua oposição a esta guerra putinisca".

De recordar que a Rússia lançou, na quinta-feira de madrugada, uma ofensiva militar na Ucrânia, com forças terrestres e bombardeamento de alvos em várias cidades, que já provocaram pelo menos 198 mortos, incluindo civis, e mais de 1.100 feridos, em território ucraniano, segundo Kiev. A ONU deu conta de 120.000 deslocados desde o primeiro dia de combates.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que a "operação militar especial" na Ucrânia visa desmilitarizar o país vizinho e que era a única maneira de o país se defender, precisando o Kremlin que a ofensiva durará o tempo necessário.

O ataque foi condenado pela generalidade da comunidade internacional e motivou reuniões de emergência de vários governos, incluindo o português, e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), UE e Conselho de Segurança da ONU, tendo sido aprovadas sanções em massa contra a Rússia.

Leia Também: AO MINUTO: Putin terá mandado parar invasão; Kiev? Recolher obrigatório

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório