Meteorologia

  • 01 MARçO 2021
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 19º

Edição

"É pior que enganador. IVA é só imposto, não tem nada a ver com ambiente"

Manuela Ferreira Leite comentou hoje a polémica sobre a redução (ou não) do IVA sobre a eletricidade.

"É pior que enganador. IVA é só imposto, não tem nada a ver com ambiente"

Manuela Ferreira Leite, no espaço de comentário político semanal no programa 21.ª Hora, transmitido pela TVI24, analisou a polémica em redor da discussão da redução ou não redução do IVA na eletricidade.

A antiga ministra das Finanças começou por relembrar que estamos a entrar na fase de discussão da especialidade do Orçamento e que, por isso, é normal que “fontes de discussão” e de “tensão” nas propostas de medidas que possam ter mais impacto no conteúdo do OE2020.

Contudo, Manuela Ferreira Leite assume que esta é uma medida importante e que devia ser revista, visto que, foi adotada no tempo da Troika, que exigiram medidas extraordinárias.

“Não nos podemos esquecer que foi na altura da Troika que foi tomada uma medida de carácter extraordinário e excecional que foi o aumento do IVA da eletricidade. [Passamos] da taxa mínima para a taxa máxima, portanto, isso vem desse tempo, de uma situação de emergência e de excecionalidade. E aquilo que, neste momento, os partidos propõem e bem é que, já que não estamos nessa situação de excecionalidade, bem pelo contrário, estamos no polo oposto, então devia-se fazer essa revisão”, defendeu.

Além disso, garantiu a social-democrata, esta revisão "não é indiferente” para Portugal, sendo o nosso país considerado um dos mais pobres em termos de energia, onde “a maioria da população não tem rendimentos suficientes para o aquecimento”, tal como revelou um estudo recente que indicava que uma em cada quatro pessoas não tem dinheiro suficiente para garantir o aquecimento adequado e confortável.

Ou seja, diz Manuela Ferreira Leite, António Costa cometeu um erro crasso ao dizer que a redução do IVA é “irresponsável do ponto de vista ambiental”.

O erro do Governo foi ter utilizado, para contrariar este assunto, o argumento que isto era um mau sinal, um sinal errado, do ponto de vista ambiental. Isto é pior que enganador. O IVA só tem a ver com receita de impostos, só tem a ver com política fiscal, é só imposto, não tem nada a ver com ambiente. Agora, de cada vez que há uma proposta de qualquer medida, utiliza-se a questão ambiental, como é algo a que toda a gente é sensível, mas utilizar este tipo de argumentos é desqualificar a questão”, atirou.

Chicão’ vai disputar eleitorado com Iniciativa Liberal e Chega

Já questionada sobre o novo líder do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, conhecido no meio político como ‘Chicão’, Manuela Ferreira Leite admitiu que não o conhece pessoalmente, apenas tem uma “ideia feita sobre a capacidade da pessoa que ele publicamente demonstra”.

E perante essa “ideia feita”, a antiga governante admite que o CDS, pelo menos de acordo com o discurso e afirmações do novo líder, vai colocar-se “significativamente mais à Direita”, isto é, “irá disputar muito o eleitorado com o Iniciativa Liberal e com o Chega”.

Já o PSD, diz Ferreira Leite, “fica mais isolado com o centro”.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório